Atropelador de ciclistas irá a júri popular, decide juíza de Porto Alegre

Foi divulgado, na manhã desta sexta-feira (15), que o bancário Ricardo Neis, conhecido como “atropelador de ciclistas” após ter se envolvido em uma tentativa de homicídio de 17 pessoas no dia 25 de fevereiro de 2011, será julgado por júri popular. A decisão é da juíza da 1ª Vara do Júri da Capital, Carla Fernanda De Cesaro.

Na decisão, a magistrada destacou que deve ser analisada pelos jurados a tese da defesa, de que a atitude agressiva do grupo de ciclistas Massa Crítica teria levado o motorista ao desespero, acelerando o carro contra os ciclistas buscando unicamente deixar o local. Ela ponderou que, neste momento, não é possível excluir que a ação de Neis teve a intenção de matar, o que o dispensaria do julgamento pelo júri.

O crime ocorreu no bairro Cidade Baixa, em Porto Alegre, durante evento de ciclistas. Conforme denúncia do Ministério Público, 17 pessoas foram atropeladas pelo réu que estava no carro acompanhado de seu filho, dirigindo logo atrás do grupo. No dia 1º de março do mesmo ano, a 1ª Vara do Júri decretou a prisão de Neis, que estava recolhido no Hospital Psiquiátrico Parque Belém. Foram ouvidas aproximadamente 15 testemunhas de acusação, além das 17 vítimas e cinco testemunhas de defesa.

Jornal do Comércio



Categorias:Bicicleta, ciclovias, violência

Tags:, , ,

7 respostas

  1. Essas teses de defesa… Advogados de defesa sao capazes de eles mesmos confessarem o crime se o dinheiro do cliente for suficiente. Falam qualquer coisa, inventam ou mentem se precisar.

    Curtir

  2. Sifu..
    haha

    A midia ajudou a piorar a situação do cara, enquanto isso, os marginais que aprontaram pra cima dele viraram os mocinhos.
    Não que ele seja santo, tem que se ferrar mesmo… mas os dois lados deveriam… (não todos os ciclistas, apenas alguns que ameaçaram ele, o filho dele e o carro dele)

    Curtir

    • Ta aí um advogado do diabo…afirmando q a gurizada que pedalava é marginal…
      Tu ja comprou a tese do advogado do psicopata que disse que os videoS foram editados AHAHAHAHAHHAHAHAHAHAHAHAH
      Como se ameaça um carro??
      E como alguém protegido e abrigado por uma caixa de ferro pode não ser o culpado por ATROPELAR POR TRAS 17 PESSOAS?

      Curtir

  3. Nos eua só o fato de dirigir levemente bebado te dá cadeia por um bom tempo.
    Aqui esse cidadão faz o que quer pois sabe que a pena é quase nula e a lei do BR é feita para advogados sempre acharem brechas. Lamentavel.

    Curtir

  4. A decisão faz sentido, mas o que me chateia é que a vontade por sangue é maior do que a discussão sobre soluções. Este motorista deveria ter perdido sua carteira de habilitação há muito tempo! Já tinha sido multado até por andar em cima da calçada. Está na hora da CNH ser vista realmente como uma licensa e não como um direito básico. O governo tem parte de culpa neste crime.

    Curtir

    • O que vc colocou é bem verdade… Essa semana eu li um artigo em algum lugar que no Brasil as pessoas encaram justiça como vingança, que é algo péssimo!

      Curtir

  5. Não entendo porque ainda existe a possibilidade dele responder em liberdade. Afinal ele já ameaçou uma ex-companheira e possui várias multas pesadas de trânsito. Ele alega depressão… também pudera, depois de fazer o que fez e ficar mundialmente conhecido pela sua covardia!

    Essa morosidade e injustiça acabam fortalecendo o ditado popular que cadeia é só para P, P ou P.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: