Obras de Revitalização do Cais Mauá iniciarão somente após as eleições

Espanhóis do Cais Mauá chegam esta semana a Porto Alegre.

Obras só começarão depois das eleições

Ainda esta semana, chegarão os espanhóis do grupo Manné, que controlam 95% do capital da empresa que toca o projeto de revitalização da área de 3,7 kms da zona central do cais, o projeto Cais Mauá. As obras sairão pelas mãos do outro sócio, o grupo brasileiro Bertin. Serão investidos R$ 550 milhões na área nobre de Porto Alegre. Passados seis meses da cerimônia pública que ele mesmo promoveu, o governo gaúcho só agora publicou no Diário Oficial o ato de emissão de posse da área e dos 26 armazéns do porto de Porto Alegre, onde o grupo espanhol de José Munné e o grupo brasileiro Bertin investirão R$ 550 milhões.

O governo estadual tanto fez que conseguiu o que queria, ou seja, não começarão antes das eleições as obras da revitalização do Cais Mauá.  Ficou tudo para depois de outubro.

O que farão os espanhóis:

  • A emissão era necessária para que o grupo Manné possa alavancar recursos junto à banca internacional.
  • O problema do empreendedor é a situação difícil dos bancos espanhóis.

Num trecho de 3,7 kms que vai da usina do Gasômetro até a Rodoviária, sairão shopping center, hotel, casas noturnas, restaurantes, equipamentos culturais e lojas de utilidades.

O chamado muro da Mauá, que separa a zona central da cidade do Guaíba, permanecerá no local, mas sumirá sob uma perene cachoeira artificial.

Informações: Políbio Braga



Categorias:Muro da Mauá, ORLA, Projeto de Revitalização do Cais Mauá

Tags:, ,

37 respostas

  1. Pois é…
    Já tão até dizendo que o prefeito não é a favor da revitalização, mas outros candidatos são… O problema maior dessa prática de dinamitar o trabalho da oposição por motivos eleitorais é que dá certo. Via de regra o povo cai nessas conversas e nunca vê o óbvio que está a sua frente.
    Só espero que, se o Fortunatti não for reeleito, o próximo prefeito tenha a mesma luta pela revitalização. Ou pelo menos que não coloque ela em banho maria até que os espanhóis desistam do projeto.
    É uma pena.

    Curtir

    • Enganar a população alienada é a coisa mais fácil que existe no Brasil, ainda mais quando se tem um exército de milhares de militantes dispostos a replicar as desinformações do partido.

      Curtir

    • O problema é que a candidata mais forte, é daquele partido, e pra piorar, metida a comunista..
      Ferrou… pra não dizer outra palavra…

      Curtir

      • É uma candidata vazia, não tem nenhum conteúdo, e não é comunista. É parecida com a Ana Amélia Lemos, ex-miss Lagoa Vermelha e atriz coadjuvante de um filme extraordinário – “Não aperta, Aparício” (do finado José Mendes). Dupla explosiva …

        Curtir

      • O correto seria chamá-la de “Comunista de Boutique”!

        Curtir

  2. Falam tanto das obras do Fortunati, por que não do joguinho anti Fortunati do nosso governador?

    haha

    Curtir

    • Por falar em obras, quando é que a PMPA vai fazer alguma coisa na praça Brigadeiro Sampaio (Praça da Harmonia)? Fica no centro histórico, foi construída há muito tempo, mas não possui coisas simples – calçada e conservação. É tão difícil fazer uma calçada e manter uma praça? E ainda querem falar em Copa do Mundo …

      Curtir

      • Várias coisas… não é Grupo Manné, é Munné… só que não existe esse grupo. Políbio passa muita informação sme saber. O que existe é uma das empresas do Consórcio é a Gestió i Servéis, de Barcelona, cujo presidente é o Josep Munné, um dos idealizadores da revitalização do Porto de Barcelonas nos Jogos Olímpicos de Barcelona e atual cabeça pensante da revitalização do Cais Mauá.

        Segundo, hoje em dia se o grupo é espanhol não quer dizer que o dinheiro é espanhol, pelo menos imediatamente. O dinheiro virá de onde tiver as melhores condições de investimento. Como sabemos os bancos espanhóis não estão emprestando…por moticos óbvios…. Agora, depois que os espanhóis receberem o dinheiro para investir, pelo porte do Consórcio, pelo porte do projeto, eles terão que pagar esse empréstivo…pagarão como? com o direnhiro que receberão pelo investimento…ou seja, dinheiro deles, em grande parte entao dinheiro espanhol..então o dinheiro não é espanhol agora,,,mas será espanhol na hora que os espanhois tiverem que tirar do próprio bolso, e esperando ficar com o lucro claro.

        Comentários sobre senadora, Manuela e Cais Mauá: minha opinião está no meu blog:
        http://jorgepique.wordpress.com/2012/05/21/cais-maua-e-aliancas-politicas-para-a-prefeitura-14/

        Curtir

      • E ainda querem mais praças, ja tem tantas e a prefeitura não consegue manter as principais.. haha

        Curtir

  3. é realmente lamentável como as coisas são burocráticas em Porto ALegre… podiamos ter um cais bem apresentável para a COPA.

    Curtir

  4. 6 meses entre uma cerimônia e a publicação de um ato?

    Que agilidade!

    Curtir

  5. Não tem nada de político nisto, não há impedimento legal nenhum para o projeto continuar antes, durante e após as eleições, não é dinheiro público.
    Mas se vocês acompanharem o noticiário internacional verão qual é o verdadeiro motivo, vide:
    http://expresso.sapo.pt/moodys-corta-iratingi-de-16-bancos-espanhois=f726804
    http://expresso.sapo.pt/espanhois-acreditam-que-sera-necessario-resgate=f727484
    http://expresso.sapo.pt/tres-bancos-perdem-660-milhoes-em-cinco-dias=f727515

    Curtir

  6. Já era previsível, mas não podemos aceitar né!!!

    Curtir

  7. Políticos param o país para as campanhas… já era previsível.

    Curtir

  8. Tá mas só um pouquinho!!! pq depois das eleições?
    juro que nao entendo….irei voltar a tocar meus projetos depois das eleições tb…quero ver se continuo empregado….

    Curtir

  9. Primeiro o assunto é “tudo pra Copa”, agora será “tudo após as eleições”, eita paizinho. Mas peraí, por que após as eleições? Quer dizer que se partido X perder e o Y ganhar não terão as obras? O que tem a ver uma coisa com a outra? Começa logo de uma vez. Quanta BURROCRACIA, putz!!!!

    Curtir

  10. Eu já disse noutro lugar deste blog, procurar dinheiro na Espanha é como garimpar ouro no Rio Guaíba! (vide a viagem turística do Tarsinho, voltou do mesmo jeito que saiu!).

    Me parece que depois das eleições vamos ter grandes surpresas, e o problema não será o Grupo Manné, serão os manézinhos de Porto Alegre.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: