Declarada de utilidade pública prédio da Confeitaria Rocco

A Prefeitura de Porto Alegre declara de utilidade pública, para fins de desapropriação, o prédio que compõe a história de Porto Alegre e onde funcionou a Confeitaria Rocco, localizado na Rua Riachuelo nº 1.626 e 1.638, na Capital.

A medida se fez necessária para a manutenção e proteção do prédio tombado pela municipalidade e pelo seu valor histórico, arquitetônico e cultural. O Decreto Municipal, assinado pelo prefeito José Fortunati, e pelo secretário da Fazenda, Roberto Bertoncini, está publicado no Diário Oficial de Porto Alegre (Dopa), desta segunda-feira, 23.

Confeitaria Rocco - foto atual por Gilberto Simon

Histórico

Confeitaria Rocco, em foto de 1920.

A Confeitaria Rocco foi tombada pelo município em 6 de janeiro de 1997, pelo processo nº 1.031342.96.5.000. O prédio, que pode ser caracterizado como uma singular manifestação do ecletismo na arquitetura da cidade, com tendências neoclássicas e barrocas no seu exterior e, internamente, de art nouveau, teve seu projeto iniciado pelo arquiteto Salvador Lambertini e concluído pelo arquiteto Manuel Itaqui Barbosa Assumpção.

Construído entre 1910 e 1912 para funcionar como fábrica de doces, confeitaria e salão de festas, distribuídos em 1.560,00 m² de área, o prédio está implantado em terreno de esquina, em diagonal à Praça do Portão, atual Praça Conde de Porto Alegre.

A estrutura da edificação é mista, composta de alvenaria de tijolos de barro e vigamentos de ferro trabalhado. Na fachada estão distribuídos três pares de esculturas denominadas atlantes, formados por um jovem, representando a América e a fartura e um idoso, representando a Europa e a abundância. A figura feminina central está emoldurada por uma lira tendo ao seu lado duas crianças, em alusão às artes, em especial à música.

Salão da Confeitaria Rocco - Porto Alegre. Na foto, um banquete em comemoração aos 50 anos da imigração italiana no Rio Grande do Sul, com a presença do Embaixador da Itália, em maio de 1925. Foto cedida com exclusividade ao site Porto Imagem por Maria Cristina Floriani Orlandini - proprietária da foto original.

Prefeitura

Anúncios


Categorias:Abandono, Patrimônio Histórico

Tags:, , ,

21 respostas

  1. Ótima iniciativa, mais do que necessária. Patrimônio histórico e que deve ser guardado e cuidado com muito carinho.

    Curtir

  2. Sensacional! Desconheço o interior da confeitaria… O que será que colocarão lá??? Museu?

    Curtir

  3. Finalmente! Um prédio maravilhoso que em qualquer país seria considerado cartão postal não pode ficar jogado assim, ainda mais em uma cidade como Porto Alegre. Tomara que façam algo bom. Que tal um café-restaurante que lembre a antiga confeitaria + livraria (coisa que falta no centro)?

    Curtir

  4. Demorou! Um patrimônio histórico de preciosíssimo valor! Tomara que seja restaurado logo, mantendo o estilo da época e que a nossa cidade volte a ter a confeitaria no padrão que era antigamente! Os cariocas tem a Confeitaria Colombo, então por que não podemos ter a nossa Confeitaria ROCCO? Rocco lembra ROCAMBOLE! Hum, delícia! Meu sonho é este! Eu sinto falta de uma casa-de-chá chique dentro dos padrões de Viena! Hehe! De quebra podiam fechar umas ruas no centro e colocar uns fiacres! Aposto que ia atrair muitos turistas!

    Curtir

    • Iria mesmo. O mais revoltante é saber que um pouco de gasto em algumas míseras ruas do centro histórico, iluminando nosso patrimônio RIQUÍSSIMO geraria um retorno gigantesco. E não digo só em turismo. Nem precisamos pensar nisso. Simplesmente o movimento dos próprios portoalegrenses. Todo mundo tem que ir no centro de vez em quando por um motivo ou outro. Não cola dizer que o centro é lugar de pobre ou qualquer bobagem desse tipo. E se for é por incompetência gritante da prefeitura e do governo do estado.

      Curtir

  5. Outro sitio que estava na mira do tombamento é o qual se encontra, o Museu da Medicina do RGS, primitiva sede do Hospital Beneficência Portuguesa. Hoje até pintadinho, mas vidros originais coloridos e esquadrias não corretamente restauradas, além do cupim escondido em toda estrutura. Se observarem, no centro, em cima, há um nicho redondo onde havia um relógio, sinalizava o tempo aos passantes. Mas interesses que não do Patrimônio Histórico, acabaram enterrando o processo de tombamento. Parece que aqui mais cabe a medida encontrata ao Prédio da Confeitaria Roco, até porque o local tem o menor uso por seu propretário. É o que convêm para a História dos Portoalegrenses!

    Curtir

  6. Uma versao light da livraria El Ateneo ali ja’ pensou… Mesmo uma Cultura ja’ servia bem.

    Curtir

    • Bá! Uma El Ateneo em Porto Alegre seria de chorar. Para mim é a livraria mais fantástica do mundo.

      Curtir

  7. Deveria ser um Web-café, com livraria e mais algumas coisas.

    Acho que este Blog deveria abrir uma seção para levar subsídios aos gestores públicos, antes que eles joguem fora uma área muito nobre.

    Eu cheguei a ir no fim da confeitaria, era muito pequeno, mas ainda vem pequenos flaches do passado, é um local se bem restaurado ficará uma referência histórica para o centro.

    Curtir

  8. Parabéns pela iniciativa. Resido em Porto Alegre ha poucos anos e já fiz fotos da fachada deste prédio por sua beleza e detalhes arquitetônicos. Este processo deveria se estender a outros prédios no centro histórico que estão aos cacos.
    Parabéns novamente!
    Andrea Weschenfelder – jornalista

    Curtir

  9. Que ótimo! Finalmente!
    Gostaria de saber uma coisa: quem decide o que vai se fazer com os patrimônios históricos? Existe possibilidade de participação da comunidade?

    Curtir

  10. Pensei uma vez que poderia ser a Cervejaria do Dado, mas acho que não demonstraria interesse, senão já o teria feito a muito tempo. Mas seria bem interessante esse empreendimento por ali porque a tendência é melhorar aos poucos o centro histórico da cidade. Tanto pelos investimentos que estão ocorrendo, quanto com a expansão do metro e cais do porto.
    Outra alternativa, poderia ser algo ligado a cultura: talvez, um grande museu ( que por sinal, faltam em vários setores da cultura tanto local quanto estadual). Um arranjo entre o estado com o municipio o viabilizariam…
    Embora, por outro lado, ainda faltam bons investimentos nos museus públicos na capital.

    Curtir

  11. A confeitaria Rocco, tem semelhança com alguns prédios de Montevidéo ou Buenos Aires, mas relaciono com outro prédio que fica em Curitiba e que foi o Museu Paranaense até 2002. É o conhecido Paço da Liberdade que hoje é um espaço multicultural ou funcional do Sesc Paraná.
    São quatro andares. O térreo possui sala para acesso livre a internet, biblioteca e o Café do Paço. O segundo andar tem sala de aula, o Cine Pensamento e o Laboratório de Artes Eletrônicas. O terceiro pavimento abriga ambientes para conferências, apresentações artísticas e gravações de bandas independentes. O último andar abriga o Espaço das Artes e o Estúdio Pedagógico.
    Fotos aqui: http://www.curitiba-parana.net/patrimonio/paco-liberdade.htm

    O atual Museu Paranaense, fotos aqui: http://www.museuparanaense.pr.gov.br/

    Curtir

  12. Parece que não cabe a desapropriação do referido bem, considerando-o com de utilidade pública, para depois arrendá-lo para fins implantar um café, livraria ou outro espaço cultural independente. E quando se fala em museu do município, devemos lembrar da sua existência. Para mim, sua utilização como dependência de uma altarquia pública já é grande mérito ao local, e tráfego aos portoalegrenses, garantindo memória e conservação. Que tal à Secretaria de Educação do Município!

    Curtir

  13. Muito legal saber que tem pessoas que ainda gostam desse predio, pois meu pai trabalhou ai, Conheço muitas historia legais deste local Um grande abraço a todos.

    Curtir

  14. Que maravilha. Deseho externar meus parabens ao Municipio de Porto Alegre pela atitude em disponibilizar este belissimo monumento para a cidade, ao mesmo tempo em que merecem aplausos tambem os Promotores de Justica da Promotoria de Justica e Defesa do Meio Ambiente, pois eles sao a forca motriz e tambem fundamentais nas conquistas culturais a serem levadas aos portoalegrenses.

    Curtir

  15. e até agora nada!!!! desde 2012 até 2015….
    Notícia para distrair a opiniçãoi

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: