Porto Alegre vai ganhar DOIS viadutos estaiados nos próximos anos. MAS JÁ EXISTE GENTE CONTRA.

Surpresa geral !

Não será somente o Viaduto da Pinheiro Borda que será estaiado. O da 3ª Perimetral sobre a Bento Gonçalves também será.

O Viaduto da Bento Gonçalves terá 540 metros, sendo 50 metros em vão livre, estaiados. Terá o total de 6 faixas, 4 para carros e 2 para ônibus como o restante da 3ª Perimetral.

A Prefeitura admite que estes projetos visam ao embelezamento da cidade.

Quando serão inaugurados?

A novidade se materializará na Copa de 2014. Um pouco antes do evento, a cidade deverá ganhar um viaduto estaiado misto (os cabos são içados somente no pórtico central da estrutura) sobre a Avenida Padre Cacique, próximo ao Museu Iberê Camargo. Ele fará a transposição da Padre Cacique entre as avenidas Pinheiro Borda e Edvaldo Pereira Paiva.

O projeto maior, porém, virá depois da Copa. Uma megaestrutura estaiada de dois andares — em cima passarão carros e, embaixo, ônibus — atravessará sobre a Avenida Bento Gonçalves pela Avenida Aparício Borges/Salvador França (3ª Perimetral).

Terá 540 metros de comprimento, seis faixas de tráfego (duas para ônibus e quatro para os demais veículos) e vão livre (sem vigas) de 50 metros de extensão.

O viaduto da Pinheiro Borda custará R$ 28 milhões e o da 3ª Perimetral, R$ 76 milhões.

A prefeitura usa o valor de R$ 21 milhões do futuro viaduto da Avenida Julio de Castilhos, não estaiado, como comparação de valores porque suas dimensões são equivalentes às do que será construído na Pinheiro Borda. Quer dizer, uma estrutura estaiada tem preço 33% maior do que a usual.

Assessor técnico da Secretaria Extraordinária da Copa 2014, o engenheiro Rogério Baú usa constantemente a palavra “esbelteza” para defender os viadutos estaiados. A segurança no trânsito também é citada pelo engenheiro.

— Para a gente fazer esse prolongamento da Pinheiro Borda, precisamos vencer um grande vão. Para isso, seria preciso colocar muitos pilares, tornando a Padre Cacique insegura para os motoristas. A alternativa é um viaduto estaiado. Além disso, temos a questão da poluição visual — explica.

Pra variar, o IAB já está se metendo e pedindo debate público sobre as obras.

Claro, Porto Alegre não pode se embelezar como São paulo, Rio de Janeiro, Natal ou outras várias cidades pelo país e pelo mundo.

Isso é ridículo e merece que fiquemos de olho e nos manifestemos sobre isso publicamente.

PORTO ALEGRE MERECE FICAR MAIS BONITA!

Chega de gente contra !

Veja algumas fotos de pontes e viadutos estaiados pelo BRASIL.

São muitas as cidades e locais que possuem. Por que aqui em Porto Alegre é tão difícil?

Será que há algum interesse eleitoreiro por parte de alguém no IAB e esta pessoa quer chamar atenção com esse discurso?

Viaduto estaiado da Unisinos, BR-116 – São Leopoldo, RS. Primeiro viaduto estaiado do estado. Foto Ramiro Furquim, Sul21

Ponte estaiada Octavio Frias de Oliveira – São Paulo, SP Foto: Adão W. Filho

Ponte estaiada João Isidoro, Teresina, PI

Ponte estaiada em Natal, RN

Projeto de ponte estaiada em Guarulhos, SP

Ponte estaiada sobre Rio Tietê, em São Paulo, SP

Ponte estaiada sobre Rio Negro, em Manaus, AM

Ponte estaiada Rio das Ostras, RJ

Ponte estaiada no Rio de Janeiro, RJ

Ponte estaiada em Belém, PA

Ponte estaiada na divisa de São Paulo com Mato Grosso do Sul

Ponte estaiada Sérgio Motta, Mato Grosso

Ponte estaiada em Rio branco, AC

Ponte estaiada Juscelino Kubitscheck, Brasília, DF

Matéria: Gilberto Simon – Porto Imagem

Fonte: imprensa local e Prefeitura de Porto Alegre



Categorias:Meios de Transporte / Trânsito, Viadutos e pontes estaiadas

Tags:, , , , , , ,

149 respostas

  1. É muito provincianismo achar que viaduto estaiado é sinônimo de progresso. Achei que fosse privilégio de leigos. Tanto um viaduto quanto o outro são agressões a beleza e a inteligência dos profissionais desta cidade. A poluição visual causada pelo da pe. cacique está eternizada. E pra vencer um vão de qto? Aquela estrutura ridícula em forma de M sequer apóia o vão central. Salve o IAB e seu espírito crítico e profissional de sempre. Aos fãs do ‘progresso’, meus mais sinceros desejos de que tenham a oportunidade de morar numa cidade que considerem “desenvolvida”, o qto antes. Certamente não será a mesma que a minha. Qta bobagem meus caros.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: