Vá de Bici

Não é a primeira vez que escrevemos isto aqui, mas o problema continua sendo ignorado pelas ditas autoridades e, como conseqüência, vem aumentando. No último domingo, dia 02 de setembro, haviam dezenas de carros estacionados sobre o gramado do Parque da Redenção, do Parque Marinha do Brasil, da orla do Guaíba e de outras áreas verdes da capital gaúcha.

Parece que as pessoas não se dão conta de que o que torna os parques tão agradáveis é justamente o fato de serem áreas livres de construções, áreas asfaltadas e de automóveis.

O artigo 181 do Código de Trânsito Brasileiro proíbe a prática:

Art. 181. Estacionar o veículo:

VIII – no passeio ou sobre faixa destinada a pedestre, sobre ciclovia ou ciclofaixa, bem como nas ilhas, refúgios, ao lado ou sobre canteiros centrais, divisores de pista de rolamento, marcas de canalização, gramados ou jardim público:

Infração – grave;
Penalidade – multa;

Ver o post original 30 mais palavras



Categorias:Outros assuntos

53 respostas

  1. Para quem está reclamando da ciclovia da Ipiranga, olhem uma filmagem da “ciclovia da Restinga” me parece que custou 3,5 milhões.

    Curtir

  2. Estacione Por Toda a Cidade!

    Curtir

  3. Empresa Pública Terceirizada aos Carros!!

    Curtir

  4. dai o pessoal reclama quando a prefeitura propos estacionamento subterraneo por ali..

    Curtir

  5. E realmente, ja fui de carro pro marinha e é facil achar uma vaga uma quadra depois do marinha, sem flanelinha nem nada…

    Curtir

  6. Falando em multa, sabado tinha um carro da EPTC na Protasio, tudo apagado escondidos num espaço ali, só pra multar os desavisados…

    Por sorte, eu estava andando beem na manha naquela hora, mas quando eu estava indo pro outro sentido, tava mais rapido, poderia ter tomado uma bela multa.. haha… Mas nada exagerado, questão de 80km/h numa avenida onde se anda a 60…

    Curtir

    • Nada exagerado?? Mais de 30% acima do limite!!

      Curtir

      • Não acho muita coisa…. tem gente que anda a 100km/h dentro da cidade…

        De 60 pra 80, não muda muito, alias, 80 deveria ser a velocidade das avenidas, como na maioria das cidades…

        Sem contar que era madrugada e não tinha movimento algum… e ainda assim, eu não disse que estava certo andando a 80km/h, apenas comentei que estava um pouco acima da velocidade permitida.

        Curtir

        • Te garanto que estes 30% fazem uma diferença brutal num impacto. Para mim quem anda a 100km/h na cidade devia ser preso na hora.

          Curtir

        • Guilherme

          Não é bem assim. Se dois veículos de massa m1 e m2 colidem entre si com velocidades v1 e v2. A energia é dada por:

          Delta E=E1+E2={[(m1*m2)/[2*(m1+m2)]}*(V1+v2)²

          Em resumo, se tu e o outro pensam o mesmo e colidem de frente a mesma velocidade, considerando para simplificar massas do carro de 500kg, resulta no seguinte:

          A 60km/h=(60000/3600)= 16,6m/s

          Delta E= 138,88kJ

          a 80km/h Delta E=246,91 kJ

          e a 100km/h Delta E= 385,8 kJ

          Conclusão: Um carro que segundo as normas norte americanas e eurpéias são dimensionados para resistir a um esforço sobre uma parede a 64km/h (metade da velocidade frontal de dois carros como acima discriminado) já não passa nas hipóteses levantadas (mesmo a 60km/h), quando atinge 100km/h só tem uma vantagem, a perda é total e o seguro paga tudo para a tua família.

          Chamo a atenção que no ano passado os nossos populares não passaram no teste de crash nem para normas internacionais de 20 anos atrás.
          (vide http://revistaautoesporte.globo.com/Revista/Autoesporte/0,,EMI280829-10142,00.html).

          Não estou falando isto por puro terrorismo, simplesmente perdi os meus dois melhores amigos num intervalo de cinco anos em acidentes de automóvel. Se eles estivessem num Volvo, provavelmente ainda teríamos um neurocirurgião e um engenheiro civil trabalhando para o Brasil até agora.

          Os carros no brasil não são caros, a nossa vida que é barata.

          Curtir

        • Guilherme,

          Assista este vídeo e veja a diferença entre 60 e 65km/h. Depois pense antes de dizer que é pouca diferença entre 60 e km/h. Essa diferença pode custar uma vida, inclusive a sua.

          Curtir

        • Continua a 80 ou 100 nas madrugadas, Guilherme. Mas sem ninguém mais por perto ou dentro do carro. Não demora, um poste te pega e aí tu nem vais poder contar como foi.

          Curtir

  7. O que mais me deixa indignado é que “um cidadão”, mesmo sabendo que não pode fazer isso, o faz porque acredita que não será repreendido ou, o que é pior, porque o flanelinha disse que “não dá nada”.

    Depois vem me falar em “indústria da multa”?

    O que existem em Porto Alegre é pouca multa, isso sim, para as pessoas desacreditarem tanto assim no sistema.

    Curtir

    • Existe pouca multa e só se multa o que é fácil. Leia-se:
      1- Instalar pardal em lugar bem documentado, para pegar quem até é bom motorista mas se distraiu, pois o malandro freia antes e acelera depois
      2- Botar pardal móvel, sempre em avenidas grandes e com grande fluxo (em vez de ser em lugares onde há mais perigo para os pedestres). É bom por que com um único fiscal se multa montes de gente em pouco tempo de fiscalização.

      Curtir

    • Pior é que as vezes eles intimidam…

      Uma vez indo pro Planeta, tinha um estacionamento igamos que num terreno do lado da saba e tudo mais, era organizado e tal, eu ia entrar no estacionamento e um flanelinha veio pra cima, e começou a meter prensa e torrar o saco, queria nos obrigar a por o carro na calçada e cobrar 30 reais por isso… nós queriamos deixar o carro no estacionamento fechado, que custava o mesmo… o que ele fez?
      Disse que era do bonde dos balas na cara, na Bom Jesus… duvidamos.. o desgraçado levantou a camisa e mostrou as marcas de bala… pqp.. Só pelo pavor, até por que ja tinham uns 5 na volta, deixamos o carro, choramos e pagamos 20 reais.

      Curtir

    • Porque parece estar todo mundo de ranço? Ninguém aqui tem carro?
      .
      Ao invés de apontar o erro, por que não sugerem melhorias ou soluções?
      .
      Se existe um local como um parque para as pessoas, deve haver estacionamento sim. Afinal, quem mora em bairros afastados necessita o uso do carro. Ou vai esperar 30, 40 minutos até o ônibus passar (durante o domingo)?
      .
      Se não existe estacionamento, o cidadão vai deixar onde existir lugar. Se a prefeitura quer multar e exigir cumprimento da lei, tem que fornecer uma estrutura adequada para que a lei seja cumprida, neste caso, um estacionamento.

      Curtir

      • Mas tem vários estacionamentos ali perto. As pessoas vão para lá caminhar na orla mas se negam a caminhar 2/3 quadras do carro até a orla. Tem que proibir o estacionamento e pronto.

        Curtir

      • E sim, tenho carro.

        Curtir

      • Carro é bem particular, estacionamento também. Estacionamento publico é opcional e deveria ser somente em raras oportunidades. A prefeitura deveria sim fornecer transporte publico de qualidade de domingo a domingo. Não precisa ser barato, mas sim de super qualidade.

        Curtir

      • Eu praticamente só uso carro e estou p. da vida por não ter uma opção decente para usar bicicleta. Na cidade, estou sempre em baixa velocidade, por segurança e também para irritar os apressadinhos babacas.
        Ir de carro ao parque ou a academia é uma estupidez que não tem tamanho. Coisa de caipira.

        Curtir

    • Uso de celular ao volante só leva multa quando o carro estiver parado, principalmente nos congestionamentos.

      Curtir

  8. Como comentei num outro post, alguem sabe se esses estacionamentos são liberados pela prefeitura?

    No gasometro é sempre free, chega o final de semana, vi uma placa cobrando 15 pila… a prefeitura libera isso, ou são os flanelinhas se aproveitando?

    Curtir

    • Duvido que seja liberado… Cara, estes dias contatei a EPTC sobre uma rua sendo FECHADA no bairro praia de belas para um guardador encher de carros e cobrar dos motoristas… a EPTC me respondeu genericamente que faz fiscalização ali e se necessário irá intensificar… bem genérico! Ou seja, não estão nem aí.

      Curtir

      • lamentavel.
        Não é nem pelo valor, se a prefeitura cobrasse esse valor eu não iria me importar, poderia muito bem usar para manter os parques, mas ir para a mão de uns marginais desgraçados? Ai complica a vida…

        Curtir

    • Foi a própria EPTC que organizou o estacionamento no Gasômetro e no local onde era a Vila chocolatão. Criaram 300 vagas nos dias de semana e 600 nos finais de semana. Então é oficial – está no site da Prefeitura. O motivo é o acampamento farroupilha, já que gaúcho não anda mais a cavalo.
      Num final-de-semana anterior, havia dois cegonheiros ali no parque com carros da Hyunday, no Parcão, a Fiat pôs uma estrutura para promover seus carros e na Redenção também foram colocados carros zero numa promoção de um fabricante. A Prefeitura regularmente está utilizando as áreas públicas dos parques para promover a venda e incentivar o uso do automóvel. Isto não é uma administração municipal, mas pura canalhice.

      Curtir

  9. Que fim levou a história do estacionamento subterrâneo abaixo do campo de futebol?

    Curtir

    • Parece que passa um rio embaixo.

      Curtir

    • Jõao e Adriano.

      Não há rio nem nada, a sistemática era a seguinte, o pessoal achava uma boa ideia, depois se dizia que era inviável, aí se fazia um estacionamento elevado.

      Não colou, desistiram da proposta, pelo que me informaram off (não sei se é ou não pura fofoca!), a proposta vem de novo depois das eleições! Agora isto pode ser pura intriga.

      Curtir

      • Eu lembro dessa conversa toda sobre o estacionamento subterrâneo da Redenção. Lá sim tem tudo para ser isso, até por que sempre se soube que aquela região é alagadiça e tal.

        Curtir

        • Felipe

          Uma coisa é ter o lençol freático alto, que é o caso da região, outra coisa é a permeabilidade do solo ser alta ou baixa. É uma questão técnica, mas não se pode dar a justificativa que deram pois ela é sem pé nem cabeça.
          .
          Diversas linhas de metrô em todo o mundo crizam por debaixo de rios, e estes não impedem a sua construção.

          Curtir

        • hã… eu concordo contigo.

          Curtir

  10. Pessoal do MP adora estacionar perto do Anfiteatro Por do Sol também….

    Curtir

  11. Já pensou quanto dá para arrecadar.. em multas…

    Curtir

    • E depois falam em indústria das multas!

      Curtir

    • O filhote da Yeda com zero pro cento nas pesquisas .

      Curtir

      • André

        A questão é simples. Quem ainda não perdeu um amigo ou um parente muito próximo devido num acidente devido ao consumo de álcool ou excesso de velocidade.

        As pessoas podem até falar da boca para fora da “indústria de multas”, mas na realidade todos querem mais rigor no trânsito.

        Imagine só uma mãe que perdeu o seu filho por excesso de velocidade, dele ou de outro, o que pode pensar quando vê este senhor falando o que fala. O povo em geral não é burro.

        Curtir

  12. Excelente post, Gilberto.
    Ontem, fui caminhar no Marinha e percebi a mesma coisa.
    Fiquei de cara com isso.
    Onde estavam os que tanto protestam contra a privatização da orla? Nesta hora eles desaparecem!
    E sabem quanto estavam cobrando para “privatizar” a orla? R$ 15,00! Se este dinheiro, pelo menos, fosse investido para manter a infraestrutura do parque… Mas não… irá para encher o bolso dos que permitem um absurdo desses.

    Outra coisa que me deixou chateado. Gastaram um dinheirão para fazer um projeto para a orla e esta continua um LIXO: o velho bar flutuante, nada de paisagismo, nada de obras a vista, nenhum sinal de melhorias.

    Em outubro me vingo!

    Curtir

  13. Pois e’, foram contra estacionamento subterraneos….agora aguentem!

    Curtir

    • Ah, então como não tem estacionamento subterrâneo os motoristas não podem caminhar até a garagem que existe a 2-3 quadras dali e então tá justificado estacionar em local proibido?

      Curtir

  14. Parece um camping. huahuahua
    Onde está a EPTC nessa hora? É permitido estacionar ali?
    É só guinchar uma meia dúzia ali que nunca mais eles vão querer dar uma de espertos.

    Curtir

  15. Não sei ai, mas ja vi no centro os flanelinhas “deixarem” estacionar dentro de uma praça (ali no lado do colegio Rosario)…

    Mas né, faz parte…. :DDD Isso só mostra como é importante ter estacionamento, pago ou não, a cidade precisa.
    :DDD

    Curtir

    • Justamente. Querem orla, mas não querem dar meios de acesso a ela. Tem sim que ter estacionamentos na orla pras pessoas irem até lá, estacionarem e passarem o dia. Qualquer cidade tem estacionamento na orla, não é anti-bicicleta.

      Curtir

      • Acho que vocês não entenderam, aquilo é um parque, não um estacionamento. Se queres ir lá caminhar, estacione a duas quadras dali, tem espaço.

        Curtir

        • E se fosse um monte de bicicleta, podia?

          Curtir

        • Não, deveria haver bicicletário em algum local e só ali ser permitido. Mas não acho que seja o problema, Adriano. As pessoas vão ali de bicicleta para pedalar na orla.

          Curtir

        • sim, entendemos, até comentei que ja vi flanelinhas falando que pode estacionar no parque, mas é obvio que não…
          Apenas comentei a importancia de estacionamentos, ja que as pesssoas chegam a pagar mais de 15 reais pra deixar o carro num barrão…

          Curtir

        • Se fosse um monte de bicicletas achariam lindo, uma resposta à sociedade carromaníaca. Agora carros, é um insulto à mobilidade urbana. Deixem essa mentalidade, carros demais são um problema, mas sempre vão existir, mesmo que como uso secundário, ainda mais indo pra uma zona de lazer assim. Não tô defendendo o uso da praça como estacionamento, entrei um pouco no assunto dos carros em geral. Eu, pessoalmente, apóio totalmente o uso do transporte público, tanto que eu uso ele.

          Curtir

      • esses toscos nao querem pagar o estacionamento, apenas isso. pois ele existe no bom fim e arredores.

        Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: