Beleza efêmera.

1. Ontem alguns monumentos e prédios de POA que normalmente ficam na penumbra ou parcamente, mediocremente iluminados, resplandeceram em homenagem ao Dia Mundial Contra a Homofobia.

Porque eles não ficam iluminados assim (ou com 1 ou 2 cores) todo o tempo?

2. Passei sexta feira à noite pelo Iberê e o museu estava num breu só. Porque?? Ele deve estar permanentemente iluminado, de vermelho, de azul, de púrpura, mas jamais deixado apagado assim, quase sumindo no skyline noturno da cidade.

Iluminação cênica na cidade já, Porto Alegre! As duas primeiras fotos são do Metro



Categorias:Outros assuntos

7 respostas

  1. A iluminação só ressaltou a verdadeira encardição em que se encontra o Monumento ao Expedicionário. Não basta iluminar, tem que manter tbm. Coisa que a Prefeitura não faz. Não faz o minímo, quem dirá iluminar algo decentemente.

    Curtir

  2. Pior é que é facil.

    Pega uma empresa pra por uma publicidade em determinado local, e pra poder fazer isso, basta que eles instalem uma boa iluminação em alguns locais como esses das fotos, e claro, façam a manutenção enquanto durar a publicidade.

    Um exemplo.
    Pega a Borges e instala uns postes que tenham um espaço para publicidade, tem uns que sempre vejo em filmes americanos, para por a propaganda, por exemplo da pepsi nesses postes, eles teriam de instalar uma iluminação no viaduto.
    Só isso.

    Dependendo do acordo, eles poderiam manter alguma segurança no local… sei la, é tão simples, mas parece tão complicado para algumas pessoas, duvido que não fosse funcionar.

    Curtir

    • Perfeito Guilherme. Coisas simples, mas que fazem toda a diferença, até na auto-estima da cidade. O Mercado Público, a prefeitura, a catedral, o MARGS, o Memorial do RS, alguns prédios da Borges, a Galeria Chaves, os prédios da UFRGS, o monumento do Parque Moinhos, o Iberê, o arco da Redenção, tudo isso está à meia luz.

      Curtir

  3. Parece simples dizer que iluminação cênica é o bastante pra relevar monumentos durante o breu noturno, mas a questão vai mais fundo. Instituições especializadas em patrimônio histórico são contra esse tipo de iluminação, sempre preferido a mais simples possível. O ideal é deixar o monumento/edifício tão chamativo a noite quanto de dia, sem fazer um Carnaval. Um exemplo do que dizem ser uma boa iluminação noturna: http://2.bp.blogspot.com/-OlD2kP-iiro/TlwRH-S9u4I/AAAAAAAAF84/8vMWbkXDMM0/s640/d1b66jo4395s017sgxdmhoaz1.jpg
    Sou, pessoalmente, contra essa iluminações simplórias, mas sou igualmente contra o colorido defendido no post, de breguice extrema (salvo datas especiais, como essa). O ideal seria um meio termo:http://oglobo.globo.com/fotos/2011/02/02/02_MVG_tur_xangai2.jpg

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: