Noite de Bicicleta no Fronteiras do Pensamento

Jornal Metro – Porto Alegre



Categorias:Bicicleta, ciclovias, Eventos

Tags:,

5 respostas

  1. “No leque de ideias polêmicas, está a contrariedade ao metrô. Ele reforça que o sistema é muito caro e que não resolve o problema da mobilidade urbana. De acordo com o palestrante, as pessoas querem ter metrô, mas não vão usá-lo:

    — Em nenhum lugar do mundo (o metrô) mobiliza mais de 10% da população. Por que meter as pessoas debaixo da terra? — questionou.”

    Peñalosa é conhecido por implantar o sistema de BRTs em Bogotá, com linhas que se cruzam, em que o tempo de espera pelo coletivo é muito menor.
    http://zerohora.clicrbs.com.br/rs/geral/noticia/2012/06/as-pessoas-tem-o-direito-de-se-movimentar-sem-ser-apenas-em-um-automovel-diz-palestrante-em-porto-alegre-3794595.html

    Como eu disse, trata-se de mais um lobista dos BRTs (ônibus movidos a combustíveis fósseis)

    Curtir

    • Uma coisa que eu pergunto sempre para esse defensores de corredores de ônibus, que não querem nem falar em METRÔ porque é caro e pouco abrangente é porque os ônibus não podem ser movidos a eletricidade já que correm em canaletas fixas?

      Curtir

    • As pessoas querem metrô, ma não vão usar?

      Olhem para a situação de São Paulo que tem apenas 4 linhas, sempre SUPERLOTADAS. É um dos metrôs que mais transportam gente no mundo, isso com apenas 4 linhas e 74 km. Ah, mas Sampa é uma metrópole; então vejam o Trensurb, também superlotado nas horas de pico. Como as pessoas não usam metrôs?

      Mais um perfeito idiota latino americano.

      Curtir

      • Ele se esquece que o metrô além de resolver os problemas de mobilidade, também ajuda a desenvolver a região em torno das estações.
        Imagine quantas pessoas não preferem trabalhar perto de uma estação de metrô, que a conecte rapidamente com sua casa e o centro da cidade?!

        Curtir

  2. Frase do palestrante: “Se Porto Alegre fizesse uma ciclovia de 100km ao redor de toda a sua orla, que é maravilhosa, seria famosa no mundo inteiro.” (O público aplaudiu, evidentemente.)

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: