MP solicita compensações à empreiteira que constroi Arena do Grêmio

Contrapartidas serão baseadas nos estudos ambientais sobre os efeitos da obra

MP solicita compensações à empreiteira devido a construção da Arena do Grêmio Crédito: Arthur Puls / CP Memória

A promotoria de Defesa do Meio Ambiente de Porto Alegre realiza desde 10h desta sexta uma audiência para apresentar as compensações que a OAS Empreendimentos terá que fazer para os moradores do entorno da Arena do Grêmio, no bairro Humaitá, na Capital. O promotor responsável, Carlos Paganella, vai solicitar as contrapartidas com base nos resultados dos estudos ambientais que analisam os efeitos da construção da obra.

Correio do Povo



Categorias:Arena do Grêmio, Grandes Projetos

Tags:, , ,

33 respostas

  1. Meu Xará, que coisa horrível… Horrível, não, horrível ao quadrado! Mas, para onde vai a dinheirama dos Impostos? Pagar Vereadores prá quê? Fecha já, aquela baboseira e aplica na limpeza do meu Portinho, que era comparada a Montevideo!

    Curtir

  2. Um bairro favelado, sem segurança nenhuma, esquecido por todos até da prefeitura.

    O MP não teria que fiscalizar a PMPA peloas favelas que a cidade tem?

    O estádio deu uma vida nova ao bairro, casas decentes aos favelados e vem com esta?

    Tem cheiro de promotor colorado querendo aparecer.

    Mais uma novela que dará em nada dor de cabeça, agora sem justuficativa, é a fõrça dos políticos e magistrados colorados, o clube do povo virou da ELITE, e está retaliando quem está fazendo tudo na lei e sem precisar interditar o estádio, tem outro de nível para o brasileirão, 50.000 pessoas.

    Não é o coliseu caindo aos pedaços, com máquinas, escombros, que ninguém verificou como estão as estruturas e a palhaça que fizeram para libera-lo, ou desembargadora foi pressionada ou é colorada, nem visitou o estádio, e liberou irresponsavelmente para agradar os políticos e magistrados colorados de Brasília.

    Que nível de coisas chegou a capital, que vergonheira pra todo Brasil!

    Por isto não vencemos títulos a nível nacional faz onze anos!

    Curtir

    • As caixas de som do Odono e sua trupe é culpa do Inter também?

      Convenhamos, quanta abobrinha!
      Haja dor de cotovelo num post só meu bem, só um pouquinho!

      Mas ao tópico: pra fazer um empreendimento desses, e eu já cmentei noutro post da Arena, a lei 6766 OBRIGA compensação, que é a doação de 35% da área que eles vão usar para ser pública – entre sistema viário e quipamentos (escola, praça, posto de saúde).

      É bem estranho o MP vir questionar isso… só se a OAS deixou esses 35% de doação meio obscuros.
      A infra ao redor não é $$ público que o Fortunati tinha conseguido lá em Brasília? Se for, a OAS já não tá cumprindo tudo que deveria cumprir…

      … e antes que digam “mimimi o ‘Remendão’ não fez compensação mimimi’ é porque a lei do parcelamento e o PDDU, que virou PDDUA, senão me engano, mudou só em 86! Logo…

      E parem com essa grenalização, que termo idiota e sem fundamento!
      E se essas belezas de magistrados são tão condicionados a resolver as coisas através de GRENAL, infelizmente só estão refletindo a cabeça de vento dos gaúchos quanto ao futebol na aualidade.

      Aliás, não era pra evitar/cortar postagens clubísticas aqui não?!

      Curtir

    • Quer dizer então que a reforma do Beira-rio não precisou dar nenhuma contrapartida?

      E nos que estamos errados em reclamar porque o MP está exigindo mais compesações da OAS?

      Cara de pau…

      Curtir

      • Tu tá pondo palavras na minha boca porque não disse nada do que tu me acusa.

        Quando o empreendimento é do “zero” como a Arena, aqueles amarelos da Bento, o Bourbon Wallig ou aquele da Rossi perto da PUC, eles precisam sim de compensação senão nem é aprovado o projeto. Isso não vem depois, vem no EVU, EVI e afins. Depois que se entra com o projeto.

        Em caso de REFORMA eu não sei. Tu entende que é diferente REFORMAR e construir uma coisa nova né? Não precisa explicar… e a compensação as vezes nem é no próprio entorno, pode ser em outro local porque ali já seria um espaço “consolidado”.
        Talvez aquelas ruas que vão abrir pra ligar a Pe Cacique com a Beira Rio tenha a ver com isso.

        Mas eu acredito que tenha compensação sim por causa da cobertura que vai “avançar no espaço aéreo” (esqueci o termo) mais do que pode no plano diretor… tem um instrumento que chama Direito de Superfície, eles têm que comprar o “céu” ali pra poder usar.

        Mas é consenso geral da nação que o MP nessas últimas 2 semanas tá se sentindo ofuscado e atirando pra tudo que é lado pra mostrar serviço.
        Enquanto isso, as 13h, entram 2 caras na minha casa, arrebentam o muro, arrancam o arame e levam embora toda a oficina da minha mãe.

        E a gente liga pra BM e eles mandam cercar melhor a casa ou contratar um segurança (Y).

        É a vida…

        Curtir

        • No passado, tínhamos a Velhinha de Taubaté, agora temos a Velhinha de Porto Alegre: fogo nos vagabundos! E… vamos todos pro CÉU!

          Curtir

        • Quando construiram o Beira-Rio o S.C Internacional fez alguma coisa que estão exigindo da OAS- Grêmio?

          Talvez nem fosses nascida, mas te informa antes de meter o pau, não fez nada, ao contrário, invadiu área de marinha, quase à beira do Lago Guaíba
          e depois aterraram o resto. As contra-partidas? Favelas e lugares pra as outras coisas que incomodam os moradores da redondeza até hoje.

          Agora terá mais obras viária e estacionamento de graça, sem falar na própria reforma, dinheiro público do banco laranja do PT vermelho, mas um dia a casa cau, este partido vai cair, a máscara dele está no limite, ninguém engana para sempre.

          É claro que querem encomodar o clube, se não não estariam fazendo isto.

          Talvez cobra mandada dos mesmos políticos e magistrados anônimos que
          talvez tenham “influenciado” a desembargadora, afinal após indeferir o “HABEAS CURPUS” de um torcedor, 72 horas ela deferiu a toque de caixa, sem o julgamento do mérito e sem sequer visitar o estádio, foi na pressão destes mencionados, que ficam no anonimato, ou quem sabe ela, esposo ou família são colorados, não sei, primeiro indefere, só para “inglês ver” e depois libera pro dodói da presidente Dilma.

          Por mim que liberem de vez e acabem com esta palhaçada, se alguém morrer será colorado que foi mais do que avisado, ninguém pode entrar num prédio em demolição.

          Aí “guria brigando”, quando a gente tem telhado de vidro é bom pensar mais de mil vezes antes de jogar pedras no telhado do vizinho. Sudações!

          Curtir

        • Pois é, a mesma vereadora que estava insuflando os moradores da região da futura Av. Tronco para impedirem a criação dessa importante avenida, domostrando que a coisa é ideológica e não futebolística.

          Curtir

  3. Vamos ser claro: quem deveria ter investido no saneamento do bairro, na melhoria das ruas e na urbanização das favelas da região do Humaitá, por décadas, E NÃO O FEZ, é o Poder Público.

    E, se o MP acha que uma empresa privada que está investindo na região, (coisa que a Prefeitura não faz) deve assumir todos os problemas do bairro, então ela também tem direito de cobrar os impostos dos moradores, como contrapartida, pois o Poder Público já perdeu sua razão de existir.

    Curtir

    • julião faz parte doutra grenalização, aquela que ainda vive da guerra fria e acha que tem que nos catequizar.

      Curtir

      • Essa, pelo menos, é uma discussão boa (que, aliás, deveria ser mais feita): qual é o papel e as funções do Estado e qual é o papel e as funções das empresas. Mas eu não tento catequisar ninguém, isso é coisa de partido político, apenas exponho meus pontos de vista.

        Curtir

  4. Tambem nao entendi o porque desse mimimi todo. Melhor pro Gremio e pra cidade se obrigarem a OAS a melhorar o entorno.

    E o outro, ali em cima, deve ter acordado do coma faz pouco, esse teu video nao mostra nada alem do que uma cidade de terceiro mundo haveria de ter: papeleiros, bueiros entupidos, pixacoes, etc. Tava esperando ver algo novo e surpreendente, tipo mendigos cagando no meio da Rua da Praia, ou coisa que o valha.

    Curtir

    • Por que um empresa privada deveria assumir as responsabilidades que são do Poder Público?

      Curtir

      • Porque as grandes empresas tem o dever e a responsabilidade de ajudar no desenvolvimento das regioes onde estao inseridas e de onde tiram seus fartos lucros. Nao e’ favor, e’ dever. Especialmente em paises pobres, como o Brasil.

        Curtir

        • Claro, porque os impostos que elas pagam ou geram só servem para pagar salários de marajás para servidores públicos, afinal temos uma estrutura estatal que existe por si mesma.ç

          Curtir

      • Pra mim, a responsabilidade social de uma empresa está pagar todos os impostos (que não são poucos e baratos) e bons salários aos seus servidores, e principalmente obter LUCRO, para poder continuar existindo e movimentando a economia através de novos investimento.

        Curtir

  5. Acho que o MP preferiria que nada tivesse sido feito naquela área degradada da cidade. Seria muito melhor para o meio ambiente a preservação da favela e dos terrenos baldios ocupados por moradores de rua até então existentes. O que não se faz para aparecer.

    Curtir

    • eterna grenalização.

      Curtir

      • Verdade. Triste. O cara lê uma notícia e começa a meter o pau, como se fosse uma ação contra o seu time ou para atrasar sua conquista. A OAS vai ganhar rios de dinheiro. O mínimo que deve fazer é compensar os efeitos da obra para os moradores da região. E isso não vai prejudicar o Grêmio. Ponto.

        Curtir

        • Os moradores da região ja vão ganhar rios de dinheiro só com a valorização dos imóveis deles.

          Curtir

      • Grenalização é dizer que alguém está prejudicando meu clube só porque torce para o outro.

        Curtir

      • E eu estou dizendo que os promotores do MP querem “tirar mais umas lasquinhas” da OAS, porque tem uma visão que empreender é feio e obter LUCRO é sacrilégio.

        Curtir

    • A OAS vai ganhar rios de dinheiro, os moradores vão ganhar rios de dinheiro, com a volorizaçao de seus imóveis, e a Prefeitura, e outros arrecadadores públicos, vão ganhar rios de dinheiro com o aumento de impostos, geração de empregos que por sua vez geram mais impostos; MAS SÓ UM DESSA TURMA INVESTIRÁ E CORRERÁ RISCOS, e o MP vem falar em compensações para os moradores do entorno.

      Me desculpa, mas isso não tem nada a ver com grenalização, e sim com um visão anti-empreendedora, que espanta investimentos e trata as pessoas como coitadas.

      Curtir

  6. Mas as compensações não deveriam ter sido previstas antes de liberar o inicio das obras, pois conforme elas forem seria melhor fazer o estádio em outro lugar, já que causa tanto mal aos moradores do bairro?

    Curtir

    • Sim, antes de começarem as obras tudo já foi feito pra conseguir a licença ambiental, inclusive previsão das compensações. Só que agora o MP resolveu rever os valores.

      Curtir

  7. Esse…….. deveria se preocupar com os poluidores do rio gravatai, e nao com uma das obras mais FANTASTICAS ja construidas em POA. ele esta consiguindo os CINCO MINUTOS DE FAMA. E pensar que a GENTE paga o salario desses incompetentes sem noçao…..

    Curtir

  8. To vendo que a OAS (e o Grêmio) vão tomar levar uma pesada agora..

    Curtir

    • Que grande coisa pode acontecer?

      Vão pedir algo, OAS vai reclamar e dizer que é exagero, vão brigar, vai sair uma decisão final daqui alguns meses (?), a OAS vai gastar um dinheiro de forma ineficiente, a população reclama, e segue a vida.

      Ademais, pra quem tá investindo R$1,2 bilhões no estádio e em empreendimentos do lado, dificilmente vai ser algo muito relevante, apesar que certamente vão chiar com qualquer 7 Belo que precisem dar de contrapartida.

      Curtir

%d blogueiros gostam disto: