O que justificaria tamanha resistência do Inter ao fechamento do Beira-Rio?

Sabemos que o Palmeiras joga na Arena Barueri pelas reformas no Parque Antártica, assim como os times de Belo Horizonte e do Rio de Janeiro estão jogando em outros estádios, com o Mineirão e o Maracanã fechados para reformas.

Só o Beira-Rio insiste em não fechar, oferecendo à sua torcida riscos. Seria isso resultado de um problema da mesma mentalidade maniqueísta que atribuiu a decisão judicial a clubismo?

Se o Inter fosse jogar no Olímpico, fazendo com que os dois times dividissem esse estádio no último ano de sua história, teríamos um dos mais belos capítulos da rivalidade gre-nal. E talvez fosse um símbolo de tempos mais civilizados, quando as torcidas confundem uma rivalidade que deveria ficar dentro das 4 linhas com inimizade – ou até ódio.

Se as diretorias dos dois clubes não buscam uma solução mais madura para esse problema – com o Inter batendo o pé em continuar jogando no Beira-Rio a despeito do fato de que todos os outros estádios em reforma para a Copa terem sido interditados – e o Grêmio não oferecendo seu estádio – como podem exigir comportamos mais civilizados das próprias torcidas?

Filipe Wels



Categorias:COPA 2014, Reforma do Estádio Beira-Rio

Tags:,

22 respostas

  1. Que probreza o futebol Gaúcho. Futebol de terceira. Futebol é dentro do campo, e eu emprestaria o estádio e os danos que sejam pagos, eu quero dinheiro.

    Curtir

  2. Excelente o texto. O resto é fanatismo.

    Curtir

    • Uma vergonha pro povo gaúcho se isso acontecer e o Inter continuar ganhando regalias de todo mundo pra fazer merda atrás de merda.

      O Inter desde o começo do projeto foi arrogante e incompetente, sempre ridicularizou a obra do Grêmio e se gabou da “auto-suficiência”. Viu que não dava e precisou apelar pra maligna parceria. Viu que ainda não dava e precisou apelar pra todas esferas de governo, tentou chantagear um banco público, políticos e todo mundo pra fechar um contrato.

      Agora de novo se vê na merda e o Grêmio – QUE NÃO TEM NADA COM A HISTÓRIA – precisa ter “boa vontade” de ajudar. E é mesquinharia do Grêmio se não fizer isso! Viraram o mundo de cabeça pra baixo mesmo.

      Próximo passo é o governo criar um imposto obrigatório que cada cidadão gaúcho precisa pagar pra financiar o Inter. Quem discordar da justeza disso está GRENALIZANDO o debate.

      POR DEUS, DEIXEM O GRÊMIO EM PAZ NO SEU CANTO!!!

      TIREM ESSA COPA DE PORTO ALEGRE LOGO E PAREM DE TRATAR ESSES DIRIGENTES IDIOTAS DO INTER COMO CRIANÇAS MIMADAS!

      Pelo amor de Deus, quando o Inter vai pagar pela incompetência, pela arrogância e pelos inúmeros erros do seu projeto? Porque o Grêmio, que não tá com dinheiro e moral sobrando pra nada, precisa ser mais um na fila dos que continuam mimando o Inter nesse projeto mal conduzido de reforma?

      Curtir

      • O que é AMARGURA do comentário? O presidente da FGF só levantou a hipótese de o Inter jogar no Olímpico e as pessoas voltam com a falar do projeto do estádio e da parceria, assuntos internos da instituição INTERNACIONAL e que estão FORA DE PAUTA no momento. Além disso, quer acabar com a Copa em Porto Alegre. Mas que comentário RANCOROSO, típico de pessoas frustradas. Não faça este tipo de comentário! A cidade se beneficiará com a Copa. Além disso, o Inter precisa de um estádio para jogar, pode até tentar o Olímpico, mas não necessariamente tenha que ser na Azenha. Há vários estádios para jogar. O Inter é sempre muito bem recebido em todos os lugares que vai. Porém, a dupla Grenal precisa se ajudar. O extremismo só gera violência na torcida.

        Curtir

  3. no olimpico nao é o local ideal, http://esportes.terra.com.br/futebol/libertadores2007/interna/0,,OI1605247-EI8224,00.html

    Curtir

  4. Por que tanta novela por causa disso?Se o Gremio não empresta o Olimpico, vao jogar em otra cidade e pronto.Assim como fez o Palmeiras jogando em Barueri ou o Cruzeiro e o Atletico MG em Sete Lagoas.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: