‘Autoridades’ fazem pressão para construção de novo aeroporto

O título bem que poderia ser “Autoridades Incompetentes e Ignorantes fazem pressão para construção de novo aeroporto”

Beto Albuquerque esteve na quarta-feira em Brasília para agilizar liberação da área.

Brasília – O secretário de Infraestrutura e Logística do Estado, Beto Albuquerque, reafirmou ontem em reunião com o presidente da Infraero, Antônio Gustavo Matos do Vale, em Brasília, a necessidade urgente da construção do Aeroporto Internacional 20 de Setembro em até cinco anos. Ficou acertado que, em 30 dias, haverá um sobrevoo e visita técnica com a presença de Vale e do governador Tarso Genro na área de 2,5 mil hectares, no limite entre Portão e Nova Santa Rita, local escolhido para o novo aeroporto gaúcho. A ideia é antecipar a execução do projeto para que as obras comecem dentro de dois anos.

Beto saiu do encontro confiante na concretização do projeto e disse que o presidente da Infraero assegurou a disposição para a construção do 20 de Setembro. Na visita ao RS, Vale conhecerá o terreno indicado pelo Estado para abrigar o aeroporto. Pelo Twitter, o secretário reafirmou a urgência na desapropriação da área, o primeiro passo para tornar o empreendimento uma realidade. “É preciso desapropriar a área entre Nova Santa Rita e Portão agora”, escreveu Beto no microblog. “O convite foi aceito e reforça as convicções que tenho de que o presidente (da Infraero) já é porta-voz dentro do governo, junto à presidente Dilma, na mensagem de que o RS precisa ter um novo aeroporto.”

Em março, Beto teve a garantia de Vale de que a Infraero tem total interesse no projeto. Na ocasião, Vale também anunciou a decisão de antecipar, para no máximo dois anos, a execução da obra. “O desejo é antecipar as decisões para que se possa ter em quatro, no máximo cinco anos, um novo aeroporto”, frisa Beto, lembrando que o Salgado Filho deve saturar em seis anos.

Intervenções no Salgado Filho

O presidente da Infraero disse que até sexta-feira deve ocorrer uma reunião técnica para discutir as intervenções que devem ser feitas no projeto de ampliação do Aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre. Na avaliação de Beto Albuquerque, o local estará esgotado em dez anos. “Uma das maiores dificuldades de se aumentar a pista do atual aeroporto está na remoção de mais de duas mil famílias que vivem no seu entorno. Se queremos um novo aeroporto dentro de seis anos, esta é a hora de começarmos a tirá-lo do papel”, enfatizou.

Construção funcional e operacional

A construção do Aeroporto Internacional 20 de Setembro depende da desapropriação das terras. O secretário Estadual de Infraestrutura e Logística, Beto Albuquerque, explica que primeiro é preciso resolver a situação da área de 2,5 mil hectares para só então se pensar no projeto. “Precisamos de uma superárea, para se proteger das edificações, que é o que aconteceu com o Salgado Filho, que não tem como ser expandido”, frisa Beto. Ele quer um aeroporto de três pistas, com plano de expansão e longe dos prédios. “O aeroporto não precisa ser uma obra de arte, tem de ser funcional, operacional.”

Neblina fecha o aeroporto

Devido à neblina e à baixa visibilidade, o Salgado Filho ficou fechado por duas horas ontem. O aeroporto reabriu às 8h10, porém, operava por instrumentos. Conforme a Infraero, das 37 partidas previstas, cinco tiveram de ser canceladas e 17 atrasaram. Das 18 chegadas, quatro foram canceladas e três atrasaram. Às 8h45, o aeroporto voltou a operar.

Inaugurada delegacia para turista na Capital

A Delegacia de Polícia para o Turista (DPTUR) foi inaugurada ontem no Aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre, já pensando na Copa do Mundo de 2014, no Brasil. Localizada no primeiro andar, o espaço foi construído pela Secretaria de Segurança Pública do Estado em conjunto com a Infraero. A delegacia será responsável pela investigação de qualquer ato contra turistas no Estado, ampliando a segurança pública, prevenindo e reprimindo os delitos envolvendo turistas e população local.

O trabalho será em conjunto com o sistema local, Infraero, Polícia Federal e companhias aéreas. A população aeroportuária-turística (80 mil pessoas por dia) cresce todos os dias e espera-se que os números sejam ainda maiores durante os eventos esportivos.

JORNAL NH



Categorias:Aeroporto 20 de Setembro, Aeroporto Internacional Salgado Filho

Tags:,

15 respostas

  1. paiaçada querem acabar com o salgado filho. Só gostaria de saber o que a populaçao acha dessa ideia

    Curtir

  2. Tem que modernizar o que temos…..depois, bem depois, construir outro…..esse Secretário de Infra – estrutura, que aliás, é advogado, não chega aos pés do engenheiro Daniel Andrade, seu antecessor (isso que sou formado em direito, reconhecer isso é abstração de eventual corporativismo!!!)……outra coisa triste, mas o último ônibus urbano que sai do aeroporto é das 23h25m…….muito triste isso…..tenho que pagar taxi por quê? Por que sou obrigado, só por isso.

    Curtir

  3. Ta na hora do Blog Portoimagem AGIR!!!!!!!

    Curtir

    • Quero saber das novidades! Algum jornalista, político ou autoridade qualquer já deu retorno ao Blog? Já contamos com alguma adesão de peso à causa? Houve alguma resposta de alguém sobre o assunto? Precisamos reverter isso urgentemente!! Vcs já encaminharam este post para alguém? E os políticos que sempre acessam o Blog, como o Adeli? Já se manifestou ou se calará diante desta grande decisão para a cidade a qual exerce a vereança? Ele pode ser a ligação que está nos faltando! Precisamos de políticos de peso, da ZH e do CP ao nosso lado nessa luta!!! O tempo urge!!!!

      Curtir

  4. Só o valor da desapropriação de terras para construir esse aeroporto, provavelmente, daria para pagar a remoção dessas 2 mil famílias que “impedem” o início das obras de ampliação da pista do Salgado filho.

    Curtir

  5. Meus prezados:
    Avança projeto de terminal alternativo

    O secretário de Infraestrutura e Logística do Estado, Beto Albuquerque, reuniu-se ontem com o presidente da Infraero, Antônio Gustavo Matos do Vale(…) Conforme Vale, até sexta-feira uma reunião técnica deve discutir as intervenções no projeto de ampliação do Salgado Filho.
    fonte: jornal “Zero Hora” via CECOMSAER 19 abr 2012

    “discutir as intervenções no projeto de ampliação do Salgado Filho” = leia-se, ele quer passar a faca no projeto, riscar do mapa. FDP!

    Curtir

  6. “Uma das maiores dificuldades de se aumentar a pista do atual aeroporto está na remoção de mais de duas mil famílias que vivem no seu entorno.”

    Eu fico P da vida com isso. E já é a terceira vez que ele diz isso.

    IGN0RANTE Sr Beto Albuquerque, você passa na Av. Dique todos os dias? Não, mas quem passa lá já viu que não existe NENHUMA casa na cabeceira da pista, e na rua toda sobraram poucas casas. Cadê a PREFEUITURA (que já realizou a retirada de quase 800 famílias) pra se manifestar numa hora dessas contra essa MENTIRA DESLAVADA?????????

    Curtir

    • Exatao, onde está a Prefeitura e o Fortunati nessas horas????????? Aquele ali pelo jeito já morreu, só faltou o avisarem disso, um plasta.

      Curtir

  7. Liberação ambiental é o de menos…. o que me preocupa é a grana que vão roubar, e o estado de abandono que vai ficar esse aeroporto que vai ficar na uta que ariu…

    Curtir

    • Parabens à esses velhos decrépitos, políticos confusos que não sabem seus verdadeiros papéis: só sabem passar a mão, maracutaias e vivem no sistema “dos bruxinhos e apadrinhados”. Até quando vai funcionar assim em nosso país?

      Curtir

  8. Santa idiotice, nem arrumam o Salgado Filho, e já estão pensando em um novo? Deus permita que essa autorização não saia, e que se sair, deixando o SF como está, que todas as pessoas que foram removidas da area do SF por causa da ampliação, entrem com uma ação na justiça contra o governo, se é que isso seja possivel.

    Curtir

  9. É muita terra 2,500 hectares, sào 25 Km2. E a liberação ambiental??? É o pagamento das terras, quanto custa o hectare???

    Curtir

  10. Os políticos estão tão louquinhos para terem um aeroporto para chamarem de seu que esquecem da real necessidade da população. Vai faltar placa para tanto padrinho para esse aeroporto de portão.

    Curtir

    • Eles “estudaram” tanto que uma hora falam que o Salgado Filho tem 6 anos de vida, outra hora 10 anos, só no chutômetro para desqualificá-lo em prol do aeroporto de Portão.

      Curtir

      • E antes, quando fizeram um canetaço, só faltou dizerem que ele (Salgado Filho) teria vida infinita depois disos, agora está moribundo em vias de falecer a qualquer momento após a ampliação o coitado.

        Curtir

%d blogueiros gostam disto: