Querem revogar a lei do Largo Glênio Peres

 

Jornal Metro Porto Alegre – 17/05/2012



Categorias:Outros assuntos

Tags:,

13 respostas

  1. Concordo com a revogação desta lei esdrúxula e anti democrática.

    Curtir

  2. A noticia está trazendo um fato erroneo. O Largo Glenio Peres está liberado somente para a Feira do Peixe.Foram revogadas duas leis municipais, da Feira Municipal de Economia Solidaria, dia das Maes e Natal e a Lei Estadual de Economia Popular.

    Curtir

  3. Felizmente eu não trabalho mas no centro, por mim, que se exploda.
    Mas seria uma vergonha isso, era horrivel passar ali quando tinham feiras, eram uns trambolhos ocupando um espaço onde muitas pessoas circulam.

    Tambem não concordo com o estacionamento de carros, apesar de que no horario que eles estacionavam, era um horario sem movimento, não atrapalhava em nada, o problema maior era danificar o chão mesmo.

    Curtir

  4. Falando sério, acho que poucos aqui concordam com o estacionamento, mas voltar a ter montes de feiras ali (que seria o resultado da revogação) eu acho um retrocesso. Aquela área deve servir aos pedestres e transeuntes em geral, fica perto do trensurb e estações de ônibus, e o metrô ficará ali.

    Resumindo, acho que a lei deve continuar como está, mas deviam proibir estacionamento.

    Curtir

    • Felipe, a lei não proíbe apenas feiras, mas manifestações políticas e culturais.

      Curtir

      • Ah, claro, os congressos do pt… kk

        Curtir

        • não viaja meu!
          Pq tudo que se fala de política é PT ou anti-PT?
          A política é bem mais antiga e importante que esse ou aquele partido
          Trata-se do mais importante meio de se adquirir e espraiar cidadania, devido ao nosso sistema de democracia!

          Curtir

        • No fundo é isso mesmo. Dá para perceber na proposta do PSOL que a motivação é liberar o local para as manifestações dos partidos políticos, especialmente daqueles que gostam de um agito.

          Curtir

  5. A crítica dos estacionamentos, inclusive dos donos de rua, é válida. Se aparecer algum movimento “clean” para o Largo, tô dentro!

    Curtir

  6. Ué: querem?!?! tu não quer?!
    EU QUERO!

    Curtir

    • Eu também quero. Com a tomada cada vez maior dos espaços públicos pelos automóveis, as praças públicas são o poucos espaços que sobraram para a manifestação popular, cultural ou política (de preferência não partidária 🙂 )

      Curtir

  7. eu inclusive acho que devia ter uma barraca de artesanato na frente da estacao de metro que sera construida ali..

    Kk

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: