Já há grupos estrangeiros interessados nos navios do Cais

Leilão de navios vai liberar o Cais Mauá

Embarcações paraguaias estão no local desde 1997 Crédito: bruno alencastro

Os dois navios paraguaios que estão atracados no Cais Mauá, em Porto Alegre, não terão dificuldade em ser leiloados. A declaração foi feita pelo superintendente de Portos e Hidrovias do Estado, Pedro Homero Flores Obelar. O edital do leilão foi aberto na semana passada e há grupos estrangeiros interessados em adquiri-los.

Os navios Mariscal José Feliz Estigarríbia e General Bernardino Caballero vão a leilão no dia 30, às 11h. As duas embarcações estão no Cais desde 1997, quando foram apreendidas pela Marinha do Brasil. O motivo foi a falta de segurança para a navegação. Segundo o superintendente, o leilão tem importância que vai além da questão financeira. Um dos benefícios será a liberação da área, que integra o projeto de revitalização do Cais Mauá.

Obelar explicou que basicamente existem dois perfis de compradores, nesse caso. Um que irá desmembrar a embarcação e revendê-la como sucata, e outro que irá fazer adaptações para outras destinações. A comercialização dos navios também elimina os riscos de dano ambiental. “Essa é outra preocupação. Quem vencer o leilão terá a responsabilidade de retirá-los do Cais”, lembrou.

Os navios pertenciam ao governo do Paraguai e foram repassados à superintendência em junho. Apenas em dívidas portuárias, somam R$ 5 milhões. Obelar reconhece que será impossível chegar a esse valor.

Correio do Povo



Categorias:Outros assuntos

Tags:, ,

2 respostas

  1. Muito bem, agora leiloem o esqueletao do centro da mesma forma que fizeram com estes navios.

    Curtir

  2. vende vende vende vende vende vende vende vende vende

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: