Estudo de Viabilidade Ambiental da Arena do Grêmio – pra quem ainda acha que ela está sobre um aterro sanitário

Para quem ainda acha que a Arena do Grêmio está sendo construída sobre um aterro sanitário, aqui está na íntegra o Estudo de Viabilidade Ambiental realizado em 2008, bem antes do início da construção da Arena.

Basta fazer o download e ler. Está em pdf e tem apenas 4,13 MB.

Clique aqui para download – Estudo de Viabilidade Ambiental Humaitá

Arena do Grêmio - Foto: Juliano Kracker

 



Categorias:Arena do Grêmio

Tags:, , ,

13 respostas

  1. A União doa áreas dentro do mar, rios ou lagoas?

    Recuperada de quem?

    Quando?

    Esta história está mal contada, pra mim é novidade!

    Então eu vou requerer uma praia aqui pra fazer um hotel classe “A”!

    Se lembrares, isto foi lá pelos anos 60, e muito depois é que surgiu o “Parque”!

    Então a União doou ao clube, pelo que eu soube na época, pois foi a prefeitura, então, foi repassada da mesma, pois está no município de Porto Alegre, sou daí, mas foi doada de qualquer forma, vestistes o chapéu!

    Se houve falcatrua no caso da OAS e do Grêmio, o Sr. deve entrar na justiça, a lei lhe permite isto, desde que tenha provas concretas, do contrário, quem acusa e não prova sofrerá da justiça as sanções que acarretam quem fala desta forma, ação por perjúrio e calúnia etc.sofrerá a tal ação de perdas e danos morais etc.

    Se o Sr. tem tanta certeza, por quê não faz isto?

    Se tudo isto que o Sr. disse ser verdade, vá até o Min. Público e como cidadão haja como tal, e Sr, agora tem a obrigação de fazer isto, além de ser seu direito, a lei lhe faculta, passou a ser sua obrigação!

    Boa sorte nesta empreitada!

    Sem ressentimentos!

    Curtir

    • Prezado Régis Silveira Pessoa da Silva

      Eu sei por que vivi a situação fui Engenheiro do DNOS e, portanto sei o que aconteceu, quem não sabe são os que especulam, ou vestem a camisa grenal.
      Ocorre que uma Lei Federal reza que áreas recuperadas pela União, situadas nas margens e dentro dos rios, passam á ser Patrimônio da União.
      Na Praia de Belas quando a União cedeu o Parque Marinho do Brasil ao Município, constou cláusula de retorno caso o objeto (parque) deixa-se de existir. A área do Beira Rio nesta época já havia sido entregue ao Internacional por Telmo Thompson Flores em 1966 ou 67.
      Mais recentemente, foi regularizada a situação da obra pelo Município.

      Bem talvez eu não entenda de nada, mas vivi aquela época e participei.

      Só um exemplo: Quando Coll ares quis permutar o asfalto da Beira Rio com a Petrobras, sendo que a Petrobras faria o asfaltamento e o Município deixaria a Petrobras aterrar duas áreas na Av. Beira Rio para construir dois postos, o negocio não se concretizou em face de questionamento da União, solicitando rompimento do Contrato e pedia as áreas de volta.

      Quanto a extorsão da área da ARENA, como do Beira Rio, Eucaliptos, Olímpico e Cais Mauá, NOS TEMOS DUAS AÇÕES EM JUÍZO QUE DEVEM DAR PROSSEGUIMENTO RÁPIDO e se questiona toda esta ocupação.

      Nos agimos não ficamos só no bate boca como muitos, e por isto sabemos o que estamos fazendo.

      Agora, quarta dia 25/07 vai haver uma audiência pela qual o Ministério Público Estadual cobra do Grêmio uns quatro milhões pelos danos ambientais na ARENA, usando praticamente os mesmos argumentos que usamos nas ações que estão em juízo, só que o MP quer o dinheiro nos queremos o respeito a Lei. Ora se o MP questiona com os mesmos argumentos que levantamos e pede dinheiro como indenização porque um juiz negaria nosso pedido para repararem os danos e voltar tudo ao antes.

      Fale com mais conhecimento, pois fica feio para quem le e sabe o que ocorre.

      Curtir

      • Em primeiro lugar fecho com seu raciocínio.

        Parabenizo, seu esclarecimento, como o Sr., não grenalizo este caso, mas na sua explanação, surgiram fatos que criaram-me dúvidas.

        Gostaria de saber de alguns esclarecimentos, se o Sr. puder ajudar-me a entender melhor este caso agradeço.

        Parece que estar bem por dentro do caso.

        O S.C. Internacional foi igualmente beneficiado e sua obra também agrediu o meio ambiente, correto?

        Não teria que de alguma forma pagar na mesma proporção do que está sendo cobrada da OAS, indiretamente é claro do Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense.

        Concordo, com todos os argumentos, estão cobrando ressarcimentos por causa ambiental, o Sr. refere até dos tempos dos Eucalíptus e do Olímpico.

        O Estádio Beira-Rio deveria ser acionado pelo MP. Não seria coerência do mesmo?

        Que apliquem a lei a todos, não só a uma das partes, o Sr. não concorda?

        A prefeitura na doação do aterro, e o S.C. internacional estavam acima da lei?

        Parece que o MP depois de fracassar na interdição do Beira-Rio, a fôrça da influência política do proprietário do estádio tem na justiça, conforme declarações de seus dirigentes na época, este orgão público investiu sua gana à mostrar serviço, contra o clube co-irmão que está construindo o seu novo estádio.

        Ou seja, não é só no Brasil e no futebol brasileiro que existem dois pesos e duas medidas, quando o assunto são arbitragens contra clubes do Rio Grande do Sul.

        A justiça do Rio Grande do Sul parece estar também com este critério quando julga um clube duma forma, enquanto o outro que causou o mesmo crime sequer é citado pelo MP.

        Parece que a mesma achou um bode expiatório, e pelo “andar da carroagem”, no final das contas quem foi o maior beneficiado, já ficou no esquecimento e impune.

        O MP para desviar a atenção deste primeiro realizou esta ação, no meu entender para desviar a atenção da primeira, na verdade é a política grenalizada enrustida.

        Neste fato causa muito estranheza esta situação!

        Se um causou o mesmo estrago há trinta anos e nunca ouvimos nada a respeito de ação de igual teor e rigor, agora só um clube é citado, passa a ser tendencioso, e assim injustificável que o MP não aja da mesma forma e rigor da lei.

        Lamentável assistir estas contradições.

        O Sr. ajudou-me entender as mutretas quando os maiores benificiados safam-se.

        No meu entender tem gente que está lucrando na construção deste estádio, bem como do outro que está em reformas, este então com verba Federal, do público para o privado descaradamente.

        Este é o país que vivemos, Brasil!

        Um vergonha!

        Cordiais saudações.

        Curtir

        • Prezado Ricardo Álvares

          Em primeiro lugar quero te dizer que um grupo de pessoas, formado na época por 25 Entidades de Bairros de Porto Alegre e de outros setores, a mais de três anos entrou em Juízo contra os altos índices construtivos, desrespeito á Leis Ambientais e a Lei Orgânica de Porto Alegre (nossa Constituição). Os processados: prefeitura, Câmara Municipal, Grêmio, Internacional, Construtora OAS, entre outros. Foram chamados como parceiros aos processos: FEPAM, SMAM, IBAMA, Ministério Público Estadual, Ministério Público Federal, ANAC e A defensoria da União, entre outras e nesse caso os que não quisessem participar da ação que fossem considerados réus no processo.
          Um ano e meio após a propositura da ação o processo começou a andar, sem conceder liminar de paralisar obras em todas as áreas envolvidas que são: Beira Rio, Eucaliptos, Olímpico, Cais Mauá e ARENA no Humaitá. Sem a liminar as obras continuam, mas com risco de grandes prejuízos financeiros, até o julgamento final.
          Nem uma das áreas tem questionado o passado, todos os questionamentos são referentes às tratativas atuais.
          Ocorre que a área do Internacional foi doada antes de 1965 e por isto não é afetada pela Lei 4771/65 no que existia, passou á ser na reforma.

          Quanto ao Ministério Público que não quis participar de nosso processo e nele hoje é considerado réu, tem a mentalidade de cobrar pelos danos ambientais e pelo desafeto ás Leis. Esta usando os nossos argumentos do processo para exigir em processo que montou contra o Grêmio e contra a Construtora OAS alguns milhões de reais.

          No entanto o Ministério Público esta errado, pois as compensações ambientais só se aplicam a obras que forem feitas sem questionamento, por não terem visibilidade e só depois de feitas se toma conhecimento e quem aplica é um Juiz, sendo penas pecuniárias e criminais. O MP só quer o dinheiro e que façam com o Meio Ambiente o que quiserem, é uma posição lamentável.

          A nossa Lei Ambiental do Estado do RS proíbe parcelamento de área em áreas sujeitas á inundações, mas o Mip desconsidera este fato.

          A Lei 4771/65 prevê no caso de Rio Guaíba 500 m de proteção, para burlar a Lei em 98 passaram a chamar de Lago, no entanto para nós a Lei sendo anterior, prevalece a Lei e não a mudança de nome (com a mudança para Lago a mesma lei determina 30 m). Neste caso também o MP prefere o dinheiro a Lei.

          Tem muita coisa errada nestes eventos da copa, entre eles a concessão de redução nos impostos nas obras até 70 milhões de reais, metade para cada um da dupla grenal.
          Porque esta isenção quando arrecadam centena de milhões, em suas participações.

          Este dinheiro não seria mais bem aplicado em saúde e escolas?

          Só no entorno da ARENA e em volta do Beira Rio serão gastos quase 800 milhões em obras que deveriam ser custeadas pelos construtores, esta é a Lei municipal, chama-se compensação pela construção que provocará distúrbios no trânsito e arredores.

          Aproveitaram a Copa 2014 para construírem vias no Cristal, será só pelo povo ou será para atender os investidores do Barra Shopping? Neste caso os investimentos serão superiores a 600 milhões.

          Só ai já tem 1,4 bilhões que resolveriam o problema da saúde e a ponte do Guaíba.

          Parte destes recursos quem deveria aplicar seria a Construtora OAS e o Barra Shopping, pois estes é que criaram os problemas de tráfego.

          Curtir

          • Agardecido, fecho 100%.

            O MP está realmente fazendo o que eu mencionei.

            Acrescento a V. resposta: à constutora bahiana OAS, Grêmio Foot Ball Porto Alegrense, à contrutora mineira A.G., S.C.Internacional, junto ao Barra Shopping.

            As duas construtoras lucrarão muito.

            O Grêmio FBPA fez um péssimo negócio, abriu mão de um patrimônio próprio, e por vinte anos alugará o estádio, e troca vê seu nome em meio desta pendenga, grande lucro!

            Quanto ao S.C. Intenacional por incrível que pareça ganhou muito dinheiro apesar de abrir mão de seu patrimõnio por vinte anos também, mas mais de R$ 320.000.000,00 do govêrno Federal de um banco que o governo do PT utiliza junto ao BNDS para fazer estas murtretas.

            Futebol é para mim o ópio do povo brasileiro.

            Amortece as percepcções do que os políticos deste país que não é sério, menção de “Charles De Gaulle ao nossopaís lá na década de 1960, mais atual do que nunca.

            As verdadeiras necessidades as quais mencionastes, que são de obrigatoriedades do governo, saúde, ponte sobre o Lago Guaíba, e acrescento mais, segurança, obras de infra-estrutura e sanitarismo básico, educação de qualidade, etc. o mesmo finge que não é com ele, até chegarem à epocas da eleições é claro.

            Saudações!

            Curtir

  2. Êta seu Henrique!

    Como se diz, que pauladana na cobra! Mas onde está a cobra?

    Tens estes laudos?

    Quem acusa tem que apresentar o ônus da prova!

    Cuidado ou poderás ser processado por calúnia e injúria!

    O Estádio denominado antigamente de Beira-Rio, atualmente pros geógrafos, com laudo e tudo, deve ser rebatizado de Beira-Lago, teve o terreno doado pela Prefeitura Municipal de
    Porto Alegre numa área de MARINHA, e APP (Área de Preservação Permanente), ou seja de forma totalmente irregular e ilegal! Além disso invadiram o Lago Guaiba e o aterraram.

    Se fosse aqui na Ilha de Santa Catarina seria demolido pela prefeitura, como fizeram com os invasores na Lagoa da Conceição e do Perí e outras construções na mesma situação.

    Mas aí fizeram o da estádio da Ressacada do Avaí, políticos são todos farinha do mesmo saco, e aí, os políticos colorados daí deram um jeito e fizeram vistas grossas.

    Quem tem telhado de vidro não deve atirar pedra no telhado de seu vizinho, depois não pode chorar se o trôco for na mesma fôrça e proporção, aquela lei da física, da ação e reação que estudamos no ensino médio, etc., estás lembrado? Aprendi faz muito tempo!

    Seria desastroso pro teu clube se aplicassem esta lei ao pé da letra.

    Portanto, como disse o Rei Carlos da Espanha ao Presidente Chaves da Venezuela: por quê não te calas?

    Curtir

    • Voce não sabe o que fala.
      Quem doou ao Internacional a área foi a UNIÃO, pois esta área foi recuperada pela União. O Parque Marinha também foi da União que cedeu ao Municipio com clausula de não poder alterar o Objeto “parque”.
      A área do Humaitá não foi doada, foi roubada da FECORS (tirada dela por extorsão, ou dá ou desce”. Só que foi parar nas mãos de uma Construtora que ao Grêmio só dara a ARENA ao receber o Olímpico e ainda pagara aluguel por 20 anos.
      Não tenho lado, sou mais da tese o que ´pe de todos não pode ser dado de presente a um particular.
      Olhe bem, não sou contra a ARENA. Porque o Grêmio que serviu de “laranja” para que os 29 hectares restantes do Humaitá (só ficara com 9 dos 37) fossem parar nas mãos da Construtora OAS, não vendeu os 29 ha onde conseguiria mais de 400 milhões e faria ele próprio a ARENA e não se desfazeria do Olímpico que no futuro seria uma fonte de renda fantástica?
      A quem interessou esta grande negociata?
      Analise e guarde sua resposta para ver no futuro.

      Curtir

  3. Gilberto
    Doente é quem não vê o que não quer ver.
    Quanto me pagas por um Laudo? Consigo diversos que vão dizer que lixo algum foi colocado na área do Humaitá, pois existem firmas e firmas.
    Também te consigo diversos Laudos que vão indicar lixo na proporção que queres.
    Só Laudo Judicial, com prova e contra prova e feito por pessoas idôneas merecem fe.
    Quero ver é na hora que pedirem (MP) em juízo um Laudo Oficial da área do Humaitá, com sondagens abertas ao público e laudos feitos por pessoas idôneas.
    Ninguém questiona a ARENA por ela só, mas pela negociata que gerou em seu entorno, que é uma vergonha.
    Se as pessoas que vivem um problema, vêm acobertá-lo por motivos pessoais ou por paixão e não forem culpadas de nada, então não podemos condenar o acobertamento de mortes em regimes de ditadura ou em fase de guerra.
    Tudo que ocorre de barbaridade começa com pequenos problemas acobertados.
    Porque ninguém reage quando digo que houve extorsão (extorsão no sentido de roubo, de tirar pela força, de coagir á entregar), na área do Humaitá entregue á uma construtora usando o Grêmio como “laranja”?
    Ora porque tapar o sol com uma peneira.
    Não estaria o representante do Governo do Estado que morreu no lago Paranoá em Brasília tentando vantagens para não falar da negociata da área Gremista? Até hoje ninguem foi apontado como mandante.

    Curtir

  4. Eu também queria que o Estádio do Grêmio o ” OLÍMPICO MONUMENTAL” continuasse aonde está, mas o que fazer sou apenas uma torcedora fiel e mais nada.

    Curtir

  5. Pra quem sempre ganhou terrenos de graça do governo estadual e muncipal, isenção fiscal e doações “campanha do tijolo”, querer ficar dando uma de moral, que feio!

    É despeito! Raiva em ver o co-irmão fazendo um estádio de primeiro mundo, o mais moderno da américa do sul e talvez das américas, não sei se existe estádios de foot-ball, sem ser o americano, não o da bola redonda, aquela que parece com um ôvo!

    Parem colorados, pois um sem o outro não seria o que é, a rivalidade sadia é que dá-nos fôrças pra sermos o que somos, grandes!

    Saibam, preferia ver a Arena no Olímpico Monumental!

    Gostaria que a casa do Grêmio continuasse onde está, mas agora os tempos são outros, e com o Odene mandando, e “acabando” com o nosso clube, a torcida não pode fazer nada a não ser apoiar, fazer o que?

    Mas ver colorado enciumado dar pitaco neste espaço, inveja, ciúme, como aquela música,
    “é ciúme, ciume de você, ciúme de você, ciúme de você,…”

    Os cholorados não sabem onde meter a cabeça com as atitudes de seus dirigentes, quem sabe façam que nem os avestruzes, enfiem suas cabeças no chão, o coliseu no aterro à Beira-Lago está com as obras para o Mundial paradas a quase um ano, e dando vexame pra todo Brasil e o mundo!

    Mas dar mico é coisa de colorado mesmo, o último foi o Grenal, entraram com pose de já ganhou, com time de tres anos montado e foram eliminados no tempo normal por um time que recém está se entrosando, e com um técnico auxiliar, que chocolate, não nos pênaltis que é loteria!

    Antes foi o micasso “internacional” de 2010, chamado mazembada, não confundam com goiabada ou marmelada que a gente come, no caso, os africanos comeram vocês, sem queijo! rsrsrsr

    O que eu via era cholorado chorando pra todos os lados, único clube sul-americano e europeu a não decidir uma final interclubes!

    Agora vendo o clube melando o negócio de sediar a Copa, uma pena, porque o visual ao pôr do sol do Guaiba seria pra todo mundo ver, taí, não sou fanático, fosse no Beira-Lago seria lindo sim, mas a incompetência ou a falta de honra de seus dirigentes quando a Copa das Confederações melou, daí em diante a novela começou!

    Falar da Arena neste tom, é conforme a música que mencionei, como no antigo Beira-Rio
    não tivesse sido aterrado e não tivessem favelas por perto antes, pura hipocresia querer meter pau para a provável futura sede do mundial 2014! Os gremistas irão, ou melhor iriam, segundo as coisas andam nada mais está garantido, mas se isto acontecer, eles não vão aos jogos só de raiva e despeito!

    Curtir

  6. Giba, nesse mês de aniversário da nossa estimada Porto Alegre, olha só o vídeo que me passaram! SENSACIONAL! Mostra as nossas gírias, expressões, sotaque e o nosso cotidiano portoalegrense. Muito bom, ri bastante. Hehe.

    Curtir

  7. Não adianta, torcedores fanátacos ficam tão cegos que não conseguem ler nada a não ser o que lhes interessa.

    Só para tu ver, ainda existem colorado que acham que isso tudo é um complo dos gremistas.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: