Grupo japonês Takeda compra indústria farmacêutica gaúcha Multilab por R$ 540 milhões

A indústria farmacêutica Multilab, de São Jerônimo, RS, uma das dez maiores empresas nacionais do setor no Brasil, foi vendida na manhã desta sexta-feira para a japonesa Takeda Pharmaceutical.

É outra empresa gaúcha que vai embora do Estado.

O negócio inflará os bolsos dos controladores gaúchos com a quantia de R$ 540 milhões, R$ 40 milhões dos quais serão pagos imediatamente.

O objetivo da Multilab era ser a maior indústria farmacêutica nacional de medicamentos de marcas e genéricos do Brasil. Ela cresceu 57,4% nos últimos anos. Ela está entre as 30 principais empresas nacionais e estrangeiras em faturamento.

“A Takeda tem planos ambiciosos para o crescimento em mercados emergentes. O Brasil é o nosso segundo maior mercado emergente depois da Rússia”, explicou Jostein Davidsen, chefe de operações comerciais em mercados emergentes da Takeda.

Políbio Braga



Categorias:Economia Estadual

Tags:,

12 respostas

  1. Não sei o que vai acontecer com a multlab, estou em processo de adimição na empresa. So sei que esta avendo muitas mudanças.

    Curtir

  2. tomara que os japoneses nao f*dam com essa empresa, como fez o wal-mart com o Nacional e a doux com a Frangosul !

    Curtir

  3. As empresas gaúchas estão entre as mais internacionalizadas do Brasil… Gerdau, Randon e Marcopolo são exemplos disso… elas tmb remetem lucros pro Brasil e n vejo nd de errado nisso

    Curtir

  4. o dinheiro n vai embora… o dinheiro entra, foi pras mãos de empresários q ja se mostraram competentes pelo crescimento fantástico desta empresa

    se eles tiverem empenho irão fazer estes R$ 540 milhões crescerem sob a forma de outros negócios…

    Curtir

    • A multilab teve receita líquida anual de 140 milhões de reais em 2011 por exemplo. Esse dinheiro vai ir para a matriz, ou seja, Japão.

      Curtir

      • n, oq será revestido pro japão é o lucro, q se for muito bom, é 20% deste valor menos impostos… o restante fica no RS e no Brasil, como Impostos estaduais, salários etc… além do mais a empresa afirmou q espera crescer aqui, ou seja terá mais investimentos no Brasil

        ja os R$ 540 milhões se bem investidos podem gerar riqueza aqui

        Curtir

      • Olha, foi de 140 milhões bruto. 140 milhões liquido é muito dinheiro, coisa pra empresa que fatura uns 2 bilhões por ano que não era o caso da multilab e sua unica fabrica em Sao Geronimo.

        Curtir

        • sao Jeronimo se escreve com J.. A Multilab estar sendo comprada, antes de tudo é a afirmação da capacidade criativa e adiministrativa de brasileiros Gauchos que a 25 anos veem trabalhando para solidificar e transformar a Marca Multilab em referencia Nacional. A verdade é que a presteza dos trabalhos alcançou patamares maiores, chegando ao conhecimento de empresas muldialmente conhecidas e estruturadas. Parabens

          Curtir

  5. A industria nacional se fortalece aos trancos e barrancos. Se desenvolvem e quando dão certo caem nas mãos de estrangeiros e o dinheiro vai todo embora. Nossas industrias são transformadas cada vez mais em sucursais de matrizes estrangeiras, sempre usadas para com seus lucros (do “país em desenvolvimento”) taparem os furos das matrizes… Deprimente.

    Curtir

  6. n conheço os donos mas espero q eles invistam em algo novo… seria ótimo

    Curtir

    • Eu conheço o dono. É dono da Cervosul também, uma distribuidora de medicamentos em Eldorado do Sul. É um cara só, de uns 60 anos. Ele estava tentando vender a multilab faz uns dois anos pelo menos. Ele não tem jeito que quem tá a fim de investir em nada inovador. É um vendedor de origem e gosta de comércio apenas.

      Curtir

      • uma pena, mas quem sabe os filhos… de qualquer forma é uma grana q vai entrar no estado e circular pela economia

        Curtir

%d blogueiros gostam disto: