Recomeçam obras em ciclovia de Porto Alegre

Guarda-corpo é de plástico reciclado, possui 40 centímetros de largura e estrutura oca | Foto: Cristine Rochol/PMPA

Na próxima segunda-feira (19) recomeçam as obras na ciclovia da Avenida Ipiranga. O novo protótipo do guarda-corpo da ciclovia foi apresentado na tarde desta sexta-feira (16) no trecho entre as avenidas Érico Veríssimo e Azenha.

O prefeito José Fortunati (PDT), juntamente com o diretor presidente da Empresa Pública de Transporte e Circulação, Vanderlei Cappellari, estiveram no local para vistoriar o equipamento.

A intenção é que até o final deste mês o trecho de 416 metros seja inaugurado.

O guarda-corpo é de plástico reciclado, possui 40 centímetros de largura e estrutura oca. O material funciona como uma espécie de almofada capaz de absorver o impacto dos ciclistas, no caso de uma eventual queda. O produto foi confeccionado pelo Grupo Leão, através de pesquisas de cientistas da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. A obra completa da ciclovia possui 9,4km de extensão, num trecho entre as Avenidas Edvaldo Pereira Paiva e Antônio de Carvalho.

De acordo com Cappellari, a estimativa é que a obra esteja concluída até o final deste de 2012 e o custo é de R$ 48 mil.

SUL 21



Categorias:Bicicleta, ciclovias

Tags:, ,

17 respostas

  1. Eu achei feinho…surpreende que tenham sido arquitetos que selecionaram ssa opção. Claro que tem aquela palavra feia que atrapalha tudo …. ORÇAMENTO … mas a criatividade é justamente encontrar uma solução barata E bonita…

    Alguém fez um estudo se quando tudo estiver coberto de trepadeiras isso não vai tirar a visão do outro lado do diluvio, para quem está nos carros? É tão bom olhar as árvores que estão ao longo do arroio, mas as do lado inverso… Aliás é impressionante como essas árvores são bonitas…viçosas,,, deve ser o lado bom da podridão que passa pelas águas…rs

    Curtir

    • Não existe solução perfeita. Deixar de botar folhagens nesse guarda-corpo só porque quem está de carro não vai mais poder olhar as árvores do outro lado da rua seria mais uma pérola porto-alegrense.

      Curtir

      • Não falei em não colocar folhagens, aliás, nem sei se atrapalha a visão, perguntei se alguém pensou nesse aspecto do projeto, e se no caso existiria alguma solução … “Não existe solução perfeita” é um argumento que se poderia levantar quando colocaram as toras de eucaliptos… felizmente sempre se pode pensar em melhorar…

        Curtir

  2. Que mania de trepadeira, quem é que vai cuidar para que ela não invada a ciclovia. Trepadeira cresce, se espalha e toma conta de tudo. Aqui nesta cidade existe esta mania de plantar trepadeira nos canteitros aí elas vão tomando conta de tudo sobem pelas árvores se agarram nos troncos, eu acho o Ó. Alguém gostaria duma trepadeira subindo pela suas pernas.Estou curiosa para ver que tipo de trepadeira vão colocar na ciclovia. Aí meu Deus, (depois da retirada dos crucifixos a gente ainda pode dizer meu Deus).

    Curtir

  3. Achei legal, depois que tiver a trepadeira vai ficar bonitinho. E acho que é impossível discordar: MUITO melhor que o curral da Ipiranga hehehe

    Mas nada a ver querer inaugurar sem ter um trecho decentemente longo. Coisa de político mesmo.

    Curtir

  4. Sinceramente, e nao estou preocupado com opiniões divergentes desta, mas achei o resultado final UMA BOSTA!!! e ponto.

    Curtir

  5. Então no final do mês querem inaugurar esse trecho… mas pra quê?! Por enquanto, essa ciclovia é uma ILHA. Imaginem só: o cidadão está pedalando pela Ipiranga no sentido centro-bairro, na faixa da direita (como é o certo). Quando ele chegar na quadra da ciclovia, vai esperar na sinaleira de pedestres para conseguir acessar a ciclovia. Vai andar 400 metros e esperar a sinaleira para voltar para o lado onde estava.

    Piada, né? Que inaugurem quando estiver utilizável.

    Curtir

    • Utilizável para quem mora na Ipiranga? Para mim não vai ser utilizável nem que façam na Ipiranga toda. Como eu vou fazer para chegar na Ipiranga de bicicleta?

      Curtir

  6. Nem um pintura? Nem uma corzinha para alegrar esta cidade cinzenta?

    Ok, ok, sem pessimismo.. já está bem melhor do que antes.

    Curtir

  7. R$ 48 mil por toda a obra? Impossível.

    Curtir

  8. Achei que ficaria mais bonito, mas de qualquer forma é eco, seguro, e mil vezes melhor que aquele outro.

    Se fosse em tons de cinza seria definitivamente mais bonito…

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: