Fortaleza tem as melhores calçadas do país; Manaus é a pior

Um estudo divulgado nesta quinta-feira pelo portal Mobilize Brasil aponta onde os pedestres têm mais dificuldade para caminhar a pé. O levantamento avaliou calçadas de 12 importantes cidades do país e montou um ranking com os melhores e os piores endereços, de acordo com critérios como acessibilidade e conforto.

Confira o ranking das calçadas

O resultado apontou que Fortaleza teve a maior média entre as capitais avaliadas (7,6), enquanto Manaus ficou em último lugar, com 3,6 pontos. Em segundo, aparece Belo Horizonte (7,05) e, em terceiro, Curitiba (6,83).

Em seguida estão Porto Alegre (6,6), São Paulo (6,32), Goiânia (6,13), Brasília (5,98), Natal (5,08), Recife (4,95) e Salvador (4,61). O Rio de Janeiro aparece em penúltimo lugar, com uma média de 4,5 pontos.

Entre os critérios avaliados estão: irregularidade no piso, largura mínima de 1,20 m, existência de degraus ou de outros obstáculos que dificultam a circulação, presença de rampas acessíveis, iluminação adequada, sinalização e paisagismo.

Para cada um desses itens foram atribuídas notas de zero a dez.

AS ESCOLHIDAS

Para o levantamento, foram escolhidas ruas e áreas com alta circulação de pedestres, todas de urbanização antiga –com mais de 50 anos– e que já passaram por processos de reforma.

Apesar do estudo fazer um ranking das cidades avaliadas, nenhuma delas foi considerada exemplar no trato com suas calçadas.

Os problemas mais comuns encontrados foram buracos, imperfeições nos pisos, remendos, falta de rampas de acessibilidade, degraus e obstáculos que impedem a circulação de pedestres e cadeirantes.

O levantamento ainda apontou que podem existir grandes diferenças entre calçadas de bairros de uma mesma cidade. A campeã Fortaleza, por exemplo, apresentou ruas com notas acima de 9, enquanto o centro registrou uma média de 5,38.

Em São Paulo, a disparidade foi ainda maior. A avenida Paulista, avaliada com nota 9,25, não apresenta os problemas comuns na rua Darzan, em Santana (zona norte), que obteve 3,13, na avaliação. No centro, a região da rua 25 de Março apresentou uma média de 5,14.

O estudo levou em conta apenas critérios que podem ser observados por qualquer pessoa, deixando de lado indicativos como nível de ruído e poluição atmosférica –que só podem ser medidos com equipamentos específicos.

Buraco, sujeira e lixo em calçada no largo Treze de Maio, em São Paulo

Veja mais fotos clicando aqui.

FOLHA.COM



Categorias:Outros assuntos

Tags:, ,

3 respostas

  1. Mas as mais bonitas são as do Rio de Janeiro.

    Curtir

  2. Nossas calçadas nas regiões mais antigas são relativamente boas, alguns pontos com defeitos é claro, mas nada tão ruim.

    Ja vi lugares bem piores, como comentou o Pablo, em Floripa é terrivel.

    Em Porto Alegre na minha opinião, a periferia tem as piores, tem lugares que nem calçada tem…

    Na zona sul tambem tem umas areas ruins, mas são nas areas mais pobres mesmo.

    Curtir

  3. Achei que as piores calçadas ficassem em Florianópolis… Fora a Beira-Mar ou demais calçadões junto a costa, as calçadas são péssimas!

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: