Porto Alegre abriga cerca de 70 túneis verdes

Meta é transformá-los em áreas de uso especial em benefício da cidade

Rua Gonçalo de Carvalho foi listada como área de preservação na proposição do vereador Beto Moesch Crédito: RICARDO STRICHER / PMPA / CP

Com o objetivo de preservar as vias de Porto Alegre com árvores que se unem formando túneis, o vereador Beto Moesch idealizou o projeto de lei Túneis Verdes. De acordo com a proposta, cerca de 70 ruas e avenidas da cidade, pouco mais de 1%, deverão ser declaradas como áreas de uso especial. “É uma iniciativa diferente e que visa favorecer não apenas ao meio ambiente, mas toda a cidade”, justificou o vereador.

A medida autoriza, de forma excepcional, eventuais remoções, desde que ocorra o plantio compensatório na região. “A ideia é cuidar do verde”, revelou. Desde 2006, Porto Alegre começou a declarar essas áreas, por meio de decreto. Com isso, foram identificadas 15 vias, em função da riqueza de suas vegetações.

Uma delas é a rua Gonçalo de Carvalho, no bairro Floresta, que ganhou fama pela Internet e pelas redes sociais ao ser considerada “a mais bonita do mundo”. Para o artista gráfico Cesar Cardia, do Movimento dos Amigos da Rua Gonçalo de Carvalho, a proposição tem o aval dos defensores da arborização urbana.

“As árvores de grande porte combatem a poluição, oferecem sombra no verão e absorvem a água da chuva. São fundamentais e úteis”, destacou. O secretário de Planejamento Municipal, Ricardo Gothe, disse que a cidade precisa dos túneis verdes. “Não há como a prefeitura vetar esse projeto que, embora precise de ajustes, tem todos os méritos”, assinalou. A meta é colocar Porto Alegre no patamar de cidade sustentável.

Correio do Povo

_________________

O vereador Beto Moesch nos encaminhou um e-mail com os seguintes esclarecimentos:

Alguns esclarecimentos sobre Projeto dos Túneis Verdes (187/2008)

O Projeto de Lei 187/2008 transforma em patrimônios da cidade algumas vias que possuem túneis verdes – conjunto de árvores cujas copas se unem formando uma cobertura vegetal.

Assim, a proposta PERMITE MUDANÇAS NA RUA. Alterações na pavimentação e outras obras, bem como instalação de novas atividades (linhas de ônibus, por exemplo), são admitidas, desde que MANTENHAM AS CARACTERÍSTICAS PAISAGÍSTICAS da arborização.

Além disso, se houver necessidade de manutenção das árvores dos túneis verdes, como podas e remoções, elas serão priorizadas pelo poder público.

Portanto, não há o “engessamento” das ruas.

É preciso lembrar que, independentemente do Projeto de Lei, toda a qualquer árvore é protegida por Lei. Sua poda ou remoção se dá apenas em caráter excepcional.

Nossa proposta apenas reforça isso, ao reconhecer como patrimônios da cidade as ruas que formam túneis verdes. Sem tombamento, mas com cuidado especial.

Um abraço,

Beto Moesch

Vereador de Porto Alegre



Categorias:Arquitetura | Urbanismo, Meio Ambiente, Meios de Transporte / Trânsito, Plano Diretor

Tags:, ,

12 respostas

  1. Demagogia pura!

    Precisa de uma lei para isso?

    As ruas arborizadas estão aí e não precisou de uma lei para que isso acontecesse, porque agora precisaria de uma lei para congelar uma rua?

    Curtir

  2. Finalmente surge um projeto louvável! O que intriga é o número do mesmo, que parece indicar que é de 2008!

    Curtir

    • Xará, o projeto deve ter sido desenvolvido em 2008. É um projeto de lei. Quando sair de fato a lei, terá outro número.

      Curtir

      • Isso não muda nada. O que me refiro é que é muito tempo para a egrégia Câmara de Vereadores analisar, discutir e votar uma matéria tão simples. Se esse assunto leva 4 anos, o que resta para assuntos mais cruciais à cidade?

        Curtir

  3. Ou seja, ao menos 70 pontos da cidade onde não adianta sonhar em investir, ja que vai ser proibido até peidar nos lugares.
    Viish

    Curtir

  4. Só 70? Acredito que tenha mais. Algum dia eu conto pelo Google Earth.

    Curtir

  5. Até que enfim. Uma luz no fim do túnel.

    Curtir

  6. Legal o projeto…

    Curtir

  7. Tem uma desvantagem para os moradores: as ruas, no inverno ficam extremamente úmidas e frias, exemplo é aquela rua, a qual não recordo o nome, atrás do shopping total. Como proposta, promoção e melhorias do Jardim Botânico de Porto Alegre.

    Curtir

    • É exatamente a rua Gonçalo de Carvalho, mencionada nesta matéria, que fica atrás do Shopping Total. Mas é uma baita beleza em meio à “selva de concreto” da nossa metrópole.

      Curtir

%d blogueiros gostam disto: