Porto Alegre registra maior redução de mortes no trânsito em 5 anos

Mesmo com aumento da frota em Porto Alegre – conforme o Detran-RS, com 726 mil veículos – houve uma redução de 29,63% no número de vítimas fatais no trânsito da Capital nos cinco primeiros meses deste ano, comparando com o mesmo período no. Foram 38 casos, contra 54 em 2011. A redução é a maior nos últimos cinco anos: 70 em 2008; 57 em 2009; 59 em 2010; 54 em 2011 e 38 em 2012. Os dados são da Coordenação de Informações e Estudos da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC).

Os demais números sobre acidentalidade são os seguintes: menos 9,51% em acidentes (8.789 em 2012 e 9.713 em 2011); menos 1,13% em atropelamentos (524 e 530); menos 50% em vítimas fatais por atropelamentos (10 e 20); menos 8,01% acidentes com motos (2.033 e 2.210); menos 13,48% em atropelamentos com motos (122 e 141); menos 26,09% em vítimas fatais com motos (17 e 23). Aumentou em 2,77% o número de feridos (3.561 a 3.465).

O diretor-presidente da EPTC, Vanderlei Cappellari, acredita que a redução da violência do trânsito na Capital é resultado de um envolvimento de toda a população: “As ações permanentes de fiscalização, de educação para o trânsito, as medidas em engenharia de tráfego, as campanhas por uma circulação mais consciente, com menos conflitos; com envolvimento de toda a população, começam a mudar um quadro ainda preocupante. A queda da acidentalidade nos anima a trabalhar com mais empenho nessa missão, de buscar uma circulação mais segura para todos”.

Prefeitura de Porto Alegre



Categorias:Meios de Transporte / Trânsito

Tags:, ,

10 respostas

  1. Ótima notícia.

    Curtir

  2. Tem quem não compre carro com airbag por que não pensa em comprar carro pra bater..
    haha

    Curtir

    • Meu carro tem airbag, mas sempre achei que fazia mais sentido obrigarem o ABS (que evita um acidente) do que o airbag (uma almofada pra te proteger da porrada).

      Curtir

      • Tambem penso isso, o problema e que nem sempre o acidente é causado por nos, e sim, por outro, e ai que o air bag vai fazer a diferença.
        Mas o abs ja me safou de uma… e u,a unica vez, semti a falta do abs no carro sem abs, mas no caso, nem o ans iria ajudar, oleo na pista, numa,descida com final em T?
        Me safei do acidente puxando o freio de mao e viramdo a direçao (depois de tentar freiar com menos força e tentar o freio motor)… o carro saiu de leve do oleo e pegou atrito, ai deu o cavalo de pau e parou como eu queria.
        Sorte que eu tava a 40km/h, se nao ia me fuu.. haja

        Curtir

  3. Não adianta, sempre vão reclamar..
    haha

    Eu vi muita gente parar de beber e dirigir por causa da lei seca, das fiscalizações, vi um numero maior de carros pararem na faixa de segurança para os pedestres…
    Mas fazer o que né?
    Tem gente que só ve o lado ruim das coisas… haha

    Curtir

    • Me lembro quando o cinto passou a ser obrigatório… Sempre aparecia um com histórias de não sei quem que fez uma operação na barriga e não podia usar o cinto, fulano conhecido da cicrana que tinha um parente que morreu porque o carro caiu num lago e o cinto trancou.

      Teve gente que se deu ao trabalho de pintar uma faixa preta numa camisa para não usar o cinto…

      Sempre tem uns sem noção, mas o importante é não aceitar essas ignorância.

      Curtir

    • Eu conheço sem noção que não usa cinto até hoje… não é tão fiscalizado não. Na minha casa já se usava antes de ser obrigatório. Hoje até meu cachorro tem um cinto especial.

      Curtir

  4. Alguém entende por que? Ação da EPTC é que não pode ser a causa, ainda mais com a queda nas fatalidades com motos. Na boa, nunca vi esse povo ser “educado” pelo poder público, nem em lombada eletrônica são pegos…

    Curtir

    • Um aumento na frota aumenta os congestionamentos o que diminui a velocidade média, diminuindo o número de vítimas fatais, mas observem que houve aumento no número de feridos em 2,7%. E mesmo sendo pouca a ação da eptc para aumentar a segurança no trânsito, o assunto sobre a violência nele é constante e isto faz algumas pessoas pensarem no assunto e reverem suas atitudes. Talvez exista esperança para a humanidade.

      Curtir

  5. Ótima notícia! Ponto para a lei seca, que funciona bem em Porto Alegre, não tão bem em outras capitais.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: