Gravataí vai ganhar o maior edifício do Estado Prédio com 42 andares será construído junto ao complexo do Shopping Gravataí

Prefeito Acimar Silva (E) recebe presidente do M.Grupo, Lorival Rodrigues

O M.Grupo, empresa responsável pela construção do Shopping Gravataí, vai construir, no município, o maior prédio do Rio Grande do Sul. O anúncio foi feito na manhã desta sexta-feira (6) durante encontro do diretor presidente do M.Grupo, Lorival Rodrigues, com o prefeito Acimar Silva e com os secretários de Governo, Luiz Zaffalon, e de Planejamento, Cláudio Santos. O empreendimento, que integrará o complexo do Shopping Gravataí, na Avenida Centenário, terá 42 andares e abrigará 277 conjuntos comerciais, divididos em corporate e Office.

O prédio terá também um heliporto, oito elevadores de alta velocidade e estacionamento. O edifício contará com conjuntos comerciais duplex, considerado o grande diferencial do investimento, conjunto comerciais com sacada, pé direito duplo, academia de ginástica integrada ao empreendimento, quatro salas de reuniões coorporativas e um restaurante panorâmico no 42º andar. “Ainda não está definido se será um restaurante ou um café”, explicou o diretor-presidente do M.Grupo.

“Mudanças significativas vêm ocorrendo em Gravataí nos últimos meses com o aporte de grandes investimentos. Vários empreendimentos estão sendo construídos aqui, entre eles o Shopping Gravataí, que também é uma iniciativa do M.Grupo. A população está de parabéns. São ações como essa que elevam a autoestima dos gravataienses”, comentou o prefeito.

Shopping

O Shopping Gravataí terá, em sua primeira etapa, 32 mil metros quadrados de área construída e 23 mil metros quadrados de área bruta locável. Serão 160 lojas comerciais com três grandes âncoras, praça de alimentação completa, praça de serviços, cinco salas de cinemas, sendo que duas delas serão em 3D e 1.400 vagas de estacionamento. O empreendimento irá gerar mais de 4 mil vagas de emprego, entre diretos e indiretos.

Com investimento de aproximadamente R$ 300 milhões, o empreendimento vai oferecer um mix completo de compras, serviços, entretenimento, cultura, lazer e gastronomia. Junto de tudo isso, na área que contempla 10 hectares, será construído um complexo econômico e habitacional com três torres residenciais, duas comerciais (onde terá um centro clínico), e um hotel de 130 apartamentos, que vai ter a bandeira InterCity.

Lançado em dezembro de 2011, Shopping Gravataí será inaugurado em abril de 2013, quando o município estará completando 250 anos de fundação.

Gabinete do Prefeito de Gravataí

Anúncios


Categorias:Arquitetura | Urbanismo, Arranha Céus

Tags:, , , ,

46 respostas

  1. Fosse em Porto Alegre, mandariam construir 4 torres de 10 andares. Porto Alegre é a cidade da regressão.

    Curtir

  2. o desenho é diferente, ´legal,ao contrario dos desenhos dos arquitetos gauchos, só caixotes…parece que no sul só se segue a escola russa de edificios. parabéns a gravata

    Curtir

  3. Porto Alegre poderia seguir o exemplo. Precisamos de um landmark, um skyscraper com assinatura. Sonho meu…

    Curtir

  4. As pessoas cunfundem investimento privado com investimento do governo. O que tem a ver a construção de um edifício, por uma construtora PRIVADA, com os hospitais da cidade??? Será que o IPTU que esse edificio irá gerar poderia beneficiar o municipio? Já pensou nisso?

    Curtir

  5. por favor !
    precisamos de respeito pela saúde do povo de Gravataí .Vergonhoso e nada de Auto estima.Se fosse a melhor Saúde do Estado do Rio grande do Sul tudo bem. Bem se vê que dinheiro não é o problema ,pois um investimento desses vai gastar bem mais é claro!

    Curtir

  6. Inveja de Camboriú? Só se for do mar, pq chega a ser ridículo achar aquele caos mal projetado e de prédios altos e feios agradável. Porto Alegre podia sim ter uma zona especial com autorização pra arranha-céus, mas esse aí de Gravataí me parece que vai ser desconexo com a cidade que não tem prédios altos, enfim, meio que só pra se aparecer e chamar gente pro shopping

    Curtir

  7. Que inveja de ti, Gravataí.

    Curtir

  8. Qual a porcentagem de turistas que tira fotos de prédios altos para impressionar ou curtir depois, conhece ou sabe algo de arquitetura? Eu modéstia a parte tenho bom gosto, reconheço que muitos prédios altos de BC são feios, mas de longe no skyline se tornam lindos, tanto ao vivo quanto nas fotos, e quanto ao sol que depois das 15hs não aparece mais, pergunte aos moradores desses mesmos predios e turistas se estão preocupados com isso, se fosse, iriam procurar outras praias sem prédios altos que ficam nas proximidades. A inveja de BC está muito flagrante aqui, até saiu do foco do post…

    Curtir

  9. Parabéns para Gravataí! Já que aqui em Porto Alegre esse plano diretor burro não permite a construção de prédios altos. Porto Alegre não quer ser uma cidade grande, quer continuar michuruca!

    Curtir

  10. Qual a restricao em gravataí? Alguem sabe dizer?

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: