Novo modelo de sinaleiras em Porto Alegre?

O leitor do Blog e Jornalista Jonathas Costa envia esta imagem, já divulgada aqui e nos pergunta, após verificar  que no canto direito da imagem há um semáforo para pedestres bem “futurista”.

Será que este é o novo modelo de sinaleiras nas avenidas que receberão os BRTs?

Veja a imagem:

Imagem: Prefeitura de Porto Alegre



Categorias:Meios de Transporte / Trânsito

Tags:, , ,

28 respostas

  1. Concordo contigo, vivemos no país da lei de Gérson, levar vantagem em tudo.

    Educação e a palavra Brasil não combinam mesmo.

    O que vem dos políticos que governam, vem aquele ditado, “o exemplo vem de cima!”

    Não sei como enquadras “boa situação financeira”.

    Não basta trabalhar durante trinta ou quarenta anos ou mais neste país.

    No meu ponto de vista eles é que tem uma “baita boa condição financeira”, mordomias, 15º salário, 60 dias de férias por ano, isto quando vão pro trabalho, fora os auxílios viagens, compras de roupas, aluguéis, combustível, verbas para os gabinetes, em Brasília e em seus estados, etc.

    A melhor profissão para quem não está nem aí para uma boa conciência.

    Governam e legislam em causa própria, e “blindam”, quem eles querem.

    Fui buscar no dicionário esta palavra que está tão na moda, e achei interessante o significado mais abrangente de blindar: é proteger; resguardar; revestir, cobrir para que nada de mal aconteça. É uma “couraça” que usamos para nos cobrir contra qualquer ato externo que possa fazer dano.

    Assim os políticos corruptos, estão a salvo, de vez em quando cassam um para “inglês ver”, o “bode expiatório” deste ano foi o Demóstenes.

    Mas quantos outros estão envolvidos neste caso do tal Cachoeira e em outros passados e em quantos ainda à serem descobertos pela mídia?

    São farinha do memo saco, nenhum deles tem minha confiança, nenhum mesmo.

    Conheces aquela música, “..se cantar pega ladrão não sobra um meu irmão,…?

    Agora vão enrrolar e inventarão algo para desviar a atenção da população, afinal os Jogos Olímpicos terminarão, assim este país, com naquela frase do presidente francês Charles DE Gaulle, “o Brasil não é um país sério”, nunca foi tão atual, e ele mencionou isto há quase cincoenta anos atrás!

    Os magistrados então nem falo, além de vantagens semelhantes, tem nas mãos o poder sobre as leis e julgam segundo o que interessa-lhes.

    Quando pegam desembargadores e juízes fazendo maracutais, eles blindam também, e protegem igualmentecomo os polítiocs fazem , verdadeiro clube das elites!

    E o povo? Bem o povo que se dane!

    Os aposentados? Que danem-se mais ainda!

    Pra eles os aposentados são lixo.

    Basta ver como julgam os processos, agora vimos o acôrdo da Previdência e o Sindicato Nacional de Aposentados, os reajustes e créditos até 2022.

    Conheço pessoas que contribuiram com dez, vinte salários e agora recebem pouco mais de tres, ou seja, e quem contribuiu com um salário mínimo está recebendo reajustes quase tres vezes maiores que os mesmos!

    Que país é este?

    Em poucos anos quem contribuiu com mais receberá igual ou mas que com um salário mínimo!

    Estas distorções só para o povo do INSS, aposentadoria dos políticos , magistrados, militares, e funcionários públicos são atrelados, e assim temos duas classes distintas neste país.

    Fato que fere claramente a tal “Carta Magna dos Direitos Humanos”, todos são iguais perante a lei etc. toda baboseira, que aqui nesta terra brasilis é dar nôjo destes caras.

    Realmente os favelados, não sou um deles, mas eles tem “bons exemplos” a seguirem!

    Curtir

  2. Concordo contigo, vivemos no país da lei de Gérson, levar vantagem em tudo.

    Educação e a palavra Brasil não combinam mesmo.

    O que vem dos políticos que governam, vem aquele ditado, “o exemplo vem de cima!”

    Não sei como enquadras “boa situação financeira”.

    Não basta trabalhar durante trinta ou quarenta anos ou mais neste país.

    No meu ponto de vista eles é que tem uma “baita boa condição financeira”, mordomias, 15º salário, 60 dias de férias por ano, isto quando vão pro trabalho, fora os auxílios viagens, compras de roupas, aluguéis, combustível, verbas para os gabinetes, em Brasília e em seus estados, etc.

    A melhor profissão para quem não está nem aí para uma boa conciência.

    Governam e legislam em causa própria, e “blindam”, quem eles querem.

    Fui buscar no dicionário esta palavra que está tão na moda, e achei interessante o significado mais abrangente de blindar: é proteger; resguardar; revestir, cobrir para que nada de mal aconteça. É uma “couraça” que usamos para nos cobrir contra qualquer ato externo que possa fazer dano.

    Assim os políticos corruptos, estão a salvo, de vez em quando cassam um para “inglês ver”, o “bode expiatório” deste ano foi o Demóstenes.

    Mas quantos outros estão envolvidos neste caso do tal Cachoeira e em outros passados e em quantos ainda à serem descobertos pela mídia?

    São farinha do memo saco, nenhum deles tem minha confiança, nenhum mesmo.

    Conheces aquela música, “..se cantar pega ladrão não sobra um meu irmão,…?

    Agora vão enrrolar e inventarão algo para desviar a atenção da população, afinal os Jogos Olímpicos terminarão, assim este país, com naquela frase do presidente francês Charles DE Gaulle, “o Brasil não é um país sério”, nunca foi tão atual, e ele mencionou isto a quase cincoenta anos atrás!

    Os magistrados então nem falo, além de vantagens semelhantes, tem nas mãos o poder sobre as leis e julgam segundo o que interessa-lhes.

    Quando pegam desembargadores e juízes fazendo maracutais, eles blindam também, e protegem igualmentecomo os polítiocs fazem , verdadeiro clube das elites!

    E o povo? Bem o povo que se dane!

    Os aposentados? Que danem-se mais ainda!

    Pra eles os aposentados são lixo.

    Basta ver como julgam os processos, agora vimos o acôrdo da Previdência e o Sindicato Nacional de Aposentados, os reajustes e créditos até 2022.

    Conheço pessoas que contribuiram com dez, vinte salários e agora recebem pouco mais de tres, ou seja, e quem contribuiu com um salário mínimo está recebendo reajustes quase tres vezes maiores que os mesmos!

    Que país é este?

    Em poucos anos quem contribuiu com mais receberá igual ou mas que com um salário mínimo!

    Estas distorções só para o povo do INSS, aposentadoria dos políticos , magistrados, militares, e funcionários públicos são atrelados, e assim temos duas classes distintas neste país.

    Fato que fere claramente a tal “Carta Magna dos Direitos Humanos”, todos são iguais perante a lei etc. toda baboseira, que aqui nesta terra brasilis é dar nôjo destes caras.

    Realmente os favelados, não sou um deles, mas eles tem “bons exemplos” a seguirem!

    Curtir

  3. Educação e Brasil não combinam, são duas palavras que não cabem na mesma frase.

    No dia a dia tu ve isso…

    Aqui no meu trabalho vejo gente com orgulho de fazer gato na luz… acha lindo morar na favela e folga em quem estuda e tem condições.

    Sofro com isso todos os dias, por fazer faculdade e ter pais formados com uma boa condição financeira.

    Curtir

    • Concordo contigo, vivemos no país da lei de Gérson, levar vantagem em tudo.

      Educação e a palavra Brasil não combinam mesmo.

      O que vem dos políticos que governam, vem aquele ditado, “o exemplo vem de cima!”

      Não sei como enquadras “boa situação financeira”.

      Não basta trabalhar durante trinta ou uarenta anos neste país.

      No meu ponto de vista eles é que tem uma “baita boa condição financeira”, mordomias, 15º salário, 60 dias de férias por ano, isto quando vão pro trabalho, fora os auxílios viagens, compras de roupas, aluguéis, combustível, verbas para os gabinetes, em Brasília e em seus estados, etc.

      A melhor profissão para quem não está nem aí para uma boa conciência.

      Governam e legislam em causa própria, e “blindam”, quem eles querem.

      Fui buscar no dicionário esta palavra que está tão na moda, e achei interessante o significado mais abrangente de blindar: é proteger; resguardar; revestir, cobrir para que nada de mal aconteça. É uma “couraça” que usamos para nos cobrir contra qualquer ato externo que possa fazer dano.

      Assim os políticos corruptos, estão a salvo, de vez em quando cassam um para “inglês ver”, o “bode expiatório” deste ano foi o Demóstenes.

      Mas quantos outros estão envolvidos neste caso do tal Cachoeira e em outros passados e em quantos ainda à serem descobertos pela mídia?

      São farinha do memo saco, nenhum deles tem minha confiança, nenhum mesmo.

      Conheces aquela música, “..se cantar pega ladrão não sobra um meu irmão,…?

      Agora vão enrrolar e inventarão algo para desviar a atenção da população, afinal os Jogos Olímpicos terminarão, assim este país, com naquela frase do presidente francês Charles DE Gaulle, “o Brasil não é um país sério”, nunca foi tão atual, e ele mencionou isto a quase cincoenta anos atrás!

      Os magistrados então nem falo, além de vantagens semelhantes, tem nas mãos o poder sobre as leis e julgam segundo o que interessa-lhes.

      Quando pegam desembargadores e juízes fazendo maracutais, eles blindam também, e protegem igualmentecomo os polítiocs fazem , verdadeiro clube das elites!

      E o povo? Bem o povo que se dane!

      Os aposentados? Que danem-se mais ainda!

      Pra eles os aposentados são lixo.

      Basta ver como julgam os processos, agora vimos o acôrdo da Previdência e o Sindicato Nacional de Aposentados, os reajustes e créditos até 2022.

      Conheço pessoas que contribuiram com dez, vinte salários e agora recebem pouco mais de tres, ou seja, e quem contribuiu com um salário mínimo está recebendo reajustes quase tres vezes maiores que os mesmos!

      Que país é este?

      Em poucos anos quem contribuiu com mais receberá igual ou mas que com um salário mínimo!

      Estas distorções só para o povo do INSS, aposentadoria dos políticos , magistrados, militares, e funcionários públicos são atrelados, e assim temos duas classes distintas neste país.

      Fato que fere claramente a tal “Carta Magna dos Direitos Humanos”, todos são iguais perante a lei etc. toda baboseira, que aqui nesta terra brasilis é dar nôjo destes caras.

      Realmente os favelados, não sou um deles, mas eles tem “bons exemplos” a seguirem!

      Curtir

  4. Muito bonitinho etc., mas na prática, funcionará?

    Falam tanto nestes tais BRTs como fossem coisa de primeiro mundo!

    Será que temos que à Europa pra ver VRTs, bondes e trens para tomar banho de civilidade em trânsito de primeiro mundo?

    O problema é que custa muito ir pra lá, sópra rico!

    Este assunto já deu!

    Quem usufruiu de uma viagem de bonde e trem, curtiu e ficou na saudade!

    Não falo de Trensurb, falo dos trens de verdade, que mataram há mais de quarenta anos!

    Brasil, país sempre do futuro, um futuro que nunca acontece.

    Vemos nos jogos Olímpicos, olhem quanto bronze, somos bronzeados por natureza!

    Dourados, só os de primeiro mundo.

    Quando um atleta que reside no exterior vence um ouro fazem carnaval!

    Os políticos querem sair na foto junto com ele, etc. que país é este? Precisa dizer?

    Curtir

    • Ricardo, quando entrei na Escola (1960) a Professorinha Alcy (colégio franciscano) me ensinou, no Caderno de Caligrafia, a escrever: “Brasil, país do futuro” e “Brasília, a nova capital”. Foram-se décadas! O Futuro não chegou, Brasília, já é anciã e enricou muitos… e eu? … deixa prá lá… Da Patagônia ao Negev, do Jacuí ao Oder, conheci países e comparei com o nosso, e vinha a velha pergunta: porque lá, não funciona? Minha esperança é VOCÊS… Mas, como Maragato que sou… eu não me entrego!

      Curtir

      • Caro Carlos.

        Concordo contigo, porque no teu raciocínio fechou com o meu.

        Mas a professora não era boa no português, “minha esperança “é” vocês?”
        (medo), no plural não seria “são vocês?”

        Talvez por isto nosso país não vai pra frente, de cara, nosso ensino básico e médio, se for público está neste nível em muitos lugares, “é vocês!”,? nada contra tua redação, se foi ela que errou a conjugação!Bah tchê!

        Abraço!

        Curtir

        • Pô, Jovem, essa eu vou levar pro Prof. Paulo Flávio Ledur, na próxima Feira do Livro, já (espero) com a ‘praça reformada’! Mas, ao escrever pensei fazer a concordância: “minha esperança (ela – singular – a esperança é…). Mas…, você é…, ou vocês são…, minha esperança… SIM! De mim, OS IMPOSTOS TIRARAM MILHÕES EM DÉCADAS, e pouco foi feito! Multiplique isto por oitenta, noventa, cem milhões – e você terá ideia do ROMBO, cometido contra cada brasileirinho (que eu insisto em chamar de cidadão)… pelos governos de DIREITA ou ESQUERDA…

          Curtir

        • Ricardo é verdade, nossa educação é falha mesmo! Eu poderia enumerar os erros no que tu escrevestes, mas gostaria mesmo de salientar a falta de elegância ao espezinhar o argumento do colega em cima de um erro tão bobo. Achei idiota essa tua atitude. Mas, deixa pra lá.

          Curtir

        • Ô Mateus! Não entendestes nada!

          Ele está certo! Não espezinhei ninguém ,se ele entendeu iso, peço deculas pra ele, nunca gostaria de ser humilhado, assim não foi esta minha intenção.

          Falei foi erro da PROFESSORA!

          Com base no erro DELA, aproveitei para mencionar como anda o ensino para os pobres neste país.

          Vistes as reportagens das salas de aulas a chão batido, sem janelas?

          Por quê?

          Muitíssimas escolas primárias em muitos lugares no Norte e Nordeste são emprovisadas embaixo de um telhado sem sequer ter paredes.

          Imaginas um estacionamento com telhas de zinco, uns bancos pra sentar e uma professoara, por mais esforçada, ganhando como citou a reportagem da época pouco mais de R$ 120,00, bem menos que um salário mínimo da mesma época.

          Sem diploma, doava o que sabia, uma heroína, ensinando crianças que saiam de madrugada, percorriam mais de vinte kilômetros a pé, e muitas vezes descalsos.

          Esta é a realidade que eu quis mencionar, mas sem querer ofender ninguém.

          Antes de atribuir má intenção à alguém pergunte o porque do comentário, para depois criticar ou julgar alguém, aliás isto é muito fácil, rotular alguém, e como neste caso sou eu, esta é a minha defesa.

          Mas na paz, sem ressentimentos e um abraço!

          Curtir

  5. Obsolescência planejada nas ruas da cidade também dá frutos!

    Curtir

  6. Sinaleira pra pedestre é inutil.

    Agora que trabalho no centro descobri isso..
    haha

    Ok, em varios lugares é util sim, mas no centro não é.

    Esses dias quase vi uma lotação atropelar um carrinho de bebê por que o amado pai e a amada mãe da criança resolveram correr quando o sinal abriu para os carros.

    Por sorte o motorista da lotação viu a tempo, foi por muito pouco, me deu até um frio na espinha…

    Que raiva que me da, eu dirigindo (ao contrario do que sou a pe) tento esmpre respeitar o pedestre, paro na faixa e tudo mais, mas eles não me respeitam, e isso ta me fazendo pegar uma raiva absurda deles.
    Esses dias quase atropelei uns quantos em baixo do camelodromo por que resolveram atravessar a rua sem mais nem menos, no meio de um cruzamento, nem faixa de esgurança tinha no lugar, sem mais nem menos se meteram.

    Outro dia vi um gurizão sair correndo no meio dos onibus, até os fiscais de transito ficaram louco com ele, um absurdo… no centro eu to pirando mesmo, se o cara não ameaça acelerar, as pessoas não respeitam ele e se jogam na frente do carro, ta louco.
    Esses tempos o sinal abriu pra mim, deixei um sr passar… e ai o resto do povo foi passando… e passando… e eu fiquei preso no meio do cruzamento, ai fechou o sinal pra mim e abriu pra outros… e quem disse que me deixavam passar? E dalhe onibus metendo a mão na buzina, e eu perso no meio da rua… ta louco.

    Ainda escutei piadinha do funcionario do banco…
    “passa por cima que funcionario do Bacen pode….”

    Que raiva…

    e sim, um desabafo.. sahuashushu

    Curtir

    • A falta de educação e noção das pessoas no centro é demais! Fora tudo isso que tu falou, ainda tem o fato deles irem “invadindo” a avenida, mesmo com o sinal aberto para os veículos. Ao invés de esparem na calçada, não, a galera tem que esperar o sinal fechar quase no meio da rua, onde os carros passam, como se tivessem pressionando os motoristas a pararem para eles, mesmo onde há sinaleira. Uma atitude tão banal, mas que acaba se tornando perigosa tanto para o pedestre quanto para o motorista. Não entendo essa gente.

      Curtir

      • Quando há semáforos para pedestres, eles ficam dois minutos e maio abertos para os carros e quinze segundos para os pedestres. E ainda tem que apertar um botão pra pedir licença.

        No Centro, onde há dezenas de pessoas para cada carro, a prioridade deveria ser invertida. Já pensou? “Motorista: aperte o botão e aguarde.”

        Curtir

        • Justamente sobre essa lógica de apertar o botão e aguardar é que eu estava pensando… Em todas as sinaleiras, as vezes está aberto para os carros há horas e ao apertar o botão tem que esperar mais de dois minutos para passar. Se já está aberta para os carros a bastante tempo, por que, ao apertar o botão não muda na hora para o amarelo? Pelo menos na Alemanha eu usei e é assim.

          Curtir

    • É exatamente este o motivo que os centros das cidades devem ser fechados ao trânsito de veículos particulares, a densidade de pedestre é muito grande. Os problemas surgem quando inverte-se as prioridades.

      Curtir

      • Sim, ai mata o centro.

        Onde eu trabalho, precisa dos veiculos pra isso, mas raramente usamos as ruas pequenas do centro, só as ruas que tem ao lado do camelodromo pra pegar a Mauá…

        O problema é que as pessoas se metem no meio de grandes avenidas mesmo, e não é apenas para caminhar, é pra atravessar… é uma coisa meio sem noção… eles cruzam os cruzamentos de uma forma incrivel… é cada coisa que eu vejo.

        Quando ando nas ruas pequenas, ando com calma, 20km/h justamente por que sei que alguem pode se atirar na frente, mas em plena avenida.. ai complica, quando passo sobre o camelodromo ja sei que algum louco pode pular na frente…
        Eu posso incomodar com esse esquema de carros, adoro carros, mas sou desgraçado com pedestres é quando eu to a pé, odeio gente lenta na minha frente, fico irritado mesmo… de carro eu ando na boa, apesar de gostar de correr, faço isso onde sei que da pra correr, não no centro da cidade. Mas ainda assim o cara ve cada coisa… vish…

        Curtir

    • Sim, existem pedestres E MOTORISTAS que não respeitam sinaleira. Mas isso não justifica teu argumento que “sinaleira pra pedestres é inútil”. Algumas poucas pessoas têm educação e esperam o sinal.

      Curtir

  7. Espero que façam sinaleiras que os pedestres consigam visualizar porque POA esta sendo construida para favorecer os motoristas de veiculos motorizados.

    Curtir

  8. Gostei… diferente..
    😀

    Eu prefiro sinaleira preta, acho mais estilera, e concordo, com contador de tempo.. haha

    Curtir

  9. Impressão ou no render elas estão perpendiculares a rua? Me dã a impressão que tâo apontando para o lado errado. Ou seja, totalmente ilustrativo, como provavelmente tudo nesse render 😛

    Curtir

  10. Acho que só no projeto mesmo que vai ser assim, pelo menos por enquanto para juntamente com os BRT’S não creio na realização disso só depois da copa. E até pelo custo ser alto por todas as avenidas a receberem os BRT’S são grandes e contém várias sinaleiras.

    Curtir

  11. Gosto das amarelas, é uma coisa simples que diferencia a cidade de todas as outras capitais do Brasil. Um amigo de São Paulo falou que adora as sinaleiras de POA porque lembram Nova Iorque e Buenos Aires.

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: