Propostas para melhorar a mobilidade urbana em Porto Alegre

Com o constante aumento da frota de veículos privados nos centros urbanos e, consequentemente, dos congestionamentos, que medidas podem ser adotadas para mitigá-lo?

Por estarmos em ano eleitoral, diversas ações para solucionar este problema estão sendo faladas pelos postulantes a cargos públicos. Contudo, você sabe o que os candidatos da sua cidade estão propondo para isso?

A fim de reunir essas ideias em apenas um lugar, o grupo Porto Alegre Como Vamos lançou um ousado projeto: o Voto Como Vamos, o qual tem por objetivo aproximar a relação eleitor-candidato. Nele você pode buscar as propostas e candidatos das próximas eleições de maneira simples, didática e rápida. “Acreditamos que dessa forma podemos contribuir para uma forma mais transparente de fazer campanha política em Porto Alegre”, explica um dos integrantes no vídeo de apresentação do projeto.

Lançada no início de agosto, a plataforma já conta com algumas propostas cadastradas, as quais estão divididas em nove categorias. Uma delas mobilidade urbana. Confira, abaixo, as propostas dos candidatos para solucionar essa questão cada vez mais grave nas cidades:

Aeromóvel para Zona Sul

Ampliação do trajeto do Aeromóvel até a Restinga e o Belém Novo com o intuito de qualificar a mobilidade da população da Zona Sul a qual, entre 2007 e 2012, aumentou em mais de 200 mil pessoas.

Ciclovias nos bairros e decks nos transportes coletivos

O intuito do projeto é facilitar a locomoção na cidade, através da criação de ciclovias nos bairros. A instalação de espaços para as bicicletas dentro dos ônibus visa possibilitar que ciclistas também utilizem este modal e, dessa forma, realizem viagens mais longas.

Investir em ciclovias e transporte coletivo de qualidade são caminhos para melhorar mobilidade.

Lei de incentivo à carona

Criação de incentivos para que a população comece a otimizar os espaços ociosos em seus veículos e, dessa forma, diminua o número de automóveis nas ruas e, consequentemente, as emissões de gases prejudiciais à saúde.

A cidade de Medellín já conta com medidas semelhantes, com o projeto “Comparte Tu Carro”.

Linhas circulares nos bairros

Visa desafogar as linhas bairro-centro, através da criação de linhas circulares. O objetivo disso é facilitar o deslocamento das pessoas dentro de uma região sem que as mesmas tenham que utilizar um ônibus que vá até a região central.

Novas linhas transversais e ampliação do sistema de táxi lotação

Visa atender a demandas crescentes de deslocamento na cidade, através da criação de novas linhas transversais. Por exemplo: a linha T12, ligando Belém Novo, no Extremo Sul, à Fiergs, na Zona Norte e das linhas de táxi lotação Restinga e Belém Novo.

Paradas de ônibus informatizadas

Implantação de paradas de ônibus informatizadas, nas quais se possa visualizar o tempo de espera para o próximo ônibus. Que tal este modelo parisiense?

Programa trânsito do bem

Pacote de soluções inteligentes e medidas imediatas de reengenharia de tráfego para melhorar o trânsito na cidade. Como, por exemplo: a operação mão-única, a qual estabelece mão única em algumas vias estratégicas em horários de pico; o programa sinal verde, que visa reduzir o número de sinaleiras em vias expressas com semáforos inteligentes; e o estacionamento fácil, construção de estacionamentos subterrâneos para evitar veículos parados nos dois lados da via.

Mas será que a criação de novas vagas para estacionamento não atrairia mais carros?

Catamarã Guaíba-Porto Alegre (Foto:CatSul).

Projeto anel viário

Ligação entre a Zona Norte de Porto Alegre e a Zona Leste, complementando o trajeto do Metrô. A 4º perimetral iniciará próxima a FIERGS e se estenderá até a Lomba do Pinheiro. Nesse trajeto, está prevista a implantação de um dos seguintes modais: Aeromóvel, BRT ou VLT, que completarão o anel viário.

Projeto bela cidade

A cidade precisa estar adequada às pessoas e não o contrário. Deve-se incentivar a recuperação das calçadas para o trânsito dos pedestres. Outra coisa a ser feita, é a implementação de ciclovias e ciclofaixas que não estejam localizadas nas calçadas.

Transporte de barco – Zona Sul/Centro

Visa desafogar o trânsito da zona sul ao ampliar as possibilidades de transporte público da população local ao centro, através da utilização do Guaíba.

O modelo é inspirado no sucesso da travessia Porto Alegre/Guaíba que foi retomado em 2011.

E você, o que pensa sobre estes projetos?

Não esquece de acessar o votocomovamos.com.br para descobrir propostas relacionadas a outros tópicos!

Autor: Guillermo Petzhold | Postado em: 28 de agosto de 2012 | Fonte: The City Fix Brasil

mobilize.org



Categorias:Outros assuntos

Tags:

12 respostas

  1. As idéia são muito boas,mas de quem são essas idéias?

    Curtir

  2. O Turismo precisa URGENTEMENTE de um Terminal Turístico, se não fôr pedir muito, se fôsse coberto, pois não é mais viável sair e chegar ônibus da frente do Teatro São Pedro, ao relento, às vzs de madrugada, sem ponto de taxi e quando chove, é um terror. Motorista, bagagem e paxs molhados. Alguém já sofreu isso na pele? Falam muito em viável, pois pergunto: sería possível agregar ao projeto do Cais um lugarzinho, de preferância subterrâneo para embarque e desembarque de bus de turísmo?

    Curtir

  3. Belas ideias! Não as deixemos morrer! O horário político, sobretudo na propaganda dos candidatos a vereadores, é muito superficial. Vou ficar nesse termo. Queremos propostas que tenham aderência a elementos práticos, e não só os bordões clássicos, como “saúde, educação, emprego, segurança e transporte”. Candidados, aprofundem-se!

    Curtir

  4. Deveriam estudar uma linha que ligasse os bairros moinhos de vento, auxiliadora e adjacentes ao bairro praia de belas…

    Curtir

  5. sempre que vejo propostas como essa eu penso que qualquer ação que economize 1 minuto por dia no transporte significa quase um milhão de minutos economizados para a cidade. Tempo que as pessoas podem usar para estudar e trabalhar com mais disposição.

    Curtir

  6. Ciclovias nos bairros só? É tranquilo de andar em bairros, ruim é pegar as avenidas mais movimentadas. Pra mim ciclovia só devia ter em ruas largas onde os carros conseguem desenvolver velocidade maior. Nos outros locais, ciclofaixa é mais bem vindo.

    Uma coisa que percebi faz pouco tempo: quem quer andar de bicicleta corretamente se ferra muito com as ruas de mão única. O trânsito foi totalmente pensado em carros, então ou se pedala 1km ou 500m na contra-mão…

    Curtir

  7. De novo com a história do T12. P…, não assimilaram ainda o conceito de integração ? Faz o povo pegar o Restinga PUC até a Bento e dali o T10 até o Triângulo – que pode ser estendido até a FIERGS .

    Curtir

  8. Boas propostas.

    Curtir

  9. Tá, agora eu vi ali “VLT” em “Projeto Anel Viário”. Acho que deveríamos pensar mais em soluções além das tradicionais.

    Curtir

  10. os phil pira.

    Curtir

  11. Ótimo debate. Uma dúvida de leigo: a extensão do Aeromóvel até a Restinga e Belém Novo é viável tecnologicamente falando? O Aeromóvel não tem uma limitação de distância? Por que nunca se fala em sistemas de Light Rail que podem trafegar no solo, tendo baixo custo de implantação?

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: