Trensurb em NH: Mais de cinco mil usuários utilizaram o trem no primeiro dia

Após 45 anos, novamente se pode chegar a Novo Hamburgo por trilhos

Ansiedade: passageiros ficaram empolgados com a novidade. Foto: Rodrigo Rodrigues/GES

Novo Hamburgo – O relógio digital da plataforma de embarque na Estação Santo Afonso marcava 10h08 de ontem quando seis vagões encostaram e foram recepcionados pelos passageiros com gritos e salva de palmas. Cerca de 15 minutos antes, o servidor público aposentado Valdir Teixeira, 78 anos, embarcou na Estação São Leopoldo acompanhado da comerciante aposentada Helga Dullius Teixeira, 84. O casal reviveu um passeio feito há décadas. “Morava em Porto Alegre e cheguei a andar de trem lá. Imagino como era na época dos imigrantes”, conta Helga, que saiu cerca de 30 minutos antes de casa, sem esquecer de caprichar no visual. A ocasião mereceu até o batom. A movimentação marcou o início das operações experimentais da extensão de trem de São Leopoldo até Novo Hamburgo. A inauguração oficial ainda depende de uma confirmação do Palácio do Planalto. A concessionária pretende contar com a presidente Dilma Rousseff. No primeiro dia, circularam 5.422 pessoas nas novas estações – 1.977 na Rio dos Sinos e 3.445 na Santo Afonso.

Os horários

O intervalo entre os trens é de 10 minutos

1º trem da Estação Mercado até Santo Afonso: 9h11

1º trem da Estação Santo Afonso até Estação Mercado: 10h06

Último horário da Estação Mercado até Santo Afonso: 15h11

Último horário da Estação Santo Afonso até Mercado: 16h06

* Quem embarcar nas Estações Santo Afonso e Rio dos Sinos não paga até que seja definida a inauguração.

Vêm mais obras aí

Além das estações, as obras complementares feitas pelo Consórcio Nova Via incluem a reurbanização dos entornos com drenagem pluvial, saneamento, pavimentação de ruas e calçadas. O trajeto também foi contemplado com a construção de uma ponte rodoviária sobre o Rio dos Sinos. O projeto ainda prevê melhorias no Arroio Luiz Rau e o reassentamento de 730 famílias.

46 min até a Capital

A primeira etapa da expansão da linha de trem de São Leopoldo a Novo Hamburgo tem cerca de 4,9 quilômetros.

O trajeto da Estação Mercado, em Porto Alegre, até a Estação Santo Afonso levará aproximadamente 46 minutos.

A previsão da Trensurb é agregar pelo menos 6 mil usuários diários ao sistema metroviário após começarem as operações comerciais.

Todo o trecho é estruturado em via elevada e comportará outras três estações: Industrial, Fenac e Novo Hamburgo.

Um dia histórico

Em 31 de outubro de 1983 o Jornal NH mostrava a luta para trazer o trem até Novo Hamburgo. A cidade ficou 45 anos, cinco meses e 22 dias sem que um vagão ou locomotiva percorresse os trilhos. A longa espera terminou ontem. O historiador Germano Moehlecke relata no livro Estrada de Ferro – Contribuição para a História da Primeira Ferrovia do Rio Grande do Sul, que o tráfego foi suprimido no trecho do Rio dos Sinos a Novo Hamburgo no dia 31 de dezembro de 1966.

JORNAL NH



Categorias:Trensurb

Tags:,

4 respostas

  1. Meu Deus, depois de tantos anos enfim, vão terminar meia duzia de quilômetros do trensurb.

    Curtir

  2. E os trens novos?

    Curtir

  3. Imagino a emoção do pessoal ao aplaudir a chegada do trem! Eu viajei de Santa Maria a Porto Alegre em trens: Diurno, Noturno, Minuano e Húngaro! Põe saudade! Na República ‘Federativa’ do Brasil, o dinheiro fica no Eixo São Paulo – Rio…

    Curtir

  4. Emocionante o relato do casal… após todos esses anos relembrar o trajeto de trem

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: