Obras do viaduto Pinheiro Borda começam nesta quinta-feira

Estrutura vai conectar importantes vias a pontos como rodoviária e aeroporto Foto: Divulgação/PMPA

O projeto de duplicação da avenida Edvaldo Pereira Paiva, a Beira Rio, entra em fase decisiva para garantir a qualificação da mobilidade na região do entorno do estádio oficial da Copa de 2014 em Porto Alegre. A obra do viaduto da Pinheiro Borda terá início nesta quinta-feira, 30, às 14h. A estrutura estaiada irá conectar importantes vias a pontos como a Rodoviária, o Aeroporto Salgado Filho e a rede hoteleira, além de representar um dos principais acessos do Centro à zona Sul da Capital.

Integrante da Matriz de Responsabilidades da Copa, a obra tem previsão de conclusão para abril de 2014 e representa um investimento de R$ 26,6 milhões. O viaduto irá separar os fluxos conflitantes entre as avenidas Pinheiro Borda e Edvaldo Pereira Paiva, garantindo a utilização plena da capacidade viária daquele trecho. A arquitetura de estrutura estaiada, que terá iluminação especial, estará alinhada à proposta visual de revitalização da Orla do Guaíba.

O viaduto tem extensão total de 315,5 metros, com duas faixas, em pavimento asfáltico. O sentido de tráfego será da zona Sul em direção ao Centro, no prolongamento da avenida Pinheiro Borda. A obra será executada pelo Consórcio Viaduto Pinheiro Borda (Sultepa Comércio e Construções Ltda., Toniolo Busnelo Túneis, Terraplenagens e Pavimentações S.A. e Construtora Cidade Ltda.), vencedor da licitação.

Prefeitura de Porto Alegre



Categorias:Arquitetura | Urbanismo, COPA 2014, Viadutos e pontes estaiadas

Tags:, , ,

50 respostas

  1. Fábio , todo esse transtorno , mais de ano , para os moradores da zona Sul , que passam por ali diáriamente , engarrafados e acabando com seus veículos ,nos buracos e desvios , que mudam todos os dias , para ficar bonito pra copa e depois a EPTC fecha nos fins de semana para skeititas e ciclistas se exibirem , tirando o direito de ir e vir de quem paga Ipva e outros tantos impostos , como se não bastasse os parques enormes costeando a beira rio , para varias modalidades de esportes.
    O que a zona Sul vai ganhar com isso? Mais impostos.

    Curtir

  2. Analisando o viaduto chego a conclusão que ele não muda NADA, pois continuara a ter sinaleira na descida do moro trancando a avenida, e mais, na frente só terá 2 faixas sentido centro em frente ao beira rio ? que obra idiota, igual o viaduto perto do aeroporto…

    Curtir

  3. E lá se vai o que era, na minha humilde opinião, uma das visuais mais belas da cidade (sentido centro-bairro).
    Será mesmo que viadutos são a solução para o trânsito?

    Curtir

    • Elvio

      Respondendo a tua questão. Quantos cruzamentos em Porto Alegre tem um engarrafamento sistemático. Muitos, porém vão fazer um viaduto mais caro que qualquer outro tipo, um viaduto estaiado, sem a mínima necessidade de adotar esta solução só para ficar mais bonito. E mais, numa região que o tráfego tem outras soluções.

      Curtir

  4. De onde será que os(as) reacionários(as) tiraram a idéia – mais do que bizarra – segundo a qual pessoas que dedicam parte de seu tempo e energia a alguma forma de ativismo – social, ambiental, o que seja – NÃO trabalham (ou não precisam trabalhar) para ganhar o próprio sustento?

    Curtir

    • Postei esta mesma pergunta no fb e recebi várias respostas interessantes, p.ex.:

      “Dedicar parte do nosso tempo à ativismos positivos ou em busca de si é desesperador para quem simplesmente se autoproclamou um “parafuso” da Insana Engrenagem que favorece o tempo todo, a DISTRAÇÃO com coisas inúteis…”

      Fico com essa resposta esboçada. Parece que algumas atitudes incomodam JUSTAMENTE pelo fato de serem extremamente positivas, e, à falta de argumento, reacionários e infelizes de plantão recorrem a um estereótipo (esperando aplausos da arquibancada inferior): “são vagabundos, não trabalham, não produzem, só querem incomodar”. E de fato estamos incomodando – mais até, e num nível mais profundo, do que é nossa intenção.

      Curtir

%d blogueiros gostam disto: