Oito dos 12 estádios da Copa não chegaram à metade da obra

Segundo balanço do Governo Federal, reforma na arena de Curitiba é a mais atrasada

Balanço divulgado pelo Governo Federal nesta quarta-feira aponta que oito dos 12 estádios que serão usados na Copa de 2014 ainda não chegaram à metade da obra prevista. O estágio mais atrasado é na Arena do Atlético Paranaense, em Curitiba, onde apenas 11% da reforma foi concluída. Dos estádios novos, a situação mais preocupante é a de Natal, que tem apenas 22% da obra concluída. Beira-Rio, Arena do Corinthians,Maracanã e as arenas de Recife, Cuiabá e Manaus são os outros estádios que ainda não chegaram à metade das obras.

Apenas 22% da obra da Arena das Dunas, em Nata, está concluída Foto: Divulgação Ministério do Esporte

Segundo o Governo Federal, os dados não demonstram atrasos. “Vamos tratar com mais generosidade o que está no papel, isso não significa atrasos. Muitas vezes a estatística mostra tudo, menos o essencial”, afirmou o ministro do Esporte, Aldo Rebelo.

Os únicos estádios que têm mais da metade do projeto concluído são os de Fortaleza, Salvador, Belo Horizonte e Brasília. Os quatro, entretanto, trabalham com um prazo mais curto para o fim da obra, já que deverão receber partidas da Copa das Confederações, que acontecerá em junho de 2013. O Maracanã e a arena de Recife também estão credenciados para as partidas do torneio teste para a Copa do Mundo.

Na última terça-feira, a Fifa adiou o prazo para a definição das cidades da Copa das Confederações. Rio de Janeiro, Brasília, Belo Horizonte, Fortaleza, Salvador e Recife são as sedes credenciadas. Porém, as capitais da Bahia e de Pernambuco estão sob observação e poderão ser excluídas. A Fifa admite realizar o torneio apenas com quatro sedes, o que não agrada o Governo Federal.

Segundo os dados divulgados nesta quarta, as obras em estádios para a Copa do Mundo custarão R$ 6,8 bilhões. A maioria do montante saíra dos cofres do Governo Federal : R$ 3,7 bilhões em financiamentos do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social).

iG São Paulo

23/05/2012 16:15:34 – Atualizada às 23/05/2012 18:21:34



Categorias:COPA 2014

Tags:,

2 respostas

  1. Nunca antes na história deste país vai rolar tanta grana pública (nossa) pelo ralo. Para enriquecer bolsos alheios.

    Curtir

  2. logo logo anunciam uns milhoes para agilizar as obras, ai ja sabem pra que bolsos e partidos vão, né?

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: