Antigo abrigo dos bondes passará por revitalização

Jornal Metro – Porto Alegre – 21/08/2012



Categorias:Arquitetura | Urbanismo, Patrimônio Histórico, Revitalização do centro

Tags:, ,

42 respostas

  1. Tenho história no abrigo onde trabalho a mais de 35 anos, onde alguns anos atrás tinham realmente muitos furtos nessa região de Porto Alegre, por isso comecei a participar do Orçamento Participativo e junto com a Prefeitura de Porto Alegre conseguimos colocar um posto da Brigada Militar no Abrigo, o que fez com que esses assaltos que haviam na região não aconteceram mais! Em relação as lancherias concordo com algumas criticas, mais não podemos generalizar, porque eu tenho muitos clientes que freqüentam a minha lancheria a mais de 35 anos com suas familias e sempre são bem atendidos e quando passam por ali nos procuram para lanchar. Nós estamos dispostos junto com a Prefeitura e SEBRAE a qualificar o atendimento e até mesmo nossos produtos que vendemos. Nesses anos todos que trabalho no abrigo atendemos todas as classes sócias que passam por aqui. E a missão da minha lancheria é de atender sempre da melhor maneira possível os clientes, para que eles se sintam bem agradados e voltam sempre no nosso estabelecimento.

    Curtir

  2. Éramos felizes e não sabíamos, acabaram com os bondes da Praça XV!

    Os “grandes” políticos gaúchos conseguiram estragar o que era bom, o transporte de bondes!

    Agora falam em revitalizar este antigo terminal, como fosse ser grande coisa, se eles não existem mais! Parece provocação e demagogia.

    Só for, que seja para dar um toque nostálgico caso o tal “Projeto do bonde Histórico” saia!

    Se não, para quê esta mentira que eles empurram com a barrigas com promessas mentirosas, pois a verdade é; faz mais de dez anos que o citado projeto está engavetado, se eles pensam que estão enganando, estão redondamente enganados, a população não é boba.

    Se implantarem realmente este projeto, aí sim tem sentido uma boa reforma, no estilo de época, não inventem remodelar no estilo do século XXI, colocar coisas contemporâneas, não teria sentido algum, teria que ser algo que combinasse com o Café da Praça XV, da época em que os bondes eram “O” transporte público de primeira qualidade!

    Se não for para isto, uma boa pintura e deu, pois não serve nem para as porcarias dos ônibus velhos e poluidores que estão sempre lotados.

    Enquanto isto, como citei acima, os VLTs e bondes transitam pelo Brasil do amanhã, só Porto Alegre fica para trás.

    Lamentável, revoltante, indignante!

    Curtir

  3. Acredito que o pessoal que está falando mal, dizendo que tem muitos assaltantes, e que os assaltantes adoram a vizinhança, que atrai más pessoas, não conhecem o abrigo. Com certeza algum assalto já foi registrado por ali, assim como em todos os pontos de Porto Alegre, e qualquer outro lugar. O posto da Brigada Militar trouxe maior segurança para a Praça XV de Novembro, melhorando ainda mais o ambiente do local.

    Curtir

  4. O que deixa-me indignado, é que desde o ano de 2002 estão com este projeto do “Bonde Histórico” só na conversa, enquanto isto em Santos já rodam faz quase uma década.

    Quem governava Porto, na época da extinção deles, alegava que a desativação dos bondes era para o progresso da cidade! Que mentira!

    O pior é que até hoje enrolam o povo com esta afirmação.

    Quando puder, vou programar uma viagem à Portugal, passear pelos bondes de Lisboa,
    Cidade do Porto, não a Alegre do Rio Grande do Sul, que ficou triste semseus vagões, e que coincidência, triste ou não, tanto Lisboa como Porto tem o nome da empresa CARRIS, que mantém este serviço de trnsporte público há 111 anos, homônima, ou xará, da gaúcha que matou nossos bondes, e implantou linhas de ônibus, afastou-se assim de seu nome original, Companhia Carris Porto-Alegrense!

    Como dizem lá; o pá, vou entrar na bicha,(fila) para andar de elétrico,(bonde)!

    Que contradição, ter que ir além-mar para andar num transporte que eu andava quando era criança em Porto Alegre, a capital mundial dos bondes!

    Claro que se for vou para mais coisas, conhecer a terrinha, e de trem, curtir, a saudade de andar de bonde, com certeza matarei!

    Quem acessou o link dos bondes de Portugal pôde ver que eles não são nada obsoletos!

    Curtir

  5. O que deixa-me indignado, é que desde o ano de 2002 estão com este projeto do “Bonde Histórico” só na conversa, enquanto isto em Santos já rodam faz quase uma década.

    Quem governava Porto, na época da extinção deles, alegava que a desativação dos bondes era para o progresso da cidade! Que mentira!

    O pior é que até hoje enrolam o povo com esta afirmação.

    Quando puder, vou programar uma viagem à Portugal, passear pelos bondes de Lisboa,
    Cidade do Porto, não a Alegre do Rio Grande do Sul, que ficou triste semseus vagões, e que coincidência, triste ou não, tanto Lisboa como Porto tem o nome da empresa CARRIS, que mantém este serviço de trnsporte público há 111 anos, homônima, ou xará, da gaúcha que matou nossos bondes, e implantou linhas de ônibus, afastou-se assim de seu nome original, Companhia Carris Porto-Alegrense!

    Como dizem lá; o pá, vou entrar na bicha,(fila) para andar de elétrico,(bonde)!

    Que contradição, ter que ir além-mar para andar num transporte que eu andava quando era criança em Porto Alegre, a capital mundial dos bondes!

    Claro que se for vou para mais coisas, conhecer a terrinha, e de trem, curtir, a saudade de andar de bonde, com certeza matarei!

    Quem acessou o link dos bondes de Portugal pôde ver que eles não são nada obsoletos!

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: