Presidente do Inter admite que pode não assinar com AG

Giovanni Luigi afirmou que clube não abrirá mão de exigências para reforma do Beira-Rio

A novela das negociações entre direção do Inter e representantes da Andrade Gutierrez (AG) teve mais um capítulo nesta sexta-feira. Em coletiva pela manhã, o presidente Giovanni Luigi reconheceu que as duas partes podem não confirmar hoje a data de assinatura de contrato. Luigi foi mais enfático e admitiu, pela primeira vez, que pode não assinar com a AG se as condições definidas pelo clube para a reforma do Beira-Rio não forem aceitas integralmente.

“Nada foi formalizado. O Inter tem uma posição desde o início: aquilo que passou pelo Conselho. Se não for possível, prefiro não assinar algo que eu não tenha respaldo”, enfatizou o presidente. “As negociações seguem e não posso estipular que seja hoje a data de previsão de assinatura, ou semana que vem. Ou, inclusive, de não ter assinatura”, explicou o dirigente.

Nessa quinta-feira parecia que as idas e vindas teriam fim na relação pré-contrato conturbada entre as duas partes. Um dos principais executivos da AG, Sérgio Andrade, telefonou para o prefeito de Porto Alegre, José Fortunati. O intuito do contato foi “pedir desculpas” pela demora na resolução dos problemas da parceria e garantir – mais uma vez – que haverá um final feliz para o imbróglio. A informação era de que tudo seria solucionado em contatos telefônicos e a data de assinatura confirmada nesta sexta-feira.

A entrevista de Luigi, contudo, indica que as confirmações “positivas” da construtora para os órgãos públicos parece ser uma forma de jogar a responsabilidade para o clube pela demora. “Qualquer contrato pode não ser assinado enquanto ele não foi”, pontuou o presidente. “Existem questões que o Inter tem mantido firmeza e das quais não abrimos mão”, frisou. “Acho bom eles terem uma postura de assinar, foram muito criticados e não falavam. Precisam dar satisfação à sociedade”, acrescentou o dirigente. “Eles ligaram para mim, disseram que estavam prontos para assinar. Eu disse que ocorreria desde que seja vencido aquilo que nós queremos”, relatou Luigi.

Questionado sobre um possível “plano B”, o presidente colorado despistou, mas reconheceu que o Inter tem um prazo final para resolver a questão, ou desistir da parceria. “Não gostaria de entrar numa discussão nesse momento, pois ainda estou negociando com a Andrade Gutierrez. Logicamente, na nossa cabeça existe um prazo para definir, mas publicamente não gostaria de dizer qual é.”

Luigi salientou que sente o desgaste pelas longas discussões. “Mas não cansei. Pretendo terminar da maneira que for, pois tenho responsabilidade muito grande de representar milhões de colorados”, arrematou o presidente. “Isso enseja o futuro do clube. Representará muito por anos na história do clube, não só no estádio, mas na eterna rivalidade aqui do Rio Grande do Sul”, projetou.

Correio do Povo



Categorias:COPA 2014, Reforma do Estádio Beira-Rio

Tags:, ,

6 respostas

  1. O circo que se armou pelo visto não tem prazo para acabar e nessa história toda os palhaços somos nós gaúchos, gremistas e colorados.

    Curtir

  2. Oficial: AG confirma reunião semana que vem para definir na outra semana quando vão se reunir para marcar data para assinar.

    http://obairrista.com/esportes/2012/03/oficial-ag-confirma-reuniao-semana-que-vem-para-definir-na-outra-semana-quando-vao-se-reunir-para-marcar-data-para-assinar/

    Curtir

  3. Uma coisa que foi comentada no post anterior. Sobre o hospital eu acredito que sai mais barato copa na arena do que no beira rio pq o entorno da arena custara 85 milhoes e uns quebrado e o do beira rio que seria um rio de dinheiro. então a solução seria fazer o entorno da arena e fazer um hospital na propria azenha e assim beneficiaria a população e valorizaria o seu entorno. os politicos nao enchergão essa possibilidade pra eles quem e pobre não pode ter saude de qualidade pra mim e isso que eles acham. dai vai vir alguem dizer demora muito pra faze um hospital. e eu digo se a arena foi feita em 2 anos um hospital seria muito mais rapido fica meu desabafo…

    Curtir

  4. Não esqueçam a Ford. E o nosso Estado cada mais atrasado e o “grupinho cada vez mais rico”. Não tem jeito!!!

    Curtir

    • Concordo… Em grandes obras, haverá alguém ou grupo prejudicado… As vezes precisamos nos contentar com o bom, ao invés de ficar exigindo o ótimo e ficar sem receber nada.

      Agora se o resultado final da assinatura com a AG for ruim para a maioria dos gaúchos, fora daqui!

      Curtir

  5. Mesmo levando uma Mazembada da AG esse picareta faz tudo para não perder a pose, come sardinha e arrota caviar. Depois desse fiasco eu duvido que algum colorado vote nele até para síndico de prédio…

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: