Trend City Center – andamento das obras (atualizado)

Um dos mais interessantes empreendimentos de Porto Alegre nos últimos anos continua em obras na Av. Ipiranga com Av. Borges de Medeiros.

Foto do dia 30 de julho – segunda-feira.

Fotos do dia 26 de julho de 2012 – quinta-feira.

Autor das fotos: Felipe X

Pra quem não se lembra, o Trend City Center é este complexo de 3 torres, ao lado do novo Foro Central e do Edifício da Ipiranga.  A torre central terá 27 andares. As outras duas, 22 andares.

O Trend City Center ganhouo prêmio máximo da construção civil do Rio Grande do Sul, em 2010, quando foi lançado.

TOP DE MARKETING ADVB RS CONSTRUÇÃO CIVIL 2010

Depois de conhecer o que há de mais moderno nas grandes metrópoles do mundo, a Maiojama traz a Porto Alegre um novo conceito em empreendimentos imobiliários. A multifuncionalidade é a tendência que inspirou a criação do Trend City Center, empreendimento inédito no Rio Grande do Sul, composto por duas torres comerciais e uma residencial, além de um mall boutique com mais de trinta operações, estacionamento com capacidade superior a mil veículos e um mix de serviços exclusivos. Experiência, olhos abertos para o mundo, capacidade empreendedora, estilo. Somente a Maiojama, incorporadora que reúne todas essas qualidades, poderia implantar em Porto Alegre um empreendimento tão inovador como o Trend City Center.

O prêmio foi ganho principalmente pelas sua sustentabilidade:

O Trend City Center prima pela sustentabilidade e pelo uso inteligente dos recursos.

• Elevadores com energia regenerativa;
• Fachadas com vidros duplos e reflexivos (condicionamento térmico adequado) que deixam passar a luz e refletem o calor diminuindo o consumo de energia para melhor climatização;
• Sistema de ar-condicionado tipo split system para economia de energia (acionamento por setor);
• Piscina com aquecimento solar;
• Torneiras com fechamento automático nas áreas comuns;
• Bacias sanitárias com sistema dual flush para maior economia de água;
• Acionamento automático de luzes através de sensores nas áreas comuns;
• Medição individual de água e gás na torre residencial;
• Uso de madeira certificada;
• Sala para coleta seletiva de lixo.

Mais imagens:



Categorias:Arquitetura | Urbanismo, Arranha Céus, Prédios

Tags:,

59 respostas

  1. um espigão que vai matar todos os passaros do mundo e vai causar o fim dos tepos em Porto Alegre.

    Agora sobre o assunto de obras, vi maquinas trabalhando no terreno onde vão fazer um hotel proximo da rodoviaria…

    • Ou melhor: um espigão pros ricos.

      Não tem uma lei que proíbe prédios altos perto do Guaíba?

      • Pior que os pobres de grana, só mesmo os pobres de espírito.

      • Não, não existe esta lei. Então você é mais um daqueles que não quer construções na orla ou próxima dela ao menos? Deve estar no mínimo no Blog errado…

      • Nada a ver. Só não acho legal que a orla seja usada por poucos, ou seja, quem tem o poder aquisitivo pra entrar nesse prédio. Dá pra pensar em usos muito melhores pra esse espaço.

        Mas não acho legal prédio altos perto da orla, por estética mesmo. Acho aquele prédio colado no Praia de Belas terrível de feio.

      • Fernando, o terreno não é público. Não vivemos numa nação comunista em que o estado faz o que quer com as áreas da cidade. O terreno tem dono, e era a Maiojama. O terreno não está na orla. Ainda existe o novo Foro Central mais perto do Guaíba do que estas torres e ele tem 22 andares. Já não chega a implicância com o Pontal do Estaleiro? Se Deus quiser vai sair um belíssimo empreendimento no local do Estaleiro Só, apenas não terá prédio residencial.

      • São pensamentos como esse do Fernando que estagnaram Porto Alegre e tornaram nossa orla abandonada e morta.

      • Acho que na página principal do blog deveria haver um aviso que ele é apenas para quem não se enquadra em “um daqueles que não quer construções na orla ou próxima dela ao menos”. E ainda acusam quem não concorda de xiitas. Coerência, a gente não vê por aqui.

      • Cara, estes prédios nem são NA orla, são apenas próximos…

      • Pois é. Nem são na orla. O que é lavagem cerebral destes caras que falam isso …meu Deus!

      • Tem uns 400000 metros de orla na frente dele..
        haha

        Mas tudo bem, bora fazer um espigão para os pobres, com 100 metros de altura, 50 de largura, bem basico, tipo os prédios da bento… haha…

        Estranho qeu favela na orla pode… ops, vila de pescador

      • Fernando Pavao, a praia do Cassino tem muitos quilometors de orla livres de construcao.

        O pontal ia ser publico e foram contra porque sao burros. Nao me venha com papo natureza e bicicleta, aposto que mal passa na area.

      • Mateus Berg: então devíamos entregar a orla toda pro setor privado, por altas quantidades de dinheiro e deu? Discordo disso.

        Sei que minha opinião não ficou bem explícita no primeiro comentário, mas não achei que ia dar tanto rebuliço. Minha opinião é: vamos usar a orla de forma pública, e não apenas privada pra pessoas endinheiradas. Também não quero dizer que não quero comércio ali, mas que seja feito de forma regulada e pro público geral.

        Enfim, não concordo que foi o pensamento de pessoas como eu (ou como quer que tu achou eu fosse) que estagnaram Porto Alegre, mas sim a falta de vontade geral, a burrice dos governates e a ignorância da população.

      • Já vi que o pessoal me tachou de xiita por aqui, então…

        Tá bom, vamos privatizar toda essa orla e fazer logo uma segunda balneário camboriú por aqui. Vai ficar lindo.

      • Quando não se tem argumentos, fala-se exatamente como tu estás falando Fernando. Ninguém aqui em sã consciência quer uma Camboriu em Porto Alegre. Outra coisa, ninguém vai privatizar a orla. Este terreno destas torres já era privado há muito tempo, assim como o terreno do Pontal do Estaleiro. Se você tivesse um terreno na Borges ou na Praia de Belas, iria liberá-lo pra prefeitura fazer mais um parquinho pros marginais passearem e comercializarem drogas ? Ou ia querer usar da maneira que você achasse melhor? É isso que os PROPRIETÁRIOS dos terrenos em questão estão fazendo. Alô! Porto Alegre! Brasil ! Não estamos na Albânia ou na Coréia do Norte. Nem em Cuba. Acorda tche!

      • Gilberto: acho que temos uma falha grave na comunicação. Pra mim parecia que tu queria encher tudo de prédio. Pra ti parece que eu quero uma cuba aqui.

        Então, é nenhum nem outro. Realmente, esse prédio aí não está NA orla, mas próximo dela. Não cabe a mim julgar se tá certo ou errado. Só acho que não é o melhor uso. Não acho que seja a melhor coisa fazer um prédio de escritórios perto do rio. Penso que uma orla tão legal devia ser mais pra lazer e convivência. Não com apenas com parquinhos desertos habitados apenas por crackeiros, como é agora.

        Deve haver um meio termo entre escritórios de alto custo e crackolândia.

        Sobre a lei que eu mencionei antes, realmente achei que existia. Não sei porquê…

      • Tudo bem Fernando. Mas considera o seguinte: a nossa orla, a orla de verdade, está prestes a ser revitalizada (Deus queira). Do Gasômetro até o BarraShopping num belíssimo projeto (há quem não ache) que não prevê edificações. Pois bem. Mas também há uma série de terrenos PRÓXIMOS à orla que são privados. Como estes 2 exemplos ja citados. Então, não devíamos ter medo destes prédios mais altos que estão surgindo, inclusive o Foro Central, com seus 22 andares. Nenhum deles está na orla propriamente dita. A orla do Guaíba continuará para usufruto da população de Porto Alegre. Em relação a este complexo de 3 torres, acho muito, mas muito bonitos mesmo. Vai haver uma valorização do visual da cidade nesta área. Não quero de jeito nenhum que surja uma Camboriu por aqui. Mas um que outro prédio moderno, a valorizar a cidade, faz bem pra qualquer metrópole de 4 milhões de habitantes, inclusive Porto Alegre. Acrescento uma coisa: seria muito MESQUINHO da nossa parte se ficarmos com despeito devido ao tipo de público que vai ocupar aqueles prédios. Isso não interessa à nós. Nem interessa à cidade em si. Eu não teria condições de morar ali ou ter um escritório ali. Mas felizes das pessoas que vão poder ter. O que interessa a cidade é que está ficando mais bonita. Com toda a certeza,

      • Fernando, eu não quero Balneário Camboriu ou nada bizarro que o valha. Eu quero uma Orla valorizada. Fiquei chocado ao ver essas fotos aqui, olha só: http://img387.imageshack.us/img387/7109/luanda291us.jpg http://static.flickr.com/6/10742883_4a4be37b30.jpg
        Bonito? Bem cuidado? É LUANDA, na ANGOLA! Enquanto isso, em Porto Alegre, se barra todo tipo de investimento privado. Sou a favor da qualidade.

      • Só pra enriquecer o debate: MAIOJAMA significa MAurício + IOne + JAime + MArcos (Sirotksy, claro).

        Talvez nem todo mundo aqui saiba…

      • @Enrico: se tu me disser que é contra a obra só pela construtora, vou ter que dizer que é muita burrice, me desculpa. Ignora o que eu disse caso contrário.

    • Também vi Guilherme. Assim que der vou tirar umas fotos lá e informar no Blog. Parece que está começando mesmo as obras do hotel.

  2. Três prédios de vidro configurarem “um dos mais interessantes empreendimentos de Porto Alegre nos últimos anos” é sinal de que estamos mesmo muito mal.

    • Não fomos nós que demos o Prêmio ADVB da Construção Civil 2010, em razão da suas características arquitetônicas e pela sua sustentabilidade.

      Do site oficial do prédio:

      O Trend City Center prima pela sustentabilidade e pelo uso inteligente dos recursos.

      • Elevadores com energia regenerativa;
      • Fachadas com vidros duplos e reflexivos (condicionamento térmico adequado) que deixam passar a luz e refletem o calor diminuindo o consumo de energia para melhor climatização;
      • Sistema de ar-condicionado tipo split system para economia de energia (acionamento por setor);
      • Piscina com aquecimento solar;
      • Torneiras com fechamento automático nas áreas comuns;
      • Bacias sanitárias com sistema dual flush para maior economia de água;
      • Acionamento automático de luzes através de sensores nas áreas comuns;
      • Medição individual de água e gás na torre residencial;
      • Uso de madeira certificada;
      • Sala para coleta seletiva de lixo.

      • Ou seja, ele é green, mas a arquitetura dele é bem pasteurizada. Acho que foi isso que ele quis dizer.

      • Exatamente. Ser sustentável (ou se dizer sustentável) não diz nada sobre a estética de um edifício e qualificar um projeto como interessante sem considerar sua estética não me parece adequado.

      • Mais: essa premiação da ADVB é chamada Top de Marketing, não por acaso, afinal, o que ela avalia é marketing, não projeto arquitônico. Além disso, a premiação não é específica para um projeto, mas sim para a atuação da empresa durante o ano da premiação.

  3. Hoje pela manhã vi uma movimentação também naquele terreno da mauá onde vai ter um hotel.

  4. Estas fotos são do dia 26, agora já tem mais um andar.

  5. Pena que vou perder aquela vista pro Marinha e pra orla enquanto uso o mictório aqui no trabalho haha

    • Um crime, a orla não pode ser vista apenas por proprietarios endinheirados de mictorios de primeira…

      sahuashushuasuah

      • Eu sei que ser engraçadinho dá uma satisfação imediata, mas daí acaba falando bobagem assim. Enfim, acho que a IBM, que está perdendo a vista, não é pobrezinha.

      • falei brincando contigo meu velho…

        mas que o prédio do teu trabalho atrapalha a vista de alguem, duvido que não atrapalhe, vão afzer o que?
        Mandar derrubar?
        haha

  6. Que maravilha, Porto Alegre, esta indo para frente, parabens ao povo de nossa cidade, parabens aos empreendedores e administrador do municipio, Abraco a todos….
    Para desespero dos contras e dos PETRALHAS…

  7. Só por curiosidade,quanto tempo mais ou menos vai levar para as tres torres ficarem prontas?

  8. To passando direto por la, a obra ta indo rapido…

  9. Bem interessante esse conjunto. A Borges é muito bacana. Poderiam aterrar (ou enterrar, sei lá) a fiação, não é mesmo?
    Deve ter muita gente que gostaria de amontoar os três prédios para ter um de 70 andares. Não sou contra edificações acima de 40, 50 andares; mas tem de ser muito bem feito, muito bem pensado, pontual, sem os exageros patéticos que verificamos Brasil afora. Até porque um espigão cafona é uma verdadeira tragédia. E o Brasil está cheio deles.
    Mas muito bom esse conjunto. Vai valorizar ainda mais a região. E, sinceramente, não tem nada a ver com a orla. Tem muito mais a ver com a área central da cidade e a sua densidade. Esses prédios cabem perfeitamente ali. Aliás, essa região já é cheia de espaços públicos (vastos espaços públicos, diga-se).

    • Mas ali é praticamente o centro da cidade, porem, uma area com terrenos, e que pode ser bem aproveitada, ja que no centro praticamente não existem terrenos, os poucos que tem, são pequenos..

      • Exatamente isso que eu escrevi.

      • pensei que tu tava criticando por ele ser proximo da orla, e não no centro, sendo que fica praticamente nos dois locais.. haha
        Desculpa por não ter entendido..

      • É que eu me referia a um comentário acima quando disse que os prédios não tinham relação com a orla mas com a região central. Ficou confuso mesmo.

  10. Ao invés de 3 torres, poderia fazer apenas 1 única torre de mais de 70 andares, seria mais imponente e bonito!

  11. O empreendimento se diz sustentável e não tem sistema de reaproveitamente de água, que é baratíssimo quando se faz na construção. Que lixo! Essa construtora não é da RBS?

    Pra mim uma orla decente é a de Montevidéo. Até pode ter espigão, foda-se, mas a orla tem que ser pública, ter um calçadão, ciclovia…

  12. Acho muito bizarro como a orla entre a rodoviaria e Barra Shopping, gera polêmica, mas logo passando o barra, acaba ficando despercebido, lugar onde parece ser permitido favelas ( vila dos pescadores),condominios horizontais na beira do rio (Las Rocas e outros na Av. Coronel Marcos), além de grande parte da orla ter clubes inutilizaveis , região da Pedra Redonda.
    Não sou contra a construção de edificios na orla, desde que haja uma conexão com o todo, pode existir sim o privado e público num só lugar, como o projeto do Pontal previa, ed. residencias e comerciais, e no entorno um parque com decks para barcos,restaurantes.. mas existem pessoas ignorantes no assunto que não conseguem entender isso, se o resto do mundo pensasse assim, o que seria dos argentinos com seu Porto Madero,canadenses com Vancouver..

    • Sim, aquela Clave constrói na orla da Assunção até hoje… sem falar na privatização, quilo tudo vai ficar debaixo da água na primeira enchente.

  13. É um empreendimento muitíssimo bem vindo! Nem todos os edifícios da cidade precisam ser ousados e inovadores. O que eu primo é por uma arquitetura contemporânea e sustentável, com um ou outro edifícios destacáveis na paisagem para não tornar o panorama da cidade um carnaval. Prédios “cleans” são necessários, também. Esse coube perfeitamente no entorno.

  14. e NEM A PAU isso é orla, não vai fazer nem cosquinha no Guaíba! Orla pra mim é a faixa da avenida mais próxima da água até a margem, ou seja, nada ‘pra cá’ da Edvaldo Paiva é considerado orla por mim. Lembrando que o Pontal criaria uma nova rua na margem do Guaíba, aumentando o espaço construtivo, aproveitando o espaço abandonado e aproximando a cidade do lago. Infelizmente perdemos essa oportunidade. E pra um prédio fazer efeito no Guaíba precisa de, NO MÍNIMO, uns 70 m e estar bem perto do lago. E nem sempre fazer efeito é algo ruim.

  15. Tem gente que reclama da furia capitalista do pessoal da RBS, mas a realidade e’ que eles sao profissionais e a concorrencia, esta e’ formada por amadores. Seja no ramo jornalistico (Correio do Povo, isso e’ jornal?), televisivo (BandRS? Record?) ou imobiliario (Rossi, Goldztein e outras empresas varzeanas).

  16. Essa gente reclama de tudo, mesmo.

  17. Alguns vícios de pensamento de certas pessoas hoje em dia:
    • Prédios envidraçados são falta de criatividade do arquiteto.
    • Ruas são do mal e incentivam o uso do automóvel.
    • A bicicleta é a solução de todos os problemas de transporte em Porto Alegre.
    • Construções altas enfeiam a cidade, ainda mais se próximas do Guaíba.
    Entre outros.

  18. Esta parte do Guaiba foi aterrada pela Prefeitura, não contentes aterraram mais. Então a Prefeitura vendeu o aterro? Quando? Quando aterrou ou agora?. Tudo isso começou com o Colares…que permitiu a construção do primeiro prédio de apartamentos ali em frente ao Marinha…
    Como se discute o sexo dos Anjos neste Blog….

  19. Será que um deles vai ficar mais alto que o Forum? Fcaria mais imponente o visual principalmente para quem vem da BR290 de onde o Forum aparece muito bem.

  20. Pelos renders tive a impressão que os 3 tem a mesma altura, mesmo um tendo 27 andades, os empresariais teriam um pé direito mais alto que o residencial. Tomara que fique mais alto, o visual fica mais interessante. Acredito que o residencial é o que fica paralelo a Borges, tem um formato um pouco diferente, escalonado em cima.

  21. Os prédios estão quase prontos, pena a a especulação imobiliária, vale dizer, as revendas, que tem colocado os valores lá em cima!!! Fazer o quê, foram comprados e serão revendidas muitas das unidades por valores bastante altos. De fato o empreendimento é próximo à orla, não é na orla, houve alargamento da AVENIDA IPIRANGA e outras vias. No meu entendimento, mais bonito que o RDL, da Multipian, acho o verde daqueles prédios do Cristal horrível. Ah! E vi a orla bem cuidada de Luanda. Afinal, quando teremos uma orla com excelente calçadão, boa iluminação. Não entendi até hoje a obra descontínua da Avenida Beira Rio, onde a iluminação é estancada, a ciclovia é interrompida, e quem se arrisca a passear na beira do rio (ou lago)? Tá certo, a obra foi fatiada, mas deveria ter havido continuidade!!! E o Parque Marinha, que é uma penumbra à noite!!! Por fim, concordo que os prédios com pele de vidro tornam o empreendimento quente, não fazem prédios com sacadas e projetos arrojados, tipo os que se observa em Fortaleza onde os prédios tendem a ter espaço entre eles, não são todos quadrados, sei lá, acho o visual mais bacana. Etc etc.

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alteração )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alteração )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alteração )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alteração )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 6.169 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: