Diversos prédios estão sendo reformados no centro histórico

Em caminhada pelo nosso centro esta semana pude perceber que diversos edifícios antigos estão sendo reformados ou, pelo menos, pintados.

Somente pintar não é o ideal, mas já algo de bastante positivo e melhorará bastante o visual do centro.

A Prefeitura deveria abrir linhas de crédito especiais para que os condomínios fizessem estas melhorias nos prédios que estão encardidos e que enfeiam a cidade.

Vejam alguns exemplos:

Ao lado de um já 'retrofitado', este prédio está coberto da rede azul esperando uma reforma

Edifício Coliseu - há meses em reforma, o prédio está ficando com outra cara. Antes sujo e abandonado, está bem mais clean

Prédio residencial na Salgado Filho. Em reforma.

Praça Otávio Rocha - prédio residencial sendo reformado

Todas as fotos: Gilberto Simon – Porto Imagem



Categorias:Arquitetura | Urbanismo, Prédios, Restaurações | Reformas, Retrofit, Revitalização do centro

Tags:, ,

14 respostas

  1. Moro num dos maiores condomínios (960 apts) de Porto Alegre há 32 anos, o item Fundo/Obras é cobrado todos os meses, são 12 parcelas,mas, termina uma e começa outra e uma vez por ano é cobrado o Seguro Obrigatório, que cobre praticamente tudo. Nos quase 40 anos de sua existência já foram feitas duas grandes reformas totais, incluindo ferragens, concreto e pintura das fachadas e área comum interna. Nossa administração, que é do próprio condomínio, mantem manutenção constante dos jardins e áreas de lazer que estão sempre sendo melhoradas. Não sei se somos agraciados com alguma benesse do Poder Publico. Acredito que o que é particular e privado deve ser mantido por seus propriétários. No Brasil existe esta mania de que tudo o Govêrno tem que dar, ajudar e participar. Quem planeja e se organiza consegue fazer tudo o que deve ser feito. Em tempo possuimos segurança 24hrs com duas portarias e em breve nossa rede de cameras será atualizada també nos corredores internos. Todos podem fazer é só querer.

    Curtir

    • Pega aqueles prédios quase caindo do centro, muitos são usados para prostituição, ponto de drogas ou para guardar objetos de lojas do centro.

      A ultima coisa que eles vão pensar é em gastar com a reforma…

      Curtir

      • Exatamente. Percebe-se pelas fotos que estes prédios em reforma tem algum uso, seja residencial ou comercial. Afinal, ninguém gostaria de receber pessoas em sua casa ou escritório em um prédio caindo aos pedaços (literalmente).

        O problema são esses que servem ao submundo porto-alegrense.

        Curtir

  2. A cidade é o lugar de encontro das pessoas.
    Assim como elas, únicas e especiais, cada lote, cada prédio, cada lugar expressa uma individualidade.
    Feio e bonito, bom e mau sempre conviveram: assim é a vida.
    Portanto, aproveitando a frase feita “o hábito não faz o monge”, concluo: a roupinha não interessa a médio prazo, o que importa é o caráter, das pessoas e dos edifícios.
    Enfim, o que importa é o que eles realmente são, e não o que aparentam.

    Corolário: reforminha cosmética só importa a curto prazo.

    Curtir

  3. Pelo amor à cidade, deem um jeito no esqueletão da Praça XV.

    Curtir

  4. Esse predio Coliseu e’ bem interessante arquitetonicamente.

    Curtir

    • Tá falando sério? A primeira “seção” dele é virada pra um lado e a de cima é virada para o outro e atrás dele tem uma empena cega horrorosa virada para a rodoviária (que pelo menos foi pintada recentemente). E ele sempre vai ter essa cara de edifício de pastilha vagabunda – a não ser que façam um retrofit completo nele.

      Curtir

      • O acabamento dele é feio, mas a estrutura em si, eu acho show…
        Poderiam ter aproveitado essa reforma para por uma cor ou um material mais bonito.
        Não falo de vidro ou granito, pode ser até pastilhas, mas como uma cor melhor…. mas sem descaracterizar o prédio…

        Curtir

  5. Esta sendo discutida em Porto Alegre uma legislação sobre manutenção de edificações. Sei que já houveram algumas reuniões. Várias capitais já tem essa legislação, uma forma de prevenir incidentes como o desabamento de três prédios no centro do Rio.

    Curtir

  6. “A Prefeitura deveria abrir linhas de crédito especiais para que os condomínios fizessem estas melhorias nos prédios que estão encardidos e que enfeiam a cidade.”

    Pelo que eu ouvi falar, algo assim já existe… é um abatimento de impostos. É por essa razão que a PUC fica construindo e reformando prédios, porque é melhor investir em melhorias do que ficar pagando impostos. Agora eu não sei se isso só beneficia entidades filantrópicas ou educacionais.

    Curtir

  7. A prefeitura de Poa deveria incentivar reformas nesses predios ,sei la algum desconto no iptu coletivo para todos os condominos ,não sei usar a criatividade e tbm predio com mais de 20 anos tornar obrigatorio uma reforma na fachada e interna tbm.

    Curtir

  8. Esses e varios outros…

    É muito bom ver isso, e olha que faz 2 meses que não vou pro centro e ja tinha reparado isso..

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: