Manuela critica “toque de recolher” em Porto Alegre

Jornal Metro – pág. 02 – Porto Alegre – 04 de junho de 2012

 



Categorias:Outros assuntos

Tags:, ,

31 respostas

  1. É brabo mas é verdade, não temos um candidato se quer que preste, é um pior que outro! Fortunati de novo não, Manuela não! quem? Bem que poderia vir uns paulistas, ou cariocas pra ca! Foi se a época que o Rio Grande tinha bons políticos e faz tempo!

    Curtir

  2. A senhorita Manuela não quer toque de recolher ?

    ok, enquanto não tivermos uma sociedade ordeira e que zele pelos bons costumes, o “toque de recolher” será a única alternativa para a selvageria promovida em bairros boêmios.

    Eduque a sociedade, instrua para a gentileza recíproca.

    Curtir

  3. Ao que me parece, a patricinha de boutique quer angariar votos dos jovens alienados. Sou à favor da vida noturna, mas com ORDEM! Isolamento acústico é o básico para o funcionamento de uma casa noturna, algo praticamente inexistente na CB e no resto das festas que ocorrem na cidade. Se não existe contenção do barulho, que fechem cedo; existem moradores idosos, estudantes, pessoas doentes, que não merecem ser punidos pela música alta e algazarra dos outros. Sem falar na horda de jovens, menores de idade, ingerindo bebida alcóolica. Moro na Av. Cristiano Fischer. Todo sábado o Clube Farrapos promove festas, sem isolamento acústico qualquer, onde do meu quarto passo o tempo inteiro ouvindo “tum, tum, tum, tum” e, que no fim da noite, sem exceções, encerram em rachas, buzinaços, brigas, motoqueiros acelerando e fazendo estampidos com o escapamento, muita desordem. Nisso eu tento estudar, no único tempo livre que tenho, aos fins-de-semana.

    Curtir

  4. Porto Alegre, tá muito mal de candidatos. Fortunatti é um nada faz, um molengão. Manuella, comunista, vai acabar com tudo da cidade, com a propriedade privada, com o comércio. Porto Alegre vai virar a Havana do Sul, mais do que já é…

    Curtir

    • PoA não virou a South Havana, com 16 anos de PT… Não será agora!

      Curtir

      • Nao virou Havana porque Poa está inserida no Brasil, se isso aqui fosse ainda a Republica Rio Grandense ia ver só se nao seria uma Havana ou coisa pior!!! Todo tipo de isolamento pelo qual o Rio Grande se auto impôs que fez ele parar décadas no tempo, isolamento político, cultural, economico, etc.

        Curtir

  5. Vão la na Puc, perguntem pro pessoal o que eles pensam da Manuela.

    Ela ignora os estudantes da Puc de 2 em 2 anos, chega época de eleições, vai la pedir votos.

    Eu concordo com o que ela disse na entrevista, mas é muito bla bla bla pra querer votos dos jovens….

    Curtir

  6. Coitada da cidade se essa queridinha comunista for eleita, só digo isso.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: