Governo do Estado admite liberar álcool durante Copa do Mundo

Liberação só ocorrerá caso fato seja primordial para Capital receber jogos

O governo do Estado admitiu nesta quinta-feira, que pode negociar a liberação das bebidas alcóolicas no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, durante os jogos da Copa do Mundo de 2014. De acordo com a assessoria de imprensa do governador Tarso Genro (PT), a posição oficial do governo é de que o caso seja resolvido em âmbito nacional, como sugeriu o ministro do Esporte, Aldo Rebelo .

No entanto, se isso não ocorrer, o Piratini deve enviar um projeto à Assembleia Legislativa e, se for primordial para a Capital receber os jogos, haverá negociação para aprovação.

Na terça-feria, o ministro do Esporte, Aldo Rebelo reconheceu que o texto escolhido para a Lei Geral da Copa neste tema deixava o problema da venda de bebidas alcoólicas para os Estados. Ele destacou, contudo, que os Estados também tinham dado garantias para a Fifa e não haveria dificuldades na questão.

Nas últimas semanas, o consumo de bebidas nos estádios sofreu diversas interpretações na Lei da Copa. No dia 14, a base governista chegou a acenar com a retirada da liberação do álcool nos estádios do texto. O líder do governo na Câmara, Arlindo Chinaglia, chegou a afirmar que não existia esse “compromisso” com a Fifa.

Logo depois, Rebello interviu e enfatizou a necessidade de cumprir o acordo inicial. Após novas discussões, a bancada do PT aceitou ratificar o texto original, com a previsão de liberação das bebidas nos estádios apenas durantes os jogos do Mundial.

Correio do Povo – Com informações da Agência Brasil



Categorias:COPA 2014

Tags:,

7 respostas

  1. O que não se faz para ter uma copa (ou uns copos?). Mudam-se até as leis. Prova de fraqueza, oportunismo e ausência de dignidade nacional. O país, realmente, não é serio.

    Curtir

  2. Vivemos em um país em que tudo pode, tudo vale, liberar a cerveja na Copa do Mundo é o mínimo detalhe de tudo isso, afinal de contas, se vai construir inúmeros estádios neste país com dinheiro público, liberar bebidas é o de menos.

    Infelizmente, o país perdeu o seu horizonte com essa Copa do Mundo, em que se muda a legislação para agradar a todos, isso que se chama poder, em que a FIFA dá as cartas do jogo.

    Enfim, viva a Copa do Mundo, o povo e a legislação é um detalhe, aliás o povo que se exploda, o mais importante é a Copa do Mundo.

    Quanto a saúde, educação e segurança, que se exploda tudo isso.

    Curtir

  3. Só durante a Copa pode liberar o etanol, e o resto é papo.

    Curtir

  4. So’ no Brasil mesmo pra se proibir cerveja LOL… e’ o pais mais sem nocao do mundo.

    Curtir

  5. E ainda ficam de bla bla bla.

    Ta mais do que na horade liberar a cerveja durante os jogos, tanto da copa, como qualquer campeonato…

    Curtir

  6. Estão criando uma polêmica em volta disso só para vender jornal. É certo e óbvio que vai haver liberação de álcool.

    Curtir

    • É bem nessa mesmo… Esses jornais não podem falar dá má administração pública, nem da má distribuição de renda, daí ficam enchendo os jornais com bobagens, só para criar polêmica sem resultado positivo para as pessoas.

      Curtir

%d blogueiros gostam disto: