Chineses visitam Tapes para avaliar instalação de montadora

Cidade disputa com Camaquã e Santa Maria fábrica de caminhões

Uma comitiva de chineses, acompanhada pelo vice-governador Beto Grill, chegou a Tapes, no Sul do Estado, na manhã desta segunda-feira. Os executivos da Dongfeng Motos Corporation analisam a instalação de uma montadora de caminhões na cidade. Também estão na disputa Camaquã e Santa Maria, que já recebeu visita do grupo.

O futuro porto de Tapes pode ser um diferencial na decisão, que deve ser anunciada até o final do mês. A obra do terminal irá compor a hidrovia do Mercosul, prevista no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) 2. O sistema envolverá as lagoas Mirim e Dos Patos, e os rios Jacuí e Taquari.

O investimento total dos empresários asiáticos no Rio Grande do Sul será de 70 milhões de dólares. A fábrica, que deve gerar 500 empregos diretos, terá potencial para produzir 40 caminhões leves e picapes mensalmente.

Correio do Povo



Categorias:Economia Estadual

Tags:, , ,

6 respostas

  1. De forma rápida e objetiva, o Sr.Filipi disse tudo: “So realmente não quero que no fim anuncie instalação fora do Rio Grande do Sul.” Compartilho de igual pensamento.

    Curtir

  2. Bem que poderia ser em Guaíba né? Não, esquece. Nem se pode cogitar deve ter um sapo gigante enterrado naquela cidade. Nenhuma promessa vinga…

    Curtir

  3. Risco sempre existe. Em função de quem governa, já vimos muito disso aqui.

    Curtir

  4. Pode ser Santa Maria, Camaqua ou Tapes, por mim tanto faz.
    So realmente não quero que no fim anuncie instalação fora do Rio Grande do Sul.

    Curtir

  5. Uma ótima notícia para a região. Tapes teve seu época de pujança e hoje em dia é muito triste… pois tem uma economia muito pobre!

    Nesse caso, como é uma região de pouco interesse econômico e estrategicamente muito importante, deveria haver fortes incentivos!

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: