Avançam as obras da avenida Beira-Rio

Com extensão de 2.234 metros, projeto prevê três faixas de rolamento 
Foto: Francielle Caetano/PMPA

A duplicação da Edvaldo Pereira Paiva, a chamada avenida Beira-Rio, segue cumprindo cronograma de obras dentro da normalidade. Nos últimos 60 dias, as máquinas vêm trabalhando na infraestrutura e pavimentação do terceiro trecho do projeto, executado na altura da avenida Padre Cacique, em direção à Zona Sul.

Com extensão de 2.234 metros, o projeto prevê três faixas de rolamento. Os serviços que estão sendo realizados compreendem remoção e transplante de 49 jerivás do canteiro central, execução de sub-base (30% concluída), reposição de meio fio e execução de aterro para passeio e ciclovia, esta 25% já concluída.

O terceiro trecho da duplicação da avenida Beira-Rio teve início em março de 2012, e a previsão para conclusão é de 12 meses. Sob responsabilidade do consórcio Toniolo Busnello/Sultepa e com investimentos de R$ 22 milhões, as obras são fiscalizadas pela Secretaria Municipal de Obras e Viação (Smov).

A extensão total da obra de duplicação da Edvaldo Pereira Paiva (Beira-Rio) é de 5,3 quilômetros. Uma das principais obras de mobilidade urbana da capital gaúcha, integra o caderno de encargos de Porto Alegre com a FIFA para sediar os jogos da Copa do Mundo de 2014.

Entorno da 2ª ponte sobre a avenida Edvaldo é asfaltado

O alargamento no entorno da 2ª ponte sobre a Edvaldo Pereira Paiva recebeu nesta quarta-feira, 23, cobertura asfáltica em cerca de 150 metros de extensão, no sentido centro/bairro. Já foram concluídos os serviços de sondagens nas cabeceiras da ponte, locação topográfica dos alargamentos da avenida Ipiranga, terraplanagem do alargamento da pista esquerda (entre a Borges de Medeiros e a Edvaldo Pereira Paiva), reforço de subleito no alargamento da mesma junto ao Arroio Dilúvio e colocação de base de brita graduada.

Com custo total previsto de R$ 4.516.462, os trabalhos estão sob responsabilidade do consórcio EPT/Procon e fiscalização da Smov. Iniciada em março de 2012, a obra tem prazo de execução de 8 meses. A segunda ponte sobre a avenida Beira-Rio integra o projeto de duplicação da via e ligará os dois novos trechos já executados, junto à avenida Ipiranga e ao Parque Marinha do Brasil.

Mais fotos:

Fotos: Francielle Caetano/PMPA

 Prefeitura de Porto Alegre



Categorias:Outros assuntos

Tags:,

9 respostas

  1. Então vão aterrar o Guaiba mais um pouco. O rio sempre volta ao seu leito. Eu quero ver.

    Curtir

  2. E o trecho da rota das Cuias até o gasometro??? Lá vai precisar aterrar bastante.

    Curtir

  3. Nossa grande obra para a Copa…

    Curtir

  4. Essa parte vai ficar pronta, mas a ponte vai levar uns 2 anos nessa velocidade portoalegrense.

    Curtir

  5. Pedalo ali todo o fim de semana, já que moro em frente ao Beira Rio, e realmente ta bem avançado, mas vendo através dos olhos de um leigo como eu, da a impressão da via ser torta, e a ciclovia, pelo que se, será bem larga, mas na real, é melhor quem puder ir lá e ver o que eu estou tentando expressar aqui. Em resumo, essa obra vai ficar pronta logo, só faltará o viaduto que vão fazer e a ponte ali na Ipiranga,

    Curtir

  6. Nao sei qual e’ a novela mais longa:
    A conclusao da reforma da Pca da Alfandega ou a duplicacao dessa avenidinha!?!??

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: