Fortunati reage às críticas sobre compra de bicicletas pela EPTC

Prefeito disse que “pseudociclistas” deveriam saber do desgaste dos agentes e da necessidade de equipamentos adequados

O prefeito de Porto Alegre, José Fortunati, reagiu às críticas dos internautas sobre a compra de 16 novas bicicletas pela Empresa Pública de Transporte e Circulação pelo valor unitário de R$ 2.390, o que gerou discussões nas redes sociais. “Impressiona manifestações de pseudociclistas, que deveriam saber o desgaste dos agentes e a necessidade de equipamentos adequados”, declarou, nesta terça-feira, no seu Facebook.

Fortunati afirmou, ainda, que não entende como as pessoas podem criticar a prefeitura “por dar condições para seus agentes de ficalização (trabalharem), que irão pedalar diariamente por turnos de seis horas”. “Certamente seria justa a crítica se a prefeitura estivesse comprando bicicletas inadequadas para os agentes d trânsito.”

O diretor-presidente da EPTC, Vanderlei Cappellari, explicou que houve uma pesquisa de mercado e uma avaliação do produto necessário ao trabalho diário no trânsito. “As novas bicicletas são modelos especiais e customizadas, com equipamentos específicos para as atividades de fiscalização e monitoramento, além de atender todas as exigências de segurança do trabalho”, afirmou. Segundo ele, o modelo não poderia ser de série devido à especificidade da atividade do agente de fiscalização, o que exige uma montagem especial. “Outra razão é que deveria ser um modelo que apresentasse facilidade de manutenção e reposição de peças e durabilidade.”

“O preço da bicicleta e dos acessórios está de acordo com o preço de mercado e o que está sendo instalado foi por orientação de profissional da saúde”, reafirmou Fortunati. “São equipamentos diferenciados que devem atender exigências legais.”

Componentes

Segundo a EPTC, as bicicletas para monitoramento e fiscalização de trânsito têm quadros mais leves e resistentes, modelos mais ergonômicos, suspensões mais confortáveis, câmbios mais ajustados e de fácil manuseio, propícios para as atividades de fiscalização de trânsito, que diariamente enfrentam percursos longos em terrenos com subidas e descidas. Também possuem bancos anatômicos, revestidos de gel, sistema de iluminação noturna, farol dianteiro e refletor de rodas, aumentando a visibilidade e reduzindo os riscos de acidente/atropelamento, além de possuírem espelhos retrovisores.

Segurança do Trabalho

As bicicletas compradas atendem às recomendações da Equipe de Segurança do Trabalho, conforme a EPTC. Assim, respeitam a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), com características para a completa realização da atividade e acessórios que atendem ao Código Brasileiro de Trânsito (CTB), entre eles buzina, sirene, paralama, espelho retrovisor, velocímetro, pisca e farol dianteiro em LED.

Correio do Povo



Categorias:Bicicleta

Tags:, ,

22 respostas

  1. Ademais, não é função do prefeito intimidar aqueles que questionaram a compra, os chamando de pseudociclistas. O questionamento é um direito e gera debate. Cabe a ele esclarecer o fato. Estando com a razão, ótimo, muitos lhe deverão desculpas.

    Curtir

  2. No documento de compra das bicicletas só diz que foram adquiridas bicicletas pelo preço em tela. Antes de apoiar ou criticar, gostaria de saber qual a marca e quais peças utilizadas! Se houvesse maior transparência, seria mais fácil refletir acerca do valor pago. Dizer que elas tem banco anatômico não diz nada, de fato, ainda não vi uma bicicleta com banco quadrado. Quanto aos acessórios de segurança, certamente não compõe mas que 10% do preço do produto. Vou dar o exemplo da ECT, que utiliza modelos de bicicleta do tipo “barra-forte”, confortáveis, resistentes e duráveis. Lembrando que carteiros andam longas distâncias com elas, inclusive com carga. Sua manutenção é fácil e barata. Também já vi a PM utilizando esse tipo de bike, afinal, são as indicadas para andar na cidade. Mountain bike não é bicicleta para andar no asfalto, como já diz o nome.

    Curtir

  3. No centro alguns policiais usavam bikes, aqui na Benjamin tambem, e pelo que eu vi, eram bikes boas, não sei a marca, mas tinham um quadro que parecia ser de qualidade, suspensão no garfo dianteiro, não lembro se os freios eram a disco, acho que não, mas pareciam ser bons, sem contar as marchas e equipamentos de sinalização, e um esqueminha, tipo uma bolsa que eles deviam usar para guardar alguns objetos leves.

    Curtir

  4. Pela necessidade o preço é justo. A bicicleta será utilizada de forma intensa, é normal que tenha componentes de qualidade.
    Vejo poucas pessoas reclamando do preço das bicicletas, no geral observo uma aceitação. Generalizar é ruim para os dois lados. Mas como estamos no RS, onde existe dicotomia para tudo, as reações são previsíveis.

    Curtir

  5. Eu vi um documento no Faceboook sobre a compra das bicicletas pela Prefeitura e a minha primeira reação foi achar muito caro… mas se vier com todos os equipamentos de segurança necessários pode sair até bem mais caro que isso.

    Proponho duas explicações para as reações no Facebook:
    1. São pseudo-ciclistas esquerdistas;
    2. Ciclistas não estão contentes com a atuação da prefeitura/EPTC.

    Proponho dois resultados possíveis como resposta:
    1. A prefeitura/EPTC evita investimento em infra-estrutura cicloviária por revanchismo;
    2. Anti-ciclistas apoiam a compra de bicicleta pela prefeitura/EPTC por partidarismo.

    Como minha tendência é sempre ver o lado positivo fico com as opções número 2.

    Curtir

    • Os ciclistas organizados aqui de POA estão desde o início batendo de frente com a EPTC. Em muitos casos eles tem razão, mas acho que estão politizando ou levando para o pessoal de mais já.

      O triste é criticar o órgão por comprar equipamento de qualidade para seus funcionários. De certo se tivessem dado uma bicicleta pirateada que custou 300 reais iam estar felizes. Comprar equipamento de qualidade também é valorizar o funcionário!

      Curtir

      • As bicicletas não são tão caras, mas a EPTC/Prefeitura vem fazendo tanta idiotice nas ciclovias que quando saiu isso minha reação negativa foi instantânea.

        Tenho que confessar… no meu caso a reação negativa foi por inércia. As bicicletas me parecem boas e o preço não está abusivo.

        Curtir

        • Este é meu ponto, uma boa parte foi por inércia, e aposto que quem começou foi um grupo que tá sempre reclamando. Imagino isso até por que sou amigo de alguns deles no facebook e vi eles postando 🙂 Mas não tenho como ter certeza.

          O grande problema realmente é que hoje em dia é fácil demais fazer essa choradeira e acabar gerando toda uma polêmica sem sequer ter razão, pois se papel aceitava qualquer coisa a internet é pior ainda. E as coisas se espalham MUITO rápido.

          Curtir

  6. para mim num primeiro momento ainda parece caro, mas não gosto de afirmar nada sem olhar o que eles compraram, esse de falar que é mais leve melhor isso e aquilo qualquer um fala, tem que ver depois que chegar as bicicletas, se realmente forem bicicletas diferenciados tudo bem pagar esse preço, porem se forem bicicletas normais dai sim tem que se fazer barulho.

    Curtir

    • Uma Mountai Bike Caloi Elite 2.4 que é básica em termos de boa qualidade, grupo Shimano básico custa na Bike Tech de Porto Alegre R$1.800,00 + todos os acessórios que necessitam ter, pintura personalizada= passa fácil dos 2.400,00 e não vai ser o supra-sumo! Acordem!!

      Curtir

    • Uma Mountain Bike Caloi Elite 2.4 que é básica em termos de boa qualidade, grupo Shimano básico custa na Bike Tech de Porto Alegre R$1.800,00 mais todos os acessórios que necessitam ter, pintura personalizada= passa fácil dos 2.400,00 e não vai ser o supra-sumo!
      Pessoal, é muito barata esta bicicleta, considerando os acessórios que precisa ter.

      Curtir

      • e agora a minha duvida foram essas as bicicletas que compraram?

        só duvidas mesmo não entendo muito de bicicletas sei que tem modelos que são bem caros porem se encontra outros bem baratos, se fossem falados os modelos que se compraram, não sei se existe em algum lugar que se possa ver, seria melhor assim tem como se olhar e realmente ver o que estão comprando e não gera essa duvida.

        pode parecer que sou do contra a aquisição das bicicletas mas não é isso só não achei claro qual é que são elas pois normalmente quando sai noticias assim se fala que se compra uma coisa no papel e na verdade é outra.

        Curtir

  7. Só vi o típico mimimi dos revolucionários de sofá. Nestas horasme lembro do mestre Calvin: http://cdn.svcs.c2.uclick.com/c2/28141d5022b2012f2fca00163e41dd5b

    Curtir

  8. Também não veja nada de absurdo, meu primo corre de bicicross e comprou uma bike que custou R$ 5.000,00 só o quadro. Isso que é daquelas pequenas, então acho o preço pago pela prefeitura razoável.

    Curtir

  9. Eu que ja sou meio anti bike concordo com o que falaram.
    Até por que eu sempre gostei de pedalar, e investi muito em bike até alguns anos que ja passaram, e sei bem os preços.

    Uma bike que vai ser usada diariamente precisa ter qualidade, e pra isso, custa mais.
    Essas bikes de 400 reais sempre dão problemas ou são desconfortaveis para alguem que va usar durante horas do dia.

    Curtir

  10. Owned pelo Fortunati.

    Curtir

  11. Tem toda a razão o prefeito. No facebook tem muita gente que critica sem critérios. É óbvio que as bicicletas tem que ser especiais e, portanto, mais caras que as comuns. É pura intriga da oposição que critica só por criticar. Que pena que isso acontece.

    Curtir

  12. Conheço muitos ciclistas profissionais, de maratona e triathlon. As bicicletas mais baratas não saem por menos de 12 mil reais. Uma amiga conseguiu, com patrocinadores, uma por 45 (!!!) mil reais. Ou seja, pra ser um objeto que deve ser usado exaustivamente, por vários anos, o preço não é nada absurdo. Polêmica criada em cima de nenhum embasamento. Uma das grandes premissas da promoção do uso da bicicleta são as vantagens da energia renovável. Uma bicicleta barata que estragará facilmente e irá para o lixo não tem absolutamente nada de renovável.

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: