Terá início elaboração do projeto de duplicação da Edgar Pires de Castro

Será duplicado trecho entre a Juca Batista e a Darcy Pereira Pozzi Foto: Ivo Gonçalves/PMPA

Nesta segunda-feira, 19, o prefeito José Fortunati e o secretário municipal de Obras e Viação, Cássio Trogildo, assinam a ordem de início da elaboração do projeto executivo de duplicação da avenida Edgar Pires de Castro. O ato será a partir das 9h30, na Pinacoteca do Paço Municipal. A empresa Aerogeo vai desenvolver o plano técnico para a duplicação do trecho de 4,5 quilômetros, entre a avenida Juca Batista e a Estrada Darcy Pereira Pozzi. O investimento para elaboração do projeto é de R$600 mil.

Segundo o titular da Smov, a ação, uma conquista da comunidade, por meio de demanda do Orçamento Participativo, é um passo fundamental para a realização da obra. “A elaboração do projeto é a primeira etapa para a duplicação da Edgar Pires de Castro. Obra, de extrema importância, é uma antiga reivindicação que atenderá uma das regiões mais populosas e de maior circulação do sul da cidade”, ressalta Trogildo.

Obra atenderá uma das regiões de maior circulação do sul da cidade Foto: Andrey Cidade/Divulgação PMPA

Em 2010, a Edgar Pires de Castro foi uma das vias contempladas pela segunda etapa do Programa de Revitalização Asfáltica. Com investimento de R$ 700 mil e aplicação de 2,8 mil toneladas de asfalto, a via teve quatro quilômetros – entre as avenidas Juca Batista e a João Antônio da Silveira – completamente revitalizados.

Prefeitura



Categorias:Meios de Transporte / Trânsito

Tags:

3 respostas

  1. Que bacana!! Fico contente.
    Aquela via está recebendo cada vez mais trânsito de veículos, devido ao crescimento populacional do bairro Hípica e da própria Restinga. Por isso digo que “estava mais do que na hora” de a duplicação da Av. Edgar Pires sair do papel!
    Depois disso, o bom seria duplicar a Av. Juca Batista entre a Edgar Pires e a rótula com a Chapéu do Sol/Ponta Grossa, que também pega as novas casas e condomínios da Hípica.
    E também a Av. Vicente Montéggia, onde o pessoal há tempos reivindica a duplicação.

    Curtir

  2. Por que não duplicar também a Ary Tarrago? É uma importante via entre a Baltazar e a Protásio, que terá um enorme Bourbon na esquina com a Protásio (o fluxo de veículos já é assustador hoje em dia). Há um boom de construções de condomínios horizontais e verticais por aqui. Esta avenida (que por enquanto é rua) poderia ligar a Baltazar diretamente à Antonio de Carvalho, atravessando a Protásio e através do Jardim Ypu chegar ao Rossi América (que será um point urbanístico de Porto Alegre em pouco tempo) e consequentemente à Antonio de Carvalho. Poderias postar algo a respeito, Gilberto.

    Curtir

  3. Bah que beleza!
    Com a quantidade de área loteada por lá, tanto as prontas quanto as em andamento, vai precisar pra ontem essa pista duplicada!

    Fora que é um perigo… boa parte não tem passeio de pedestres e as vezes nem pintura na faixa pra dividir as pistas! O escritório que eu trabalho investe comprando terrenos e construindo casas e vamos seguido… cruzar com caminhão de material de construção ali naquela pista minúscula e sem infra é tenso

    Podiam aproveitar o ensejo e fazer uma ciclovia junto… tem bastante gente por lá que usa bicicleta!

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: