Ministério Público pede interdição do Beira-Rio durante as obras

Promotoria alega que um incêndio durante um jogo poderia causar tragédia histórica


MP alega que edificação não possui alvará de
Prevenção e Proteção contra Incêndios  
Crédito: Cristiano Estrela

O Ministério Público ajuizou ação civil pública, com pedido de liminar, para que seja determinada a interdição do Complexo Beira-Rio. Conforme a Promotoria de Justiça de Habitação e Defesa da Ordem Urbanística de Porto Alegre, as edificações não possuem alvará de Prevenção e Proteção contra Incêndios e a Carta de Habitação é anterior ao início das obras.

“Um tumulto generalizado em um estádio que compreende um canteiro de obras, sem os equipamentos de proteção e prevenção contra incêndio, envolvendo 30 mil ou mais pessoas, poderá gerar uma tragédia sem precedentes na história gaúcha e até brasileira”, destacam os Promotores de Justiça.

De acordo com os autores da ação, por mais que o Inter tente isolar as áreas que estão sendo demolidas, colocando cercas, seguranças e cachorros, se houver um tumulto, a torcida torna-se incontrolável. Assim, na ação, foi pedida a interdição do Complexo Beira-Rio para a realização de eventos enquanto não obtidas as licenças, após findarem as obras.

“O Rio Grande do Sul é o único ente da federação que permite, até o momento, que os estádios em obras possam ser utilizados para a realização de eventos”, ressaltam.

A ação pede fixação de multa por descumprimento no valor de R$ 1 milhão por evento realizado nas condições atuais. O MP não informou quando a ação será julgada.

Inter divulga nota oficial

No início da noite, o Inter divulgou uma nota oficial sobre o pedido do MP. O clube informou que o assunto será tratado pelo departamento jurídico. Em rápida entrevista ao Correio do Povo, o presidente colorado, Giovanni Luigi, resumiu: “Vamos nos defender. Temos um prazo para isso”.

Confira a nota abaixo:

O Sport Club Internacional comunica que o pedido de interdição do Complexo Beira-Rio será analisado pelo departamento jurídico no momento em que ocorrer sua citação na ação, a partir de quando terá 15 dias para apresentar documentação e provas em sua defesa. O Clube tomará todas as providências para prestar os esclarecimentos necessários ao Ministério Público.

Confira mais fotos das obras do Beira-Rio, todas do Cristiano Estrela

Fonte da matéria: CORREIO DO POVO



Categorias:COPA 2014, Reforma do Estádio Beira-Rio

Tags:, , , ,

9 respostas

  1. Não tem como alugar o Estádio Olímpico, ele será demolido logo após a inauguração da Arena.

    Curtir

    • Exato, mas foi dada a idéia de o Inter arrendar o Olímpico até o término das obras. Mas é óbvio que orgulho falará mais alto e nunca farão isso, achando melhor jogar nos campos do parque marinha do que se sujeitar a pedir o estádio que no caso, teria sido do grêmio. Enfim, a questão do tópico em si, o estádio beira rio NUNCA será interditado, o MP viajou legal nessa.

      Curtir

  2. Como falei, não tem nada de clubismo em meu comentário.

    Fosse assim, ficaria calado e deixaria que o SC Internacional no primeiro tumulto com tantas “armas” com vítimas fosse penalizado, mas não é por aí.

    Não quero passar por alarmista, mas penso nas famílias, mulheres, crianças e idosos que vão ao campo torcerem e divertirem -se com seu clube do coração, é muito risco já em jogos “quentes”, grenais, falei, se a coisa saisse de controle, imaginem as manchetes caso ocorresse uma tragédia, lá em cima no Rio, São Paulo e resto do país iriam vibrar com uma provável desgraça no SUL.

    As conseqüências seriam seríssimas para as famílias das vítimas, sem palavras para a dor
    que hoje muitas choram seus filhos assassinados em jogos de futebol.

    Lembro-me daquela final da Taça São Paulo de Futebol Jr. entre São Paulo X Palmeiras, aquela cena de selvageria de mais de dez bandidos ensandecidos agredirem até a morte aquele garoto, quantos tumultos aqui mesmo no Brasil acabaram em mortes, dentro e fora dos estádios, caso acontecesse em Porto Alegre, que mancha para à Copa, e o pior, iríamos igualarmos à eles .

    Os bandidos travestidos em torcedores estão em todos lugares, até em azul ou vermelho, são gangues que juram outras de morte, e quem está porto que se dane, são só efeitos colaterais pra eles, não estão nem aí para as conseqüências de seus atos, já ouví e li muito sobre brigas após grenais, isto deveria ter partido da própria diretoria colorada, entrado em contacto com a do Grêmio e chegado num acôrdo, alugar o Olímpico, mesmo após a inauguração da Arena, não demolir até que o seu estádio estivesse pronto, e não o MP ter fazer isto.

    Mas dá tempo, quem sabe a tolerância e o bom senço coloque a rivalidade de lado, deixem a demolição do Olímpico para depois e assim este problema é resolvido a bom têrmo.

    Antes do lucro vem a integridade física das pessoas, é por isto que o Inter construiu antes o Beira-Rio para desativar depois Eucaliptus, tivessem deixado para depois a demolição dos Eucaliputs poderiam dar uma ajeitada, mas parece que já demoliram, o Grêmio está construindo a Arena antes de demolir o Olímpico.

    Quê o bom senço atinja as mente e corações dos dirigentes colorados, que deixem sua vaidade de lado e pensem bem estar de sua própria torcida, pois quando trata-se de sêres humanos em dias de futebol, bebidas alcóolicas, sem falar em drogas as coisas sempre esquentam.

    Sou gremista, mas inimigo dum colorado por sua paixão por seu clube jamais, se todos que tem amigos rivais na torcida vissem amigos numa cena daquelas, o quê pensariam nos responsáveis que poderiam ter evitado tal acontecimento?

    Antes de tudo somos todos humanos, já acabou a disputa pela Copa, será no Beira-Rio, então que deixem tudo para trás!

    Saudações às duas grandiosas torcidas da maior dupla do Brasil, eles lá em cima do país não sabem o que é ser GAÚCHO!

    Curtir

  3. Conhecemos o nosso país, interdição só depois de alguma morte. Mas parabéns ao mp por tentar.

    Curtir

  4. Parabéns ao MP: uma multidão de pessoas em meio a materiais de construção, entulhos, andaimes e guindastes é uma situação de imenso risco.

    Mas, concordo com o Alexandre, duvido que essa interdição seja aceita pelo Judiciário, pois todos tem medo de afrontar o time da maioria dos políticos (e dos próprios juízes), conforme temos visto ultimamente pelas últimas decisões que tem o Internacional como parte.

    Curtir

  5. Dudivo que vão intreditar o estádio. Acho que essa noticia é mais pra ter assunto e polemizar. Imagina, estádio do Inter fechado por mais de um ano, ahã, tá, jura que isso vai ocorrer, enfim, só aguardar e ver que foi recusada a medida do MP.

    Curtir

  6. Sou obrigado a concordar, neste caso é o que deve ocorrer.

    Imaginem num jogo quente ou num Grenal!

    Todos estádios que estão sendo reformados, estão sem jogos, com exceção do Atlético PR em que as obras parecem que não começaram, mas no caso da Arena da Baixada, não haverá demolições.

    Já vimos no quê dá pedras, paus e ferros nas mãos marginais enrustidos de torcedores, estes utilizam-se de qualquer tipo de material para utilizar como arma e fazer badernas, se poder, até matar, e vale para todas as torcidas, na hora do jogo, fanatismo e a insanidade cegam a tolerância.

    Este é o resultado de postergarem as obras.

    O Inter terá que alugar um estádio enquanto o dele estiver em obras, o Passo D’Areia, até dará para uma certa vantagem, já conhece o gramado sintético, ou quem sabe o Estrelão.

    Claro que colorado que se preze não desejará alugar o Olímpico que será demolido, muito menos a Arena!

    Em primeiro lugar vem a segurança das pessoas.

    É claro que muitos colorados protestarão, acharão que não tem nada haver, talvez até continuem a jogar no estádio, mas se acontecer algo de ruim, o clube ficará no prejuízo, poderá até perder mandos de campo, este pessoal da CBF está louca por um motivo, isto
    todos sabem, assim o bom senso é interditar!

    Faltou planejamento, tivessem iniciado as obras quando terminou o Brasileirão de 2011, hoje as obras estariam bem adiantadas, e reforma com milhares de pessoas dentro, cá pra nós é perigoso, não combina com segurança!

    Curtir

    • Eu tava dando risada e achando que isso era besteira, mas depois que li teu post, concordei com tudo.

      Qualquer briguinha, isso pode acabar virando numa tragedia.

      Não é por incendio nem nada, é pedaço de pau e pedra mesmo….

      Curtir

%d blogueiros gostam disto: