Iguatemi Porto Alegre será ampliado – veja as imagens

A Iguatemi anuncia a expansão do Shopping Iguatemi Porto Alegre que atingirá 73,7 mil m² de área bruta comercial.

Esta expansão se dará em duas fases:

  • Na primeira fase serão adicionados 20,3 mil m² de ABL ao shopping. Serão 84 lojas com inauguração para Outubro de 2014.
  • Na segunda fase será construído um empreendimento corporativo com 10,7 mil m² para aluguel. A inauguração será em abril de 2015.

Inaugurado em 1983, o Iguatemi Porto Alegre foi o primeiro shopping construído na região Sul do Brasil. O complexo tem a maior receita por m² e a maior receita total da região. Na rede Iguatemi de shopping centers é a 2ª maior receita por m² e o 3º shopping mais relevante em receita total.

O Iguatemi Porto Alegre está localizado na área comercial com o aluguel mais caro por metro quadrado da cidade e é rodeado por belos bairros residenciais de alto padrão.

O projeto de expansão do Iguatemi Porto Alegre consiste em utilizar uma área do estacionamento externo e uma parte do existente, para a construção de 3 pavimentos de shopping e 2 subsolos de estacionamento para o shopping, além de uma torre comercial de 16 pavimentos com 4 subsolos de estacionamento.

O potencial construtivo do terreno possibilita ainda construir mais de 30 mil m² de área privativa, e portanto ainda terá fôlego para continuar expandindo no futuro.

Fonte:  iguatemi.com.br



Categorias:Comércio, Economia, Economia da cidade, Shopping Centers

Tags:, ,

32 respostas

  1. iguatemi ja foi um bom shoping depois que abriu s pernas para classe c deixou de ser o que era não adianta expandir alem do que quantas vagas de carros essa expansao ira custar chega prefiro o bourbon cautry

    Curtir

  2. Gilberto Simon, onde vc leu essa materia?
    Essa fonte citada não abre, e no site do Iguatemi (Porto Alegre ou Geral), não fala nada.

    Curtir

  3. Feio demais, seguindo a dinastia dos bourbons… vou comprar no barra que é melhor

    Curtir

  4. Há um problema que talvez vocês não estão se dando conta, a mesmice que são as operações nestes Shoppings, quem entra em um e entra num segundo, vê exatamente as mesmas lojas, as mesmas redes de fast-food as mesmas coisas.

    Quando se quer comprar qualquer coisa diferente é necessário fugir dos shoppings, se alguém se der o trabalho de fazer uma matriz de operações em todos estes mega empreendimentos se dará conta que no máximo 5% das lojas não se encontram em dois ou mais deles, e a tendência a concentração aumenta cada dia, pois os pequenos empreendimentos comerciais são preteridos em ralação as grandes redes..

    Se queres comprar algo de informática, tens como opção a Digimer, se queres comprar sapatos tem a Gaston, e aí por diante, ou seja, os Shoppings são as instituições mais conservadoras de toda a cidade, não dando aos clientes a mínima opção de escolha .

    Outra coisa irritante nesses mega-empreendimentos são as chamadas praças de alimentação, aí se cai no absurdo, no momento que se quer tomar um café tem no máximo duas operações que vendem café, e se fica limitado a isto. Outra coisa, quem não gosta de Coca-Cola tem que sair procurando em toda a praça um operador que venda uma guaraná, por exemplo. Poderia falar dos cinemas que simplesmente apresentam os mesmos filmes com horários diferentes, como a produção cinematográfica mundial se restringisse a lançamentos norte-americanos.

    Quanto mais se aumentar o número de shopping-centers, menor será a possibilidade de escolha, estas mega-estruturas, que teoricamente aumentariam a diversificação dos produtos vão exatamente no sentido contrário, limitando a capacidade de escolha e transformando o comércio num verdadeiro oligopólio.

    Em resumo, os shoppings são um saco.

    Curtir

    • Essa é um método muito usado pelo marketing… A ideia é criar coisas sem gosto, sem tempero e sem nada de muito diferente, nada de muito especial, assim ninguém tem algo contra. Se reparares bem, a grande maioria dos refrigerantes são muito parecidos, a quantidade de açúcar varia menos de 20%, todos tem mais ou menos a mesma quantidade de acidulante e o gosto nunca é muito marcante (com algumas exceções).

      Os apartamentos, principalmente os de PoA, nunca são muito diferentes, nuca quebram paradigmas, nunca são realmente inovadores.

      Até os carros… qual foi a grande diferença que tivemos nos últimos anos aqui no Brasil? Um carro com 3 portas?

      A propaganda tenta mostrar que é algo incrivelmente novo, de fato não é e fora os produtos conceito (e que não vão para o mercado), tudo o resto é o mais comum possível.

      Designers e gente que faz marketing de verdade fica p. com isso, porque acostuma o consumidor a querer sempre coisas com pouco desenvolvimento.

      Curtir

    • Concordo sobre a mesmice. Me espantei ao visitar o novo Bourbon Wallig e não ver absolutamente nada de novo. Todas as lojas, tirando talvez uma ou outra loja de roupa desconhecida que não agrega valor, as demais são as mesmas de qualquer outro shopping. A única novidade é o Imax, que ainda não abriu, mas que vai servir pras raras vezes que passar um filme bom o suficiente pra se pagar mais de 30 reais de ingresso.

      O Barra foi o último shopping a trazer novidades para Porto Alegre (Ex.: Giraffas, Fnac, Polishop, Fast Shop, Applebee’s…). Fora que não vejo sentido em expandir shoppings e criar outros na mesma região da cidade. Se é pra ser tudo igual, pelo menos que fosse na zona sul então, na região da Tristeza, Cavalhada ou Ipanema, cuja única opção é o próprio Barra e onde aquele lendário Shopping Zona Sul não sai do papel.

      Curtir

  5. Seus arquitetos sem bom gosto, e seus empreendedores sem visão, nao façam essa besteira de mudar o estilo do iguatemi, seus acéfalos, é lindo daquele jeito, dá um ar totalmente acolhedor e diferenciado frente a mesmices dos “cleans” de hj em dia, dos cinzas e brancos sem graça!!!!!!!!

    Curtir

  6. Que decepção! Estragaram uma das singularidades do shopping, que eram seus tijolos à vista. Na minha opinião, a ampliação foi bem pensada(internamente) ficou muito bonita, mas esperava muito mais do edifício comercial, pois ele não é nada mais do que um retângulo revestido de vidro. Outro detalhe: agora sim, para quem olha de longe e não conhece a cidade, o Bourbon parece uma “extensão” do Iguatemi.

    Curtir

    • Não dá ideia… Daqui a pouco, só falta o Nacional ser substituído por um supermercado Zaffari… Porto Alegre, um Bourbon Shopping em forma de cidade!!!

      Curtir

  7. Aaaaaah não!!!! Vontade de fazer um protesto, os tijolos eram muito mais característicos. Faziam parte de um conjunto de cores da região, com os prédios em volta da mesma cor. Ficava parecendo Santiago ou Mendellin, duas das mais bonitas cidades sul-americanas que esbanjam marrom-tijolo e fica um charme. Vai se tornar igual aos outros shoppings, não só de PoA, mas do Brasil todo. Triste.

    Curtir

  8. ^^
    @ CarlosP.:
    Exato. Vao fazer a mesma “cagada” que fizeram no Praia de Belas. No minimo vao colocar aquele reboco barato querendo dar um ar “clean”. Acho o revestimento de tijolos vermelhos do Iguatemi muito mais harmonioso do que o proposto.

    PS: Poderiam usar uma imagem aerea mais atual na montagem.

    Curtir

    • Eu prefiro o revestimento branco. Acho tijolo muito chinfrim.

      Curtir

      • Gilberto, com todo respeito, mas nao tem nada de chinfrin tijolo À vista, no UK é tradição, Londres é quase toda neste estilo e é lindo demais, é muito bonito!!! Branco não tem vida, é morto. Claro, há variações nesse estilo, tons de marrom. Dá um ar totalmente diferente, acolhedor … tá tudo muito clean hj em dia, e o estilo do iguatemi é diferenciado com seu estilo “chinfrin”. Minha opinião. Mas respeito a tua.

        Curtir

      • Bah, gosto é pessoal, e sempre respeitei os comentários do Gilberto, mas esse comentário foi triste. Uma das coisas mais bacanas na arquitetura é tijolo à vista. Londres, Nova York são cheias de prédios assim. Em Buenos Aires, o charme de Puerto Madero são os antigos armazéns, todos em tijolo à vista, onde ficam os bares e restaurantes. O Iguatemi de hoje tem estilo único por ter mantido essa característica externa mesmo após várias expansões. Agora vai ser simplesmente igual aos outros.

        Curtir

    • Eu acho que o Praia de Belas era horrível e agora está feio. Se ao menos tivessem feito um acabamento decente nas rampas de subida do estacionamento…

      O iguatemi está legal hoje, não sei por que mudar. Só vai fazer os shoppings ficarem mais parecidos uns com os outros.

      Curtir

  9. Nossa, vai prevalecer a cor branca que nem fizeram no Praia de Belas? Iriam estragar aquilo que esta bonito hoje na cor laranja

    Curtir

  10. Essa concentração de lojas não é racional… Problemas com estacionamento, acessos, trânsito no entorno, fornecimento de energia, produtos… não sei não, mas me parece que a partir de um certo tamanho se torna desconfortável de frequentar e talvez até ineficiente.

    Curtir

  11. Por que insistem que foi o primeiro shopping? Foi o primeiro a usar este termo aqui no sul, que inclusive é incorreto. Este tipo de empreendimento se chama Shopping Mall em inglês.

    Fora isso, depois do sucesso deste, o antigo João Pessoa foi rebatizado, antigamente usava um aportuguesamento, centro comercial.

    Curtir

    • Felipe: para ser chamado de shopping center, eles devem usar certos critérios. Eu sempre tive como certo o Iguatemi ser o primeiro shopping center de POA, assim como o Iguatemi São Paulo ser o primeiro shopping center do Brasil. Seria um tanto forçado na minha opinião considerar o João Pessoa (na época chamado de “Centro Comercial de Porto Alegre)um shopping center conceitualmente falando.

      – O termo shopping center é usado em muitos países e não é errado usá-lo. Os americanos usam mais o termo shopping mall.

      – Curiosidade: eu fui na primeira semana que abriu o Iguatemi, em 1983, com apenas 110 lojas.

      Curtir

    • Exatamente Felipe X. Seria mais apropriado falar que foi o primeiro Shopping de grande porte de Porto Alegre. Quanto ao primeiro Shopping do Sul do Brasil, outro erro: o primeiro a ser inaugurado foi o Shopping Itaguaçú, em São José, Santa Catarina, ao lado de Florianópolis. http://www.porsemprefloripa.com/shopping/loja-select.php?codigo=27

      Curtir

    • E quais são os critérios? Sem ler eles não entendo por que seria forçado.

      Estive na austrália e usam “shopping centre” lá, com a grafia inglesa. Na Inglaterra usam este termo ou “shopping district”. No Chile e na Guatemala usam apenas “mall”, estive lá.

      Shopping Center é um termo pseudo americano, é engraçado.

      Curtir

  12. Mais rápido meio de transporte no eixo Assis Brasil – Nilo Peçanha ? A pé .

    Curtir

    • Eu uso um mais eficiente ainda, moro longe e não vou pra lá a não ser por um ótimo motivo kkk.

      Curtir

    • E se eu te contar que eu já fiz isso duas vezes?

      Uma vez eu estava vindo da PUC para a Assis Brasil e para não perder o outro ônibus na Assis Brasil eu desci e fui a pé!

      Da outra vez foi o caminho contrário! Perdi o T1D e resolvi ir caminhando porque o T1D sempre ultrapassa o T1 e o próximo T1D ia demorar. Fui caminhando e consegui pegar o T1D que tinha perdido na frente do Iguatemi!

      Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: