Lançado hoje o MAJESTIC BUSINESS TOWER, o prédio mais alto do RS

42 pavimentos

132,45m

Mais alto do Rio Grande do Sul

_____________________

Perderá o posto de mais alto do RS o Edifício Parque do Sol, em Caxias do Sul

 

Em Porto Alegre temos atualmente o segundo maior do estado do RS, que é o Edifício Santa Cruz, que passará a ser o terceiro do RS:

 

 

Imagem antiga, digitalizada de impresso, quando do lançamento do Santa Cruz, ainda na década de 60.

 

Para ver mais, acesse o site do empreendimento:

http://www.oprediomaisaltodors.com.br/

Fotos Edifício Parque do Sol (Caxias do Sul) e Edifício Santa Cruz (Porto Alegre):  © Gilberto Simon – Porto Imagem

(Exceto imagem antiga do Santa Cruz)



Categorias:Arquitetura | Urbanismo, Arranha Céus, Prédios

Tags:, , , , ,

43 respostas

  1. Nossa que fiasco, que vergonha,
    Porto alegre tem apenas um prédio com mais de 30 andares,
    Isso reflete o atraso da nossa cidade, graças aos 16 anos do PT na prefeitura da cidade.
    Na verdade esse partido castrou e bobificou (sei lá se existe essa palavra) a nossa cidade.
    O Davi tem razão, são os muquiranas.
    Não sei por que eles inventaram essa bobagem de proibir Porto Alegre em construir prédios com mais de 30 andares,
    Qual o problema em ter prédios altos na cidade?
    Onde está o crime e ter prédios altos na cidade? Qual é o mal nisso? Baseado em que?
    As principais capitais do mundo tem estão na corrida para ver qual delas terá o prédio mais alto do mundo.
    Vejam bem até Londres, uma cidade senhoril, quadrada, fria e chata saiu na frente para ter o prédio mais alto da Europa.
    Nossa cidade está pagando a herança maldita dos 16 anos do PT.

    Curtir

    • Já a Alemanha, se nega a ficar construindo essas feiuras altas, que coisa de paulista!
      vamos manter nossa beleza,e não ficar enchendo a cidade com esses predios horriveis.

      Curtir

  2. Não é Icades, é Cidades.

    Curtir

  3. Sei que o prédio não é em Poa. E é lógico que cada cidade pode, e deve, fazer o que quiser, principalmente se for em prol do progresso.

    A questão nem o que Gravataí não tem “direito” de ter essa torre.

    A questão é que está cada vez mais explícito que a vontade de crescer, a vontade de fazer… a ousadia está cada vez mais ausente de Porto Alegre, e isso é triste.

    Como isso é exemplificado? Vamos falar de coisas concretas. É por Porto Alegre não trilhar mais o caminho da ousadia e da “vontade de fazer” que temos uma privilegiada orla constrangedoramente abandonada. Icades com muito menos já fizeram até estruturas somente para festejar o por do sol.
    É também por termos dado um pontapé na ousadia e na vontade de fazer, que temos um morro com vista fantástica que é vergonhosamente jogado às traças.
    Aí estão somente 2 exemplos claríssimos do que falo.

    Falta-nos atitudes ousadas como essa de Gravataí.
    Falta-nos atitudes como o ousado empreendorismo como o de Gramado.
    Falta-nos atitudes como o plano diretor que permite belos e ousados prédios como os de Novo Hamburgo, que lhe dão cara cosmopolita e conferem beleza à cidade.
    Falta-nos atitudes como a criatividade e vontade de fazer que há em Curitiba, que aproveita seu potencial, e ainda vai além.
    Falta-nos atitudes como a que faz o cais do porto do Rio de Janeiro sair do papel.
    Falta-nos atitudes como a de Florianópolis que fez uma bela Beira-Mar.
    Falta-nos atitudes como a de Santos que fez um estupendo jardim na orla.
    Falta-nos atitudes como as de Montevideo, que tem uma rambla.
    E, repito, falta-nos atitudes como nossa vizinha Gravatai sabe ter, que é de querer empreender e ousar.

    Até aqui ao lado tão fazendo e acontecendo.

    E enquanto isso, Porto Alegre continua parada. Continmua proibindo tudo. Continua com lugares CONSTRANGEDORES como a orla, numa atitude de vila miserável africana.

    É isso que falo !

    E desafio a maioria dos leitores a discordar de mim, só pra desqualificar as cidades que citei, dizendo que NÃO QUEREM em Porto Alegre tudo o que falei.

    Ou seja, lógico que não sou contra esse empreendimento de Gravataí. Quero até que venham mais predios e empreendimentos grandiosos nessa cidade.

    O que falei aqui foi simplesmente me abrir e dizer o que realmente sinto. E doeu ver mais explicito ainda a imobilidade de Porto Alegre. Fico triste com Poa, e falo isso a todo mundo.

    Curtir

    • Sou gaucho, amo meu estado e moro em Curitiba.
      O atraso que está Porto Alegre no quesito inovação só não vê quem realmente não quer ver.
      Confirmo o que tu falou, falta criatividade e vontade de fazer que há em Curitiba, que aproveita seu potencial, e ainda vai além.
      Infelizmente tenho que dizer isso, mas Curitiba está muito a frente de POA. E não por falta de potencial, pois eu considero POA uma cidade com mais potencial turístico por exemplo, vide a Orla do Guaiba, Ipanema etc. Mas do jeito que está não dá para comparar. Estive aí ha 2 meses e dentre um dos lugares que fui, visitei Ipanema. Já conhecia mas fui lá novamente aproveitar um sabado ensolarado, lugar muito bonito agradavel para tal, pena foi a quantidade de lixo que tinha na praia. Dá vergonha de ver aquilo. O centro de POA é outro local que realmente precisa de alguem que queira que POA “cresça”. Tem tantos prédios antigos bonitos, mas um lugar largado com a mesma quantidade de anos que os prédios ali presentes possuem.
      É uma pena que a cidade seja tão mal cuidada.
      Curitiba tem quase 1,9milhoes de habitantes, é mais velha que Poa, mas nem por isso o centro de Curitiba está largado as moscas, ao contrário, deveria ser um exemplo a ser seguido, pois é só querer que se cuida bem de uma cidade.
      Vide o que já foi postado aqui https://portoimagem.wordpress.com/2010/09/28/rua-das-flores-curitiba-um-exemplo-a-ser-seguido/

      São pequenas mudanças que geram efeitos maiores.

      Curtir

  4. Pois eu odiei a localização. BIZONHO.
    Acho péssimo predios no meio do nada.
    É esquisito, é feIo, e é, sobretudo, um disperdício, pois ele poderia dar um upgrade ENORME a lugares onde já há bastante prédios, pois o conjunto ficaria poderosissimo.
    Exemplo: poderia ser no bairro Praia de Belas, junto com o conjunto do Centro Administrativo, torres Gemeas, os vários tribunais, etc.
    Ou então fazer na alta avenida Carlos Gomes, que é cheia de prédios comerciais de vridro. Ficaria a imponência em pessoa.
    É a mesma coisa que a Cristal Toewr. Ela é bela, mas fica perdida e sem sentido. Ok que haverá mais torres lá, mas hoje, ela filha única lá, e ilustra bem isso. Disperdício.
    Essa torre de Gravataí, lá no meio do mato : B-I-Z-A-R-R-O
    .

    Curtir

    • Nada a ver teu comentário Georgeano. O prédio não é Porto Alegre!!!! Simples assim. É em outra cidade e é iniciativa privada. Eu adorei o prédio, o fato de ser em Gravataí e o fato de ser ao lado da freeway. Imagina quem vem chegando de outro estado de ônibus ou carro ver este prédio! E, se Porto Alegre não tem a ousadia, outras cidades tem. E aí vai ser o início de uma outra cidade, talvez uma cidade cheia de prédios altos. Pense no futuro e não no passado. Totalmente nada a ver teu comentário.

      Curtir

    • amigo, tu ta esquecendo que la esta sendo construido um shopping com mais 3 ou 4 torres de 10 ou 12 andares alem de 2 edificios-garagem de 12 andares, isso vai alavancar a construção de outros prédios, alias, em Gravataí estao sendo construidos varios predios e vem crescendo muito a área da construção civil.
      veja o liink: https://portoimagem.wordpress.com/2012/08/25/novas-imagens-do-edificio-mais-alto-do-rs-em-gravatai/
      dai vc vai ver que o predio nao estará ISOLADO, como vc colocou.
      Alem disso, se vc acha o predio muito feio, porque gostaria que fosse em POA?

      Curtir

  5. O fato de as coisas acontecerem do lá de lá, e esta capital virar um poço de envelhecimento, proibições e não-acontecimentos, isso é o símbolo do que se transformou Porto Alegre.
    Parece que essa cidade não tem mais jeito, pois nem mesmo com um fato poderoso como uma Copa do Mundo, não provocou uma sacudida nessa cidade, e continuamos vendo projetos importantes sem contestadíssimos, ainda com perigo de não acontecerem, assim como não houve nenhum renascimento do empreendorismo dessa cidade, nemnhuma onda de pessoas quererem fazer essa cidade crescer, ousar, de construir coisas diferentes e ousadas, de fazer alguma para o turismo, de investir e criar coisas nos morros, na orla, nada de projetos à altura dessa metrópole..

    Duvido que a médio prazo essa Poa deixe de ter essa mentalidade contra-tudo, provinciana, anacrônica e medíocre, que viraram a indentidade dessa cidade.

    ____________________________________________________________________

    Curtir

  6. Mas é feio esse prédio Santa Cruz…

    Curtir

  7. Carlos, concordo contigo. quando apresentaram pela primeira vez a foto deste prédio neste blog eu escrevi: Parece um amontoado de caixas prontas para cair a qualquer momento.
    Grande coisa possuir o prédio mais alto. Digam-me, por acaso alguém vai fazer turismo em Caxias para olhar aquele prédio horroroso, as pessoas vão a Caxias por muitas outras coisas…..

    Curtir

  8. Parabéns à Gravataí! Seria bem interessante se o plano diretor de PoA pudesse liberar a construções de arranha-céus – pelo menos um em PoA -, mas se não fosse o desnível que PoA tem e o aeroporto muito próximo a central da cidade, talvez pudessemos usufruir de um prédio enorme vidrado embelezando a cidade!

    Curtir

  9. Que venham outros iguais ou melhor que esse. Não sou a favor de prédios residenciais altos, apenas prédios de escritórios.

    Curtir

  10. Parabéns, Gravataí!

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: