Obra do aeromóvel muda trânsito

Crédito: MAURO SCHAEFER

Para que fosse colocada uma viga da via elevada do aeromóvel de Porto Alegre, um trecho da avenida Severo Dullius, em direção ao Aeroporto Salgado Filho, foi interditado durante todo o sábado.

De acordo com a Trensurb, com a realização de obras na região, algumas mudanças foram feitas no trânsito. Entre elas, os motoristas tiveram que trafegar em sentido invertido na via.

Correio do Povo



Categorias:Aeromóvel

Tags:, ,

8 respostas

  1. Marcelo,

    A viga está sinalizada com a altura. Os caminhões estão irregulares, não podem trafegar com carga acima de 4,4m. De qualquer forma, a via não podia ser elevada naquele ponto além desta cota, pois logo adiante encontra-se a estação de embarque, que precisa estar nivelada com piso do check-in do Aeroporto. Estações não podem estar em rampa. Nada é por acaso.

    Curtir

  2. Observei uma jamanta parada em frente ao trilho do aeromóvel essa semana.
    O motorista estava em dúvida se a altura de sua carga passaria no vão.
    A preocupação parecia se justificar e eu também fiquei em dúvida.
    Parece-me que com a sua altura atual o vai tornar-se um transtorno para as empresas estabelecidas na Severo Dullius e na Av. das Indústrias.
    É clássico que nunca conseguimos fazer as obras como deveriam ser feitas.
    Com a possível justificativa de economizar centavos a obra vai causar tantos transtornos para a cidade quanto benefícios.

    Curtir

    • Cada motorista deve saber a altura de seu caminhao, e principalmente o limite de altura da carga. Isso esta previsto em lei. Quando a altura extrapola o limite previsto no codigo ele deve notificar as autoridades, que tomar~ao uma providencia. O aerom’ovel esta acima do limite imposto no codigo, portanto incopetencia do motorista ficar na duvida. ALGO ELE NAO FEZ CERTO!

      Curtir

    • Pelo menos o motorista parou quando ficou na dúvida. Pior uns que nem percebem que a carga não vai passar e acabam fazendo merda, como esses dias um que bateu na passarela nova da rodoviária.

      Curtir

      • Amigos, não se trata do motorista estar ou não certo, nem se a altura do trilho está de acordo com a lei. Trata-se de colocar um trilho baixo (ainda sem sinalização de altura) em uma região altamente industrial por onde cargas altas podiam circular antes. As indústrias já estavam lá, receberam seus alvarás de funcionamento e é bom para nós que elas funcionem. Há pelo menos duas transportadoras de grande porte na Av. da Indústrias. Terão eles que fazer enormes desvios porque o estado quis economizar?

        Curtir

        • Os caminhões não podem trafegar com carga acima de 4,4m. Se assim o fazem, estão errados. Ponto final. A altura do trilho está conforme a lei, e isso importa sim. O estado não quis economizar, e fez a obra levando em consideração o que é certo conforme a legislação. Não é culpa do Aeromóvel se é prática dos motoristas andar fora da lei.

          Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: