Guarda-corpo da Ciclovia da Ipiranga será apresentado sexta-feira

A Prefeitura de Porto Alegre, pela Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), apresenta, nesta sexta-feira, 16, o protótipo do guarda-corpo da Ciclovia da Av. Ipiranga, parceria com o Grupo Zaffari, um investimento de R$ 48 mil (416 metros). O equipamento, criado pelo Arquiteto Rodrigo Troyano, vencedor da seleção de idéias, entre 37 trabalhos apresentados ao Instituto de Arquitetos do Brasil/ RS, será exposto em trecho da ciclovia, entre a Érico Veríssimo e a Azenha. O evento acontece às 15h30min, na ciclovia, com a presença do Prefeito José Fortunati e do Diretor-Presidente da EPTC, Vanderlei Cappellari.

O guarda-corpo é de plástico reciclado, capaz de absorver o impacto dos ciclistas, no caso de uma eventual queda. A previsão de inauguração para o trecho de 416 metros é ainda para março. A obra, em toda a extensão da ciclovia, 9,4 km, entre as avenidas Edvaldo Pereira Paiva e Antônio de Carvalho, deve ser finalizada em 2012.

Restinga – Após a conclusão dos trabalhos de limpeza realizados pelo Departamento Municipal de Limpeza Urbana (DMLU), a EPTC já iniciou o serviço de sinalização da Ciclovia da Restinga, zona sul da Capital. A obra, a ser inaugurada no primeiro semestre deste ano, representa um investimento da Prefeitura de cerca de R$ 1 milhão.

A Ciclovia da Restinga tem 3,5 km de extensão na João Antônio da Silveira, entre a Edgar Pires de Castro e o Distrito Industrial. O pavimento é de asfalto, com 2,5m de largura. A EPTC está executando a pintura, de cor vermelha, com linha divisória em amarelo, setas indicativas de direção da circulação dos usuários e travessias de pedestres. Esses 3,5 km se agregam a 1,1 km da Nilo Wulff, uma ciclofaixa junto ao canteiro central, entre a João Antônio da Silveira e o terminal de ônibus.

Capital – Além dos 4,6 km da Restinga, Porto Alegre conta com 2,1 km de ciclovia na Diário de Notícias e 1,2 km em Ipanema. Estão em fase de construção 9,4 km na Av. Ipiranga, contrapartidas da iniciativa privada pelo impacto de grandes empreendimentos. A partir deste ano será construído o Complexo Cicloviário Sertório, com 12 km de extensão, incluindo a Severo Dullius e Avenidas dos Estados e das Indústrias. Nos projetos do PAC Copa estão incluídos 20 km de ciclovias.

Prefeitura



Categorias:Bicicleta, ciclovias

Tags:, ,

1 resposta

  1. O Guarda-corpo da Ciclovia da Ipiranga deveria se chamar Tapume do Arroio Dilúvio

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: