Prédios poderão ser mais altos junto ao futuro metrô

Jornal Metro – Porto Alegre – 22/03/2012 – página 3



Categorias:Arquitetura | Urbanismo, Metro Linha 2, Plano Diretor, Prédios

Tags:, , , ,

34 respostas

  1. Engraçado, mas a linha do metrô passará bem mais perto do aeroporto do que a SOGIPA, Carlos Gomes e etc, onde já querem impor severas restrições à altura devido ao aeroporto. Há uma incoerência aí.

    Curtir

    • Acho que aquela história de aumentar as restrições para construções num raio de 5 km do Salgado filho já faz parte da estratégio do governo, junto com a encampação da ideia de um novo aeroporto em Portão, para justificar a falta de investimentos no aeroporto.

      Não tem sentido: extinguiram uma norma que estabelecia regras menos restritivas para a construção no entorno do aeroporto, sob o argumento de a pista seria ampliada, fazendo valor os padrões internacionais, sendo que recém estão fazendo o estudo dessa extensão e sem ter outra norma pronta.

      Curtir

  2. @ Muller: Curitiba e’ cidade…poa e’ provincia.

    Curtir

  3. Mas afinal, qual seria a altura limite com essas mudanças do plano diretor nessas áreas? Em Curitiba o Universe Life Square terá 151m. de altura e 44 andares e fica bem no centro.

    Curtir

  4. Curitiba já tem esta política. Nas grandes avenidas, onde há BRT, são permitidos os prédios mais altos da cidade. Conforme vai se entrando para o interior dos bairros, a altura máxima permitida diminui.

    Só acho que não seria legal derrubar os atuais prédios da Farrapos/Voluntários. Eles compõem um segmento bastante rico arquitetonicamente, são bastante belos, porém estão desconfigurados com placas gigantescas de publicidade, azulejos, pichações, etc…

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: