Entorno do Beira-Rio é vital para a Copa

Prefeitura quer a desocupação imediata da área para estacionamento

Empresas que têm negócios no entorno do Estádio entraram na Justiça contra a desocupação da área Crédito: RICARDO GIUSTI / CP MEMÓRIA

Três empresas que ocupam a área onde será construído o novo estacionamento do Beira-Rio foram notificadas pela prefeitura para deixar o local imediatamente. A permissão de uso da área, que é pública, já foi revogada porque é considerada vital para a Copa do Mundo de 2014. As empresas, porém, alegam que a área pertence à União e já recorreram à Justiça para permanecer no local.

“As margens dos rios são propriedade da União por determinação e pela legislação em vigor, e portanto não poderiam ser doados ao município. E o município, consequentemente, não poderia doar a terceiros, no caso ao Inter”, disse o advogado dos comerciantes, Antônio Ivanir de Azevedo, à TV Record.

“Essa é uma área pública municipal. Com a questão de um estádio ser escolhido para sediar jogos da Copa, (a desocupação) é necessária para dar suporte ao estádio”, explica a procuradora-geral adjunta de Patrimônio, Urbanismo, Meio Ambiente e Regularização Fundiária de Porto Alegre, Simone Somensi. De acordo com ela, trata-se de uma corrida contra o tempo para que as obras sejam viabilizadas, tendo em vista que faltam pouco mais de dois anos para o Mundial. O objetivo era que as empresas deixassem o local ainda no início do ano. Além do estacionamento, segundo Simone, outros empreendimentos deverão funcionar no local durante a competição esportiva. Juntas, as empresas ocupam uma área de 5 mil metros quadrados. Atualmente, elas pagam aluguel para a prefeitura.

Correio do Povo



Categorias:COPA 2014

Tags:, , ,

53 respostas

  1. Só não entendo o por que da FIFA exigir estacionamentos, se não pode entrar qualquer carro na area do estadio…

    Mas de qualquer maneira, um estacionamento ali é muito importante para a sociedade, e não falo só pra torcida do Inter.

    Curtir

    • Ate pode entrar carro na area do estádio, ali onde estao o posto de gasolina, loja de piscina, escolas de samba, casa de passagem, terá para a época da copa, estacionamento preferencial para integrantes da fifa e convidados. Após a Copa, que irá começar o projeto dos prédios.
      O estacionamento ali é temporario, fixo só o que terá ao lado do gigantinho e me parece atras do beira rio.
      Agora a dúvida de quem mora proximo ao estádio é que num raio de 2 km, não é permitido transito no local, e alem do mais, bares proximos terão de ser fechados, a propria fifa ira ressarcir o valor que eles tem em dia de jogo para que nao abram, disse o dono de um dos estabelecimentos pro meu pai. Agora essa de nao ter transido num raio de 2km, explica o motivo de se considerar fazer feriado em dia de jogo, pois seria o caos na cidade.

      Curtir

  2. “Em se tratando de área urbana, a distância para construções das margens de rios, córregos e canais deve ser aquela estabelecida pela Lei Federal 6.766 /79, qual seja, 15 metros, salvo limite maior imposto por lei municipal” (AC n. , Des. Newton Jank…

    Curtir

  3. Nenhum partido presta. Mas ha’ partidos que prestam menos que outros.

    Curtir

    • Pra mim, como o Gilberto disse, são tudo farinha do mesmo saco. A diferença é que uns conseguem fazer e esconder melhor do que outros.

      Sinto inveja da falta de corrupção que deves viver no Reino Unido. É só viajar pra fora e quando retorna ao Brasil, percebe-se na hora a falta de vontade das pessoas. Um querendo se dar melhor que o outro. Aí as leis funcionam, os cidadãos ajudam.

      Curtir

  4. pra mim PT = PSDB = PMDB = TUDO MESMA COISA.
    tem gente boa e malandra (maioria) em todos os partidos.

    ledo engano de quem só acha que o PT é sapeca, ledo engano…

    Curtir

  5. kkk é só falar em estacionamento que as coisas andam.

    Curtir

    • Aham, pois carro é a unica coisa que funciona no transporte dessa cidade. Fala pros teus colegas da prefeitura darem um jeito no resto que então estacionamentos vão parar de ser prioridade.

      Curtir

      • Desde quando são meus colegas?

        Eu faço minha parte, deixo o carro em casa e ando de ônibus. Fazes a tua ousjogas a culpa para o governo?

        Curtir

  6. Será que não viram e resolveram este problema no mínimo há um ano atrás?

    Começou outra lenga-lenga! E logo a que envolve a justiça, vai dar pano pra manga!

    A nossa justiça é mais lenta que corrida de lesma!

    Há algum tempo teve um colorado disse que não foi a prefeitura que doou o terreno, que era da União etc.

    Bem como vimos a prefeitura não podia mas repassou o terreno ao SC Internacional, está aí a prova que eu estava certo, mais um embroglio, e depois da novela uma mini-série! Plim-plim!

    Curtir

  7. Bem coisa do PT deixar uma area dessas para essa xinelagem toda.
    Eu ja fui ali, ja vi apresentação e é uma coisa triste só, nunca vi, a chance de levar uns tiros é grande, ainda mais no marinha.. (alias, quando vão dar vida pro marinha? Ta na hora de meter uns prédios ersidenciais ali, e falo de por dentro do marinha pra dar segurança pra quela desgraça…)…
    É triste mesmo…

    Até pra isso essa corja de quinta categoria do PT atrapalha nossas vidas, nunca vi…
    Se não sairem logo, passa o trator e eles que se explodam, um estacionamento é muito mais digno que aquela xinelagem que tem por la, e com o resto do que esta previsto, tenho certeza de que vai ser muito mais seguro.

    E os estacionamentos não vão ser usados só em dias de jogos, a região tem uma carencia por vagas, tenho familiares que trabalham na região, eu mesmo ja passei por la e sei bem como é…
    Sem contar é claro que é um belo estacionamento… muito melhor do que é hoje, defender a desgraça que é aquela região hoje é de dar vergonha….

    Curtir

    • Parabens pelo que tu escreveu, até parece que tu mora do lado da minha casa, pois é bem isso o que tu fala mesmo, aquilo lá ta um antro, ate teve reportagem no jornal falando de que traficantes moram ali.

      Curtir

      • Pior é que moro longe, moro na zona norte, mas faz mais de 10 anos que sei como são as coisas ali.
        Meu pai conhecia um empresario de um grupo de pagode, e la por 1999 nos chamaram pra ir ver um show deles la nas escolas de samba…
        Lembro bem que ja era meio tenso por la…

        Depois de uns anos fui numa festa na Asfinter, e novamente vi a situação…
        Entre outras vezes que fui no marinha ou quando amigos colorados tinham que passar no beira rio e eu acabava indo junto ja que estava com eles…

        É bem complicado…

        Curtir

    • É assim que avaliam a pobreza? Bah que tristeza, a pobreza de espírito é a pior de todas!

      Quem foi conivente com isto e agora quer desterrar, que coloquem-nos num lugar e não dêem uma de “matemos todos os pobres, eles não prestam!”

      Detesto carnaval, mas tem muitos riquinhos que são metidos, muitos deles falam mal dos traficantes, mas é da classe média e rica que estes vivem.

      Engraçado, no carnaval, muitos ricos querem desfilar numa escola e depois cospem no prato, que feio falar assim!

      Neste espaço todos são anônimos, aí falam o que bem entendem.

      Está na hora de moderar os comentários seu Gilberto, estão batendo nos pobres, muita gente boa que não tem pra onde ir, e são obrigados a viver nesta área!

      É a verdade é esta, não venham com estas colocações fascistas de patrolem tudo, vivemos numa democracia, e o PT fez a cáca, agora a Dilma que a limpe, foi no govêrno dela na prefeitura não foi?

      Teu passado condena, o velho ditado, “não cuspa pra cima que o catarro vai cair na tua cara”!

      Curtir

      • Prefeitura da Dilma?
        WTF?

        Outro exemplo tipico do povo brasileiro que é anti rico, mais um a julgar quem faz a vida trabalhando e por conseguir algo na vida, acha que tem que sustentar os outros… haha
        Pobre de espirito é tu com esse pensamento, julga quem consegue ter algo na vida e manda apagarem os posts alegando que estão “agredindo” os pobres…

        Abre as portas da tua casa e da moradia prpa eles então.. eles invadem terrenos e tu acha que é assim? Alguem gastou milhões pra comprar o terreno e agora tem que doar pra quem não tem? HAHA… Piada.. dar terreno é coisa do governo, e não de empresarios.
        O PT fez a cagada, vai por ele de volta pra limpar a cagada? Só vai é piorar a situação né?

        A classe media sustenta traficantes? Mas quem sai pra matar pra comprar crak não é da classe media…
        Para de julgar quem tem dinheiro e falar asneiras, por favor… se isso te incomoda, abre as portas de casa e da moradia pra essa gente, vai ser uma excelente ajuda, se o dono dos terrenos não quer, problema é de quem invadiu sabendo que correria esse risco.
        E pro pessoal que mora la no seu terreninho pagando os impostos, tenho certeza que as construtoras vão pagar um boom valor pelas casas deles.

        Curtir

        • A prefeitura não doou? Invadiram?

          Por quê não foram denunciados?

          Se o foram denunciados, a prefeitura ou os pretensos proprietários que dizes existirem é que tinham que dar parte na justiça não fizeram.

          Se não fizeram, por quê não fizeram?

          Não achas estranho alguém gastar milhões e deixar alguém invadir e não fazerem nada?

          Tua estória não está mal contada?

          Não será porque o terreno era e é da União?

          Se dizes que o PT fez cáca fala pra ele limpar!

          É o crack é droga dos pobres, mas a maconha e a cocaína quem usa?

          Desviastes o problema meu, os centros de reabilitação, vai e visita-os para ver de onde a maioria sairam, o pobres mal tem o não tem o básico para sobreviver, julgas a maioria pelas cracolãndias?

          Os donos dos terrenos não querem? Na matéria diz que são da UNIÃO!

          Quem és tu para julgar e meter o pau?

          Quem te isse que sou a favor de invasores?

          Os órgãos competentes tiveram a oportunidade de agir e não agiram, omitiram-se!

          Sim, tens razão! Quem invade sabe o o risco que corre, mas eles não tem nada a perder, concordas? Mas começou como permissão de uso?

          Pela matéria, receberam permissão de uso da prefeitura, na verdade é da União, estou apenas acompanhando a notícia e os comentários, se sabes e tens documentação oficial que desminta tudo isto sugiro com a documentação comprobatória.

          A tua obrigação é de fazer um BO, com tais provas que parece ter, vais ao Min. Público e entras com uma ação, como cidadão tens o direito de fazer, ou melhor do jeito que falas, passou ser tua obrigação de fazer!

          Aqui também está cheio de lugares com este problema, a ponte que liga o aeroporto ao centro de onde resido, abaixo dela nas margens do rio que desemboca no mar, em cima do mangue tem casas, área da União, como em todo Brasil tem, as palafitas etc., a prefeitura viu invadirem e não fez nada, mas não tenho nenhum documento hábeis para denunciar ninguém!

          Até uma empresa invadiu o mangue e com a construção dum viaduto, com um bom advogado ganhou a maior indenização, isto, gente rica invadiu o mangue, área da União e ganharam na época uma fortuna, na surdina, e poucos ficaram sabendo!

          E aí, só os pobres invadem áreas neste país? Claro que não!

          Tem áreas neste país que nem de brasileiros são! Não sabias?

          Claro que sabes!

          Pára com isto! Moras onde, no Parcão? Eu anti-rico? Brincadeira!

          Quem trabalha honestamente e tem o que tem faz juz e deu!

          Não sou invasor, minha casa e terreno são legalizados!

          Só não concordo em patrolar de uma hora para outra sem alocar esta gente, só isto! Tua raiva contra mim não tem procedência!

          Curtir

  8. Moro na frente do estádio e desde quando a prefeitura, à época do PT, cedeu uma área ali próximo às tbém áreas cedidas à escolas de samba, uma tal “casa de passagem”, depósito de material reciclado, aumentou o numero de furtos na área. E agora inventaram o tal movimento 25 de novembro com uma faixa la na frente que diz “A COPA SERÁ AQUI, E NÓS PARA ONDE VAMOS?”, bom, melhor nem comentar. Só espero que tudo aquilo seja removido, que faça uma limpa, que seja uma área digna ao tal time Gigante para Sempre. E estacionamento é só pra Copa, após que sairão os prédios previstos no projeto original, assim espero. Só dessa maneira valorizará mais a área.

    Curtir

    • Interessante, lí um comentário semelhante ao entorno da Arena.

      Os pobres iriam pra onde?

      Mudam os clubes e as cores, mas os interesses são os mesmos!

      Na Arena foi resolvido? O terreno foi comprado? Os favelados tem destino certo? Se tem.

      Mas e o SC Internacional? Ficará como ficou todos estes meses? Calado?

      Deixará que o govêrno haja em lugar dele? Bah que covardia! Não assumirá é claro!

      Quem tem dinheiro, junto, influência, os políticos com os empresários, ah os empresários!

      Sobrará para a justiça como sempre, e ela pende para quem tem mais poder, etc.

      Em nome da Copa do Mundo, por causa de seis jogos desterrarão os desterrados?

      Já iniciou-se a batalha jurídica, quem vencerão? Os vencedores?

      Todos sabemos quem serão, de antemão, a patrola dos anos 40 de volta, contra o povo!

      Veremos cenas como aquela de violência na expulsão da Vila Pinheirinho em São Paulo?

      Seria uma grande contradiçao, o clube do povo massacrando o povo! Quem diria!

      Usar Copa pra livrarem-se dos favelados!A Dona Dilma sabia! Não? Era do PT da época!

      Curtir

      • Deus te ouça que a patrola passe por cima do que hoje ali é uma semi-favela, era pra ser casa de passagem (não sei quem inventou isso ali), e no fim, virou uma quase favela, depósito de lixo reciclado, se não houvesse essa Copa, ficariam ali pra sempre, espero que realmente os empresários vençam e removam aquilo tudo ali e os coloquem em lugar que seja digno, só fica a duvida, havera tempo hábil pra isso?). Moro na frente do estádio e todos já fizeram ate abaixo assinado pra que removessem aquilo de lá, mas em nada adiantou, só que, pelo visto agora vai, assim espero. \o/

        Curtir

        • Não entendestes, o sentido ou a moral da história.

          Quantas favelas tem por este país afora? Não incentivo patrolar ninguém!

          Se a prefeitura deixou-os lá durante todo este tempo, ela primeiro tenha um
          plano para dar uma opção digna, são seres humanos, sei que tem gente ruim, mas há gente boa também!

          Então achas que tem que patrolar todos, não importando-se sobre quem é quem?

          Estás errado! És de qual classe social? Pelo jeito deves ser da classe média alta, ou talvez filhinho de papai, se fostes tu que morasse lá e trabalhasse honestamente, o que acharias de teu comentário?

          Antes de comentar, pensa primeiro!

          Não é assim que se fazem as coisas, a prefeitura e o SC Internacional não fizeram nada durante todo este tempo e agora omitem-se e utilizam-se da Copa para varrer a pobreza para debaixo do tapete, não é este o discurso da presidente vermelhinha Dilma, ou será que só tem colorados ricos?

          Estranho, era o time do povo, dos pobres!

          Se fizerem isto pras bandas da Arena também sou contra, antes do clubismo vem o humanitarismo.

          Curtir

      • Perae, quem começou a guerra la na favela de São Paulo foram os favelados, a policia e o pessoal dos tratores estavam fazendo o trabalho deles, o povo la sabia que tava num terreno invadido e sabiam que era pra sair.

        Vence quem ta certo, ou tu vai deixar que invadam o terreno da tua casa/prédio, e com o tempo tu vai doar teu terreno/ap para o povo por que eles são minorias bla bla bla pobres?

        Curtir

        • A polícia entrou e expulsou todos se deixar ninguém pegar nada, deu na TV!

          Aquele terreno foi invadido sim e não apoio invasores, já te disse, mas se deres uma olhada nesta notícia, é interessante esta história.

          Era de um casal de alemães sem filhos, aí o tal de Nahas, aquele canalha libanês especulador que deu um golpe financeiro, deu um grande prejuízo e saiu prisão para aprontar.

          Se puderes ver nas reportagens, procuras por “Vila Pinheirinho”.

          No final da história, ele usou a justiça e a fôrça policial, parece que acabou não levando porque descobriram que era mais um golpe dele, este cara é rico e um baita calhorda, este país deixa qualquer um com dinheiro entrar, memo que roubado!

          É assim que alguns ficam ricos neste país, usam a lei para beneficiarem-se de alguma falha no sistema, e aí? Adiantou alguma coisa, o terreno não é de ninguém e milhares de pessoas estão lá expulsas por um cara que parece que não tinha nenhum direito, foi que vi nas notícias, mas podes
          pequisar, se achares algo que não bata, me avisa.

          Se deu uma de João sem braço ou não! Estarei aguardando tua resposta!

          Curtir

  9. As margens dos lagos tmb são da união??

    Curtir

    • Sim Felippe, todos manaciais de água do volume como no Guaíba, Lagoa da Fortaleza em Cidreira etc., não poderia ser diferente.

      No caso do Lago Guaiba, antigamente as conveções tratavam-no como rio e até estuário.

      Da mesma forma que nas praias, a Lei de Marinha conta as margens como da união.

      Como o Lago Guaíba tem ligação com a Lagoa dos Patos e esta é ligada ao Oceano Atlântico, é uma questão lógica.

      Aqui em Floripa existe este efeito na Lagoa da Conceição, nas marés cheias ela fica mais cheia, pois a água do mar represa as águas da lagoa, existe em qualquer lagoa ou rio que desemboque nos mares.

      No Guaíba talvez seja emperceptível, mas existe também.

      Curtir

      • Erm, todos os rios são eventualmente estão conectados ao oceano. O critério a respeito dos rios internos são bem mais complicados do que isso.

        Curtir

  10. 1) Realmente é útil, em termos de ocupação urbanística, trocar estas áreas por morimbundos estacionamentos, cuja demanda é restrita a dias de jogo?

    Claro, vão puxar logo o trunfo de “mas precisa pra copa”, esquecendo convenientemente que uma das exigências (das mais lúcidas inclusive) da FIFA é que a circulação de veículos no entorno do estádio (raio de 1km, iirc) seja PROIBIDA, inclusive para estacionamento; nos dias de jogo SÓ CIRCULA VEÍCULO oficial da organização e de emergência. Ora, à luz disso, o estacionamento do estádio, já previsto no projeto da reforma, com certeza será mais do que suficiente.

    A prefeitura está com as prioridades erradas. O que o estádio precisa, e o que é prática em cidades desenvolvidas, é ter uma linha de transporte público atendendo o local. Como já muito defendi aqui, está caindo de maduro implementar um VLT ligando o Centro ao Cristal pela Borges/Padre Cacique; essa obra, pelo menos em seu primeiro trecho até o estádio, poderia ser realizada em menos de 18 meses, e sua continuidade teria utilidade indiscutível para a cidade (ao contrário do estacionamento).

    2) De novo a estória de área da união por ser perto de rio? Esse negócio é bem mais complicado do que propõem os atuais usuários da área.

    Curtir

    • O que falas é óbvio, mas com o VLT? Fecho contigo 100%.

      Mas, não só neste local, o problema da mobilidade urbana exige isto, em toda cidade e no país afora, mas aí queremos demais! Por quê? Porque vai contra a máfia dos ônibus!

      Curtir

      • Máfia dos Onibus, falou tudo, foi a primeira a ir contra e conseguir que não tivesse aeromovel aqui na cidade. Ainda nao sei como aceitaram o metro em porto alegre.

        Curtir

        • É Alexandre, mas tem político ganhando pra levar com a barriga a vontade desta turma!

          O projeto do “Bonde Histórioco” fará dez anos, e não sai do papel!

          Tudo que move-se sobre os trilhos existe em quase todo mundo mas em Porto, aqui em Floripa e neste país não querem saber.

          Sabes por quê? Porque nosso país nunca esteve nos “trilhos”, entendes?

          Curtir

    • A ideologia dos contra os carros tá a pleno vapor hein? Por que tu é contra carros? É por que eles “representam” o capital e portanto o capitalismo? É por que eles “representam” a desigualdade social? É por que existe o mito que que eles só servem para as pessoas reafirmarem seu “status social” mais alto?

      Tu que és inteligente, aprenda a pensar pragmaticamente e esqueça tuas ideologias. Vai ter VLT pela cidade toda para que transporte público seja uma opção confortável? Tu acha que tem chance de Porto Alegre ter um transporte ao menos parecido com o europeu antes de 2030? Estamos progredindo com a velocidade necessária pra isso?

      Senão, então esquece essa tua idiossincrasia. As pessoas vão de carro por que é a única opção que funciona para elas e ponto. Não adianta complicar por motivos ideológicos.

      Curtir

      • Não, minha oposição não se baseia em inveja ou desejo por luta de classes. Minha crítica é dirigida tanto ao poder público quanto ao cidadão tipicamente egoísta brasileiro: àquele por sua inação, sua falta de investimento; a este, por seu comodismo, por seu não pensar no impacto de suas opções. Me parte as bolas ver gente que tem plena capacidade física optar pelo carro MESMO quando existem linhas servindo-lhe de porta-a-porta; eles não me surpreendem, no entanto: estão agindo como indivíduos maximizadores que, não havendo desincentivos para a opção carro, tomam-na. De resto, o meu argumento em defesa do transporte de massa se baseia puramente na eficiência e na capacidade dos sistemas de transporte; não se trata de uma questão ideológica, e sim de uma matemática simples: o número de pessoas transportadas em uma via dedicada para carros SEMPRE será menor do que o número de pessoas transportadas em uma via de BRT, VLT ou Metrô.

        Isto dito, no contexto desta discussão especificamente, não consigo entender onde tu viste ardor anti-carros. A restrição de circulação não é ideia minha, é imposição da FIFA. A prefeitura parece não saber disso, e insiste com estacionamentos, onde ninguém poderia chegar pelas ditas restrições de circulação. Qual é a lógica nisso?

        Por suposto, tu me acusas de não ser pragmático, de estar cegado pela ideologia anti-carros. Perceba, na verdade, eu estou bastante sendo pragmático: estou sugerindo um traçado que seria plenamente útil e viável para a zona sul e, mais importante, com aplicação indiscutível para a Copa – essa máquina de fazer investimentos acontecerem bem mais rápido do que em situações normais. Resolve o problema da Copa e ainda deixa um legado útil à cidade e nem sai tão caro assim. Por que não fazer?

        À penúltima parte do teu argumento, onde dizes que não adianta nada construir uma linha de VLT aqui ou ali, se não “tiver pela cidade toda”. Isso é uma visão limitada que ignora o fenômeno econômico chamado “externalidade de rede”: em determinados mercados, o valor marginal do produto cresce de acordo com o tamanho do mercado que este produto têm. Um exemplo clássico disso seriam os telefones: quando surgiu a tecnologia, era muito difícil convencer alguém a comprar um aparelho – afinal, o que diabos eu quero com esse trambolho caro que só conecta meia dúzia de gatos pingados com quem eu não quero conversar? Com o tempo, a rede cresceu, e adquirir um aparelho foi se tornando mais atrativo; hoje em dia, a rede é tão grande e tão bem estabelecida que a tomamos como pressuposto, e é impensável NÃO ter um telefone. Este raciocínio se aplica também a redes de transporte de massa: a primeira linha pode parecer ter pouca utilidade, mas as linhas subsequentes vão adicionar cada vez mais utilidade ao sistema, resultando em mais eficiência e economias de escala.

        Ao teu último argumento, eu realmente espero que tu não estejas te inspirando no Augusto, aquele lunático que defendia que quem tem carro nunca vai largar o carro, nem mesmo pelo metrô perfeito porta-a-porta. As pessoas optam por carro HOJE porque é o que funciona MELHOR pra elas; as outras opções também funcionam, falta melhorá-las ao ponto de as pessoas optarem por ela amanhã.

        Curtir

        • Mobus pra prefeito!! 😛 muito bem posto.

          Uma coisa que se fala pouco e considero importante é a questão da poluição. Temos péssima qualidade de ar em poa devido aos carros. É uma questão de saúde pública importante. Quem é carrólatra gosta de sonhar que vai consumir a solução cm carros elétricos e etc. Mas isso sim vai demorarpara termos infra, bem complexo do que alguns vlts.

          Curtir

        • Cara, eu pegava ônibus todo o santo dia, uns 4 por dia em média, não me estressava tanto, ja estava acostumado, sabia como funcionava, que ia ter que as vezes ia ficar de pé, que iria demorar tanto tempo para chegar no meu destino. Mas fazia mais de um ano que eu só andava de carro e tinha desacostumado, devido a um problema no carro fiquei uns 3 dias dependendo de ônibus e lotação, e eu que nunca tive frescura pra esperar ônibus na chuva ou nada disso achei um inferno, tudo lotado, povo gritando, se empurrando, a demora, levei 1 hora no T7 da protásio até a Assis Brasil, o que normalmente eu levo 15 min. de carro. Isso que as linhas T7, T2 e por ai são as mais “privilegiadas” digamos, com mais conforto e mais carros, fico imaginado linhas como o tal do orfanotrófio que tanto falam.

          Ou seja, 4 ônibus por dia, da quase 12 pila, coloco gasolina e faço o que tenho que fazer mais rápido, com mais conforto e mais liberdade.

          Conheço pessoas que usam ônibus por opção memso tendo carro, por varios motivos, mas são poucos os que ao terem o conforto do carro vão fazer esta opção.

          O transporte público tem que ser MUITO qualificado para que a grande parte da população que PODE usar o carro o veja como uma alternativa viável.

          O mais próximo que temos disso é quando as pessoa pegam uma lotação ou ônibus para ir trabalhar no centro, ,as isso é por causa dos preços ridiculos dos estacionamentos de la.

          Curtir

          • Não duvido do teu testemunho! No entanto, acho que ele corrobora com meu ponto: qualificar o serviço é fundamental, pois enquanto ele for horrivelmente desconfortável como relatas, as pessoas vão optar pelo carro quando tiverem meios ou, pior ainda, quando não tiverem meios vão se endividar comprando um.

            Com relação ao preço dos estacionamentos no Centro: oferta e procura. Acho mais adequado puxar esse preço pra baixo reduzindo a demanda, pelo simples fato de que aumentar a oferta só vai piorar o estrangulamento da capacidade das vias que vão para o centro.

            Curtir

      • Não é questão de ideologia cara. É questão de inteligencia. À propósito, tenho carro, vou todo dia ao trabalho de onibus/metrô e não morro por isso.

        Curtir

        • Me too. Mas faço isso porque tenho sorte de morar a uma quadra de um corredor perto no centro e trabalhar neste mesmo corredor no bairro. Estou efetivamente no contra-fluxo todos os dias, então a viagem é sempre uma beleza.

          No entanto, existe uma coisa muito perversa, um desincentivo muito forte para esta prática, e que faz muitas pessoas em situações parecidas optarem pelo carro: como todos sabem, ter um carro tem dois custos: o variável (combustível, manutenção) e o fixo (amortização, seguro, garagem, IPVA). No meu caso, só para ter a opção de usar o carro eventualmente (i.e. ir as compras, sair de noite, viajar), eu gasto R$ 4.90 por dia útil – e isto considerando que meu carro já está amortizado. Entre gastar R$ 4.90 por dia para ficar com o carro parado e gastar, digamos, mais R$ 3.00 e usá-lo todo dia, muitos vão preferir a segunda opção. Isso é um incentivo a opção do carro. Deveríamos diminuir alguns destes custos fixos (mostly: IPVA e impostos incidentes na compra do veículo) e transferí-los para o variável, pois assim estaríamos transferindo a responsabilidade do custeio das externalidades para aqueles que estão causando mais externalidade. Isso seria mais justo e mais eficiente.

          Curtir

        • Não é questão de morrer ou não, mas eu acho que o Brasil como um todo é um pais onde as pessoas tem um lado individualista, porque todos veem a quantia de falcatruas que acontecem o tempo inteiro e quando podem as pessoas tem esse pensamento – “Eu me mato de trabalhar, pago tudo em imposto, então se eu consigo comprar um carro para ter mais conforto no meu dia-a-dia é o que eu vou fazer, ou se eu posso morar num condominio fechado, vou morar em um, ou se eu posso colocar meu filho em um colégio particular é o que eu vou fazer e se tudo der certo eu me mudo desse país para dai sim receber novos conceitos de civilidade e de comportamento e quem sabe começar a andar de ônibus e morar sem grades.

          É complicado criar uma idéia de coletivo por aqui porque todos querem tirar vantagem o tempo inteiro em alguma coisa, e eu não me excluo disso e acho que ninguém pode se excluir também.

          O problema por aqui é que praticamente não temos opções, quase tudo que depende do poder público é sucateado e temos que cada um de nós pagar por carros porque o transporte público não presta, por escolas porque não existem professores, por planos de saúde para não morrermos, por seguros para não perdermos nossas coisas, pagamos por tudo duas vezes e isso acaba nos fazendo quase que desprezar o público e nos surpreende quando algo público meio que funciona como a UFRGS em partes.

          Curtir

        • Pois e’, entao vcs que querem, gostam e nao se importam de andar de onibus o faca. E’ o que vcs querem, nao o resto da populacao e vcs nao querem entender isso, DADA AS CHANCES SE VAI DE CARRO!! ponto final. A nao ser que esse “onibus” me pegue dentro de minha garagem, tenha bancos de couro aquecidos, ar quente e frio, que so’ eu possa usar o radio e escutar as MINHAS MUSICAS, que seja silencioso e me largue na garagem ou na frente de onde estou indo e que apareca e va aonde eu quiser quando eu quiser dai tudo bem. Nao me importo em ficar alguns minutos no tranzito, mas odeio ter que esperar o onibus chegar, para depois ficar parado no mesmo transito que os carros estao.

          Curtir

          • ótimo, se você realmente faz tanta questão desse conforto, significa que você está disposto a pagar mais por ele

            Curtir

%d blogueiros gostam disto: