SIM, uma cidade com fontes funcionando é possível

Vista parcial de Curitiba, a partir do terraço de observação da Torre da Oi. Foto: Gilberto Simon – Porto Imagem

Após minha rápida estada na cidade de Curitiba na semana passada, farei alguns posts com fotos de lá, enfocando diferentes aspectos.

São cerca de 1.000 fotos.

O primeiro deles se refere a um assunto polêmico em Porto Alegre: as fontes desligadas.

Percorrendo a capital do Paraná (1.746.896 habitantes, 430,9 km², 910 metros acima do nível do mar), segundo muitos, é exemplo em diversas áreas, principalmente no seu urbanismo, muito comentado aqui no Blog. Outro ponto positivo da cidade é seu transporte público, um dos mais bem sucedidos sistema de BRT do mundo.

Aos poucos irei falando mais sobre a impressão que tive da maior cidade do sul do Brasil.

_______________________________________

Em Curitiba há diversas fontes, em praças, espalhadas pela cidade, todas funcionando, da manhã à noite, em perfeito estado de conservação. Praticamente todas elas são pontos turísticos da cidade.

Uma coisa que observei é que elas estão até certa hora da noite ligadas, o que não acontece aqui, salvo a Fonte Talavera na frente da Prefeitura. Uma pena que Porto Alegre não utilize a beleza das fontes como forma de qualificar visualmente a cidade. Recentemente foi criado um grupo de trabalho na Prefeitura para estudar formas de embelezar Porto Alegre. Será que estão cogitando a hipótese de religar as fontes totalmente abandonadas da cidade ? Ou vamos continuar numa situação vergonhosa perante ao resto do Brasil ?

Vejam as fotos, tiradas por mim, e concluam vocês mesmos.

SIM, FONTES FUNCIONANDO SÃO POSSÍVEIS !

RUA DAS FLORES

Fontes de Curitiba – Fotos: Gilberto Simon

Fontes de Curitiba – Fotos: Gilberto Simon

PRAÇA GENERAL OSÓRIO

Fontes de Curitiba – Fotos: Gilberto Simon

MEMORIAL ÁRABE

Fontes de Curitiba – Fotos: Gilberto Simon

Fontes de Curitiba – Fotos: Gilberto Simon

Fontes de Curitiba – Fotos: Gilberto Simon

PRAÇA 19 DE DEZEMBRO (quase em frente ao Shopping Mueller)

Fontes de Curitiba – Fotos: Gilberto Simon

Fontes de Curitiba – Fotos: Gilberto Simon

LARGO DA ORDEM

Fontes de Curitiba – Fotos: Gilberto Simon

Fontes de Curitiba – Fotos: Gilberto Simon

PRAÇA SANTOS ANDRADE (a da Universidade Federal do PR)

Fontes de Curitiba – Fotos: Gilberto Simon

Fontes de Curitiba – Fotos: Gilberto Simon

Essas são algumas das fontes, todas em áreas centrais da cidade. Fora as dos parques, que não incluí aqui, como por exemplo, as fontes do Jardim Botânico.

Duas das diversas fontes do Jardim Botânico de Curitiba. Foto: Gilberto Simon

Em breve, outro post sobre Curitiba.



Categorias:Arquitetura | Urbanismo, Paisagismo

Tags:, , , ,

67 respostas

  1. Eta gauchada com dor de cotovelo , só podem estar brincando , Porto Alegre melhor que Curitiba , KKKKKKKKKKKKKKKKKKKK essa p/ rir o dia todo KKKKK

    Curtir

  2. Meu Deus, que ufanismo barato mesmo com essa cidade hein… “cultura semi-européia dos curitibanos”… que coisa mais província patética. Dá impressão que como o Ricardo falou, quem picha, quem é mendigo (que repito, tem mais que pombos), quem assalta, quem mata nessa cidade são de outros estados, ou cidades, pq de Curitiba não, os curitibanos não mexem em uma só pétala… bah, larguei, achei que esse fórum fosse sério, mas ficar falando de canteirinho florido e de “cultura SEMI-européia” é demais pra mim! Deve ser muito fácil ser político em Curitiba, eu já teria meu plano de governo, seria florir toda a cidade e ligar todas as fontes, pronto, estaria eleito e reeleito qtas vezes eu quisesse, mesmo esquecendo mobilidade urbana, segurança, saúde, educação…. é só estar com canteiro florido e com águas jorrando nas fontes, beleza. Patético.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: