Tumelero e FTEC revitalizam Edifício Ely

Edifício Ely – Foto: Gilberto Simon

A Tumelero e a FTEC – Faculdade de Tecnologia – uniram esforços e realizaram obra de revitalização do Edifício Ely, monumento arquitetônico de Porto Alegre, inventariado pelo município como patrimônio histórico e cultural.

Construído entre 1922 e 1923 pelo arquiteto alemão Theodor Wiederspahn, por iniciativa do comerciante Nicolau Ely, o prédio será entregue ao acervo arquitetônico e patrimonial da cidade em evento amanhã, a partir das 8h30min, que comemora também os 90 anos de sua construção.

Com apoio de Tintas Renner, a revitalização teve início em janeiro de 2012 e deu atenção especial à preservação arquitetônica, com a restauração das estátuas, manutenção dos padrões de acabamentos e utilização de materiais mais resistentes aos efeitos climáticos.

Danilo Ucha – Jornal do Comércio



Categorias:Arquitetura | Urbanismo, Patrimônio Histórico, Restaurações | Reformas

Tags:, ,

44 respostas

  1. mais bonito que esse é a faculdade de medicina da ufrgs que começaram a revitalizar e pararam

    Curtir

    • Eu não diria que é mais bonito que esse… mas prefiro dizer “tão bonito quanto”. Realmente, é uma judiaria o estado em que se encontram os prédios da Ufrgs. Alguns até estão bonitos por fora… Mas mortos por dentro. Ah, reformaram a escola de engenharia, mas esqueceram de reformar a porta de entrada, resultando num curioso visual: O prédio parece novinho em folha, com uma porta grande de madeira toda manchada de tinta e pichada… Bem estranho.

      Curtir

    • O prédio da Medicina da Ufrgs é lindíssimo. Merece uma reforma, claro. Mas o principal problema é o mesmo do Edifício Ely: está escondido atrás de um viaduto! Escrevi um texto falando um pouco disso: http://bikeisbeautiful.net/2012/06/28/para-que-nao-serve-um-viaduto/

      Curtir

  2. Deveria colocar todo o complexo do que hoje é a Elevada da Conceição para debaixo da terra. Um túnel lá de perto da Mauá até a Sarmento Leite, e transformar toda aquela região em um grande Largo, uma praça iluminada e com uma beleza condizente com o prédio. Infelizmente o que se projete é MAIS UM viaduto na região, ligando a Julio de Castilhos à Castelo Branco…

    Curtir

    • Concordo.
      Pena que não temos dinheiro nem pra manter o asfalto, imagina afzer uma obra desssas..
      =/

      Curtir

    • Concordo, Enrico, mas a realidade é pior ainda: vão fazer mais uma minhoca ali, foi postado aqui no blog a respeito dela. Se não me engano ligando a Julio de Castilhos a Castelo Branco?

      Curtir

      • Nessas horas que precisamos de Massa Crítica e IAB. Falando sério, existe demanda pra esse viaduto ou é só investimento pra deixar os passeios de carro mais confortaveis para uma porcentagem mínima da população em degradação de uma maioria esmagadora?

        Curtir

      • Embora eu sempre seja a favor das obras que possam melhorar a mobilidade, esse viaduto não me agradou nem um pouco (e pelo jeito á ninguém aqui também).
        A paisagem ali já é horrível, e lembro que foi sugerido aqui no blog um túnel no lugar ao invés desse viaduto. Sairia mais caro, mas o resultado seria muiito melhor.

        Curtir

  3. Nesse largo teria espaço suficiente, mas prevejo os argumentos dos administradores atuais da PMPOA como os levaram a remoção do chafariz da Borges. Mas o central na discussão é recuperação paisagistica desse local, assim como dos prédios históricos. Que retirem logo, aquele gigantesco estacionamento de onibus que colabora para deixar o espaço cada vez mais agressivo e insalubre!

    Curtir

  4. Pedir um chafariz para esse local, seria pedir muito…

    Curtir

  5. Boa noticia, concordo com o Marcelo quanto a iluminação cénica que traria um destaque maior ao prédo. Além disso, devem urgentemente recuperar o entorno da rodoviária. Nem preciso observar o por que disso.
    Tem um canto – que dizem, ser uma praça num largo – localizada entre a bifurcação da Av Farrapos com a Voluntários que deveria ter ajardinamento e azulejismo no prédio. Atualmente vemos marcas de fogueiras, pessoas dormindo ao relento e virou um depósito de lixo. Dificil de cruzar por esse espaço.E fica do outro lado, do prédio da Tumelero. Tentei achar uma foto desse local, o que melhor consegui foi esta: http://www.memoriagaucha.com.br/fotos/displayimage.php?album=2&pos=51
    É uma pequena “faixa levemente verde”que fica no canto esq da foto.

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: