Prefeitura abre licitação para seis obras da Copa 2014

Jornal Metro – Porto Alegre



Categorias:COPA 2014

Tags:,

35 respostas

  1. Caramba, não sei de onde vem tanta força e lobby para os ônibus e principalmente para esses BRTs. Hoje li na ZH, de um outro “doutor” em transporte urbano, que a solução para tornar o sistema de transporte público de Poa mais atraente é investir em BRTs.

    Eu digo que esse pessoal não é especialista em trânsito, mas especialista em ônibus. Será que essa gente não estuda outra coisa nessas Universidades não?

    Curtir

    • A solução real é metrô, mas sabemos que vai demorar muito para termos uma malha decente. Então o jeito é fazer BRT mesmo, só acho uma pena se falar pouco em VLT e aeromóvel até agora só o do aeroporto, pois os demais só estão no papel.

      Curtir

  2. Um viaduto de 500m enfeiam muito a paisagem. Queria entender como seria esse viaduto. Por que não fazem igual o da Nilo ? Uma extensão menor e mais discreto.

    Curtir

    • Para ficar igual o da nilo tem que ser curto e localizado em zona nobre. Que tal um túnel subterrâneo?

      Curtir

  3. Esse viaduto da Pinheiro Borda vai passar bem onde tem aquela linda obra de arte que parece uma llama dentro de uma cavidade corpórea. Alguém já perguntou o que vão fazer com a obra? por muito menos (ponte para o nada na frente da usina) fizeram um barulho danado.

    Curtir

  4. Pra que mais uma porcaria de um corredor de ônibos?

    Curtir

    • Claro, faz uma hiway de uma vez.. com 10 pistas até engargalar na diário kkk

      Curtir

    • Também acho que esse corredor da Padre Cacique totalmenet inútil, ainda mais que estudam a construção de uma linha de aeromóvel para a zona sul.

      Curtir

      • Inútil por 3 motivos:
        1) porque não chegará até o centro, já que não existe espaço para fazer um corredor no centro, na parte do viaduto Otávio Rocha, por exemplo;
        2) porque esse corredor obrigará a criação de um binário com as Avs. Borges e a Praia de Belas, algo totalmente desnecessário.
        3) Como disse, está em estudo a construção de um aeromóvel ligando o centro ao Cristal, que é muito mais racional, moderno e menos agressivo que um corredor de ônibus

        Curtir

        • Concordo com tudo o que falou JULIÃO, mas quanto ao aeromóvel, existe uma palavra chamada “lobby” e isso é o que as empresas de ônibus, em especial da TREVO/STS/ATP que devem fazer de tudo para que isso não siga adiante, quando surgiu o aeromóvel e foi cogitado o trajeto até a PUC, as empresas conseguir impedir o projeto a ir adiante, e creio que isso deva novamente ocorrer, que eu lamento e muito.

          Curtir

        • Bem, a falta de corredor de ônibus no centro vai continuar existindo independente desta questão da Pe Cacique. Aliás, se fosse válido este argumento, poderia ser usado para não fazer o BRT da protásio. Os ônibus que passam pela Pe Cacique tem uma abrangência infinitamente superior ao aeromóvel, pois as linhas que passam ali ligam o centro a bairros muito mais ao sul, além de bairos mais ao leste como Santana.

          O binário da Borges e da Praia de Belas já devia estar em vigor há muito tempo, independente deste corredor. Aliás, quero ver é como vão resolver o cruzamento da Borges com a Ipiranga, pois já está caótico e só vai piorar com os prédios que estão em construção li no entorno.

          E o aeromóvel não está sendo construído, fizeram mais um pré-projeto do que qualquer coisa.

          Curtir

    • Passam umas 20 linhas de ônibus pela Pe Cacique, como pode ser inútil? Elas vão deixar de existir com o aeromóvel?

      Por sinal, esse corredor vai ser feito por que haverá um terminal de BRT no Cristal.

      Curtir

      • Exatamente!

        Não é igual a III Perimetral que passa o que, umas 5 linhas… e só o T11 atravessa. Mas não reclamo, sempre ganho tempo por causa do corredor! Acho uma ótima sacada.

        Não gostam tanto de Curitiba? Lá tem corredor ué.
        Evitando aquela troca de pistas que os ônibus precisam fazer toda hora já é uma melhoria e tanto! Agora…

        … viaduto na Pinhheiro Borda? Tchau pra bela vista do Iberê se aproximando.

        Curtir

  5. 76 milhões de reais em um viaduto!Haja dinheiro do contribuinte.

    Curtir

  6. Quando falam em beira rio em relação ao corredor da pe. Cacique se referem ao estádio, certo? Deu um medo de ser a avenida… kkk..

    Curtir

  7. Viaduto de 500m na bento?? Impressão ou vai ser outro minhocão como o da Conceição, agora tapando a igreja?

    Curtir

    • Não pode tapar a igreja, não pode demolir a igreja, não pode afastar a igreja, afinal, não pode nada então que envolva essa bendita? É o progresso amigo…lembra da igreja junto ao pastor Dohms?Tudo se acerta, mas não pode haver má vontade.

      Curtir

      • Viaduto é uma coisa. Progresso é outra, bem diferente.

        Curtir

        • Sem retórica, por favor. “Progresso” é um termo genérico extremamente abrangente que indica qualquer avanço de um ponto A ao B sendo B considerado melhor. Progresso científico, progresso social, progresso econômico, etc.
          Quem passa regularmente pelo cruzamento da Bento com a Salvador França sabe que aquele ponto deveria ter recebido um viaduto logo na construção da Perimetral. Duas avenidas desse porte não podem ficar dependendo de semáforos para controle do tráfego. Nesse caso específico, a construção de um viaduto é sim o progresso.

          Curtir

        • Exato, o termo é abrangente demais para usar nesse contexto. Será uma melhoria de trânsito sem duvida, mas se feita de qualquer maneira pode ser retrocesso em outros pontos.

          Curtir

        • Se a única preocupação de uma cidade e seus habitantes fosse com a tal da “mobilidade urbana”, aí sim, viadutos poderiam ter alguma relação com progresso. Mas a cidade é muito mais do que vias expressas. Então “progresso” é um termo positivo demais nesse caso. Pode ser progresso para quem *passa* por ali duas vezes por dia, mas para quem *está* ali, para quem *mora* ali, é exatamente o inverso!

          Quando alguém vai comprar um imóvel, pesquisa se tem escola perto, padaria, supermercado, cafeterias, comércio, se a rua é arborizada, se é segura… Mas tu conhece alguém que quando vai procurar um imóvel para morar, pesquisa se tem um viaduto perto?

          Curtir

    • Veja as maravilhas que fizeram no centro em nome do “progresso”! O que deviam fazer ali é uma passagem subterrânea em vez de um minhocão. Onde há um destes há um entorno degradado em prol da mobilidade (que não vem).

      Curtir

      • “Entorno degradado”. Sei. Não vejo isso ocorrer ali na Nilo. Fazendo bem feito meu amigo, não tem esse tipo de problema. Por favor, nao generalize.

        Curtir

        • Adriano, quem passa de carro por um viaduto tem uma relação muito mais distante com o entorno, pois está com os vidros fechados, ar condicionado ligado e ouvindo sua rádio preferida. Para quem está nessa situação, só o que importa é chegar mais rápido no seu destino, e o viaduto é uma bênção.

          Mas para quem mora ou trabalha perto de um viaduto, ou para quem caminha por ali, como nossos filhos e avós (que não podem dirigir), o entorno fica muito degradado sim. Pode pintar os pilares de rosa, encher de flores, colocar bancos de praça embaixo dele, mas o ambiente vai ser uma m#rda: vai sempre ter uma paredão feio, carros que ou estão indo rápido demais ou então estão parados, com inevitável cheiro de poluição e urina. Não é um lugar convidativo para se passar caminhando. É assim na Elevada da Conceição, no Viaduto Leopoldina, na Protásio com Silva Só e -pasme- até na Nilo.

          De um modo geral, sou contrário à implantação de viadutos e outras obras que gerem demanda induzida pelo uso de carros. Mas na 3a Perimetral acredito que antes de pensarmos em sair construindo viadutos em cada cruzamento (que não funcionarão para reduzir engarrafamentos, justamente pela demanda induzida), poderíamos olhar a solução implantada em Barcelona, na Ronda de Dalt (http://bit.ly/KA00zz), uma via expressa perimetral subterrânea, onde as vias de acesso, de baixa velocidade, ficam no mesmo nível do restante da cidade (com essa vista aqui: http://bit.ly/JfOnz3).

          (Pelo que se vê na primeira foto, todas essas obras também não solucionaram o problema dos engarrafamentos por lá, mas com certeza a criação de vias expressas urbanas aqui em Porto Alegre vai dar certo e o trânsito vai fluir. É só a gente acreditar. Lá em Taubaté tem uma velhinha que acredita.)

          Curtir

      • Fazendo bem feito? O que quer dizer isso? Na nilo funciona por que a região já era nobre na época. Me diz mais um que tenha funcionado, a Nilo é a exceção! Conceição, João Pessoa, até mesmo na Silva Só, todos tem áreas onde ninguém quer caminhar perto.

        Curtir

        • Como se muita gente caminhasse ali naquele entorno “lindo” da bento com a perimetral….

          Curtir

        • Muita gente caminha para se transportar pela cidade ou ir na igreja que é muito movimentada. Mas meu ponto é esse mesmo, o viaduto vai condenar o lugar a ficar como está.

          Curtir

        • Ta aí a crise da mobilidade!

          Curtir

    • E uma vez construído o viaduto, fica eternamente aí enfeiando o local, deixando uma prova de burrice de geração em geração.

      Curtir

  8. Alguém sabe ou tem alguma planta qquer, de como será esse corredor de ônibus na Padre Cacique? Se for passar bem na frente do Inter, imagina a tranqueira que vai ser na hora de maior movimento, pois não tem como alargar a avenida.

    Curtir

    • Ouvi uma vez que fariam um acesso ao Beira-Rio pelo estacionamento do Gigantinho, usariam para fazer meio que uma faixa de entrada.

      Curtir

      • Acho que isso não vai ocorrer, pois ali é area do Inter, foi adquirido, então ele não vai criar uma rua ali, que será estacionamento coberto. Na real, odeio ficar na curiosidade, quero ver tudo pronto logo, hehe

        Curtir

%d blogueiros gostam disto: