Prefeitura e União discutem modelos financeiros para metrô de Porto Alegre

Sem acerto, novo encontro está agendado para a próxima segunda-feira

O secretário de Gestão e Acompanhamento Estratégico de Porto Alegre, Urbano Schmitt, participou de reunião no Ministério do Planejamento, em Brasília, que tratou da viabilização do metrô da Capital. No encontro, foram apresentados cenários com impacto financeiro menor. Uma nova reunião ficou agendada para a próxima segunda-feira.

“Apresentamos vários cenários. Levaram nossas propostas e pediram outras para nós”, explicou Schmitt. De acordo com o secretário, o patamar financeiro permanece em R$ 2,4 bilhões. Apesar de deixar Brasília com um próximo encontro marcado, ele não acredita em acerto para a próxima semana. “Os detalhes são maiores e por isso a necessidade para termos todo o cuidado para que o metrô funcione bem, que a sua operação seja adequada e principalmente que seja auto-suficiente”, afirmou.

Na última semana, o prefeito José Fortunati reuniu-se com a ministra de Planejamento Miriam Belchior para tratar da obra. A União prevê o repasse de R$ 1 bilhão somente após o término e não durante os trabalhos, como estava previsto. Apesar disso, os representantes do Executivo municipal mantêm otimismo: “Não trabalhamos com a inviabilidade do metrô”, disse o secretário.

Correio do Povo



Categorias:Meios de Transporte / Trânsito, Metro Linha 2

Tags:

2 respostas

  1. Como terminou a novela AG x Beira Rio, começou a novela metrô.

    Curtir

  2. Ta e aí senhores governador e prefeito? Vão pressionar esse pessoal de Brasília ou vão deixar nos fazer de trouxa de novo?

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: