Estes terrenos estão no aguardo de empreendimentos

Estes 4 terrenos no centro e arredores estão há anos e aguardam empreendimentos: 2 deles (fotos 1 e 3) devem ganhar hoteis mas os outros 2 não tem nada definido.

O que será que vai acontecer com eles ?



Categorias:Prédios

Tags:

11 respostas

  1. O que eu mais me questiono é o pertencente ao Zaffari ai lado do Praia de Belas. Queria uma bela torre comercial à lá Constanera de santiago do chile, ressalvadas as devias proporções com o porte financeiro da nossa POA, mas sei que deve sair ali mais um zaffari ou Bourbon. Preferia então um shopping diferenciado ali como o Cidade Jardim lá de Sampa, do grupo JHFS. Ao meu ver, pelo menos por fora, o Bourbon Walling, em vias de inauguração, ao menos externamente é o mais feio e bizarro de todos, espero que não seja a nova tendência de design deles.

    Por falar em terrenos, gostaria de saber detalhes sobre o novo projeto para o terreno do Belvedere! Ouvi falar que cortaram a torre panorâmic e todas os outros diferenciais que ele teria e que agora ele será um shopping convencional (leia-se, comum), ou seja, perderá todo o seu encanto, por isso queria saber de mais detalhes técnicos e das suas características, bem como os possíveis novos renders também.

    Curtir

    • Parece que o Zaffari propos também a compra (ou troca por outra área) do terreno da FDRH, para erguer um Bourbon separado apenas pela praça do Praia de Belas. Mas como temos um governo estadual contra tudo que é privado, esse negócio não saíra nos próximos 3 anos.

      Curtir

  2. viva a especulação imobiliária: DESDE QUANDO TERRENOS ‘BALDIOS’ DEVEM SER OCUPADOS POR ESPIGÕES!? quase todos já estão ‘rendendo’, mas por serviços menos privilegiados na questão LUCROS!
    SAI AZAR PORCOS CAPITALISTAS!

    Curtir

  3. Não tenho conhecimento do mercado, mas, só cogitando: acho que as incorporadoras/construtoras não tem interesse em investir no centro histórico. A rentabilidade para esse tipo de investimento está em outras áreas da cidade.

    Curtir

  4. Basta a prefeitura adotar um IPTU progressivo e bem mais oneroso que garanto que sai logo um empreendimento nestes locais.

    Curtir

  5. Ok, tem terrenos pequenos por aí.

    Mas numa terra que tem os predios mais baixos do país, sai caro usar um bon terreno pra um predículo de 6 andares.

    Enquanto isso, os recuos laterais dos terrenos, em Poa, são em media um dos menores dopais, tambem. Ou seja: um monte de predinhos quase colados um nos outros. Assim são a maioria dos bairros de Poa.

    Curtir

  6. Tem um baita terreno abandonado na Andradas, mais ou menos número 900 a 910, do lado do Instituto Embeleze, esse dias subi no terraço do Inst. Embeleze e vi esse terreno com um prédio em ruinas, e uma baita arvore no final do terreno que não pode ser cortada, pela degradação do local, parece estar abandona a muito tempo!

    Curtir

  7. Gilberto
    É interessante a tua indagação, mas iria um pouco mais adiante. Por que existem áreas em Porto Alegre, exemplo avenida Júlio de Castilhos e Bairro Navegantes, que são centrais, tem prédios industriais antigos sem o mínimo valor histórico, não se desenvolvem?

    Não seria este o caso de desapropriação da prefeitura para limpar a área, deixar em condições para ser loteada e revender por licitação pública a grandes empreendimentos?

    As áreas se nucleadas em partes maiores, permitiriam a construção de grandes prédios comerciais, com estacionamento e infraestrutura em geral, permitindo a criação de um novo tipo de centro.

    Acho que a prefeitura assim como o governo do estado trabalham somente no plano de reação e nunca no plano de ação.

    Curtir

    • Se a população e as construtoras tivessem interesse, ja teriam comprado e feito algo nessas antigas construções.

      É um bairro muito degradado, é tão degradado que até a prefeitura burra empurrou uma favela de catadores pra la…

      E uma cracolandia…

      Curtir

%d blogueiros gostam disto: