Prefeitura lança manifestação de interesse para Metrô

Primeira fase terá 14,8 quilômetros e 13 estações, do Centro até a Fiergs Foto: Divulgação/PMPA

Cumprindo o cronograma de implantação anunciado, a prefeitura lança nesta segunda-feira, 10, a proposta de manifestação de interesse para finalizar o projeto do Metrô de Porto Alegre. Em ato no Salão Nobre do Paço Municipal, às 14h, o prefeito José Fortunati apresentará os detalhes da etapa final de formatação do projeto, que será licitado no primeiro trimestre do ano que vem.

Com a manifestação de interesse, a prefeitura pretende receber estudos de empresas atuantes no mercado para complementar o projeto técnico do Metrô com as novas tecnologias disponíveis para transporte coletivo. Após a seleção, o projeto final será apresentado em audiência pública prévia à publicação do edital para contratação da obra e da operação do serviço.

METRÔ DE PORTO ALEGRE 

Modelagem financeira – Orçado em R$ 2,4 bilhões, o projeto  prevê investimento de R$ 600 milhões da prefeitura, R$ 300 milhões do governo do Estado e R$ 1 bilhão da União. O montante inclui ainda R$ 265 milhões em isenções de tributos municipais e estaduais e R$ 323 milhões originários de financiamento privado.

O Metrô será integrado ao sistema de ônibus BRT (Bus Rapid Transit), em implantação nas avenidas Bento Gonçalves, Protásio Alves, João Pessoa e Padre Cacique, além da conexão com a rede metropolitana de transporte, principalmente ligando as cidades de Cachoeirinha, Alvorada e Gravataí.

Projeto – A primeira fase, estimada em 14,8 quilômetros e 13 estações, compreende as avenidas Assis Brasil, Brasiliano de Moraes, Benjamin Constant, Cairú, Farrapos, rua Voluntários da Pátria, Largo Glênio Peres e av. Borges de Medeiros. O projeto considera uma tecnologia de transporte segregada do sistema viário, chamada de “Metrô Leve”, apontada como a melhor escolha para atendimento da demanda de Porto Alegre.

A operação atenderá diariamente um público médio de 310 mil passageiros, ampliando a oferta de transporte público e estimulando a redução do transporte individual. Serão 25 composições (trens), formadas cada uma por quatro carros que transportam em média 270 pessoas cada um.

Prefeitura de Porto Alegre



Categorias:Meios de Transporte / Trânsito, Metro Linha 2

Tags:, ,

3 respostas

  1. Não sei como vai ser a integração das bicicletas com o metrô, mas poderiam implantar bicicletários com aluguel de bicicletas em cada estação e em pontos intermediários entre as mesmas, já que as estações vão ser bem espaçadas.
    O fato de escolherem o Bourbon é até compreensivel visto que o trânsito de pessoas naquela região (que concentra algumas lojas de móveis e biriri, além de prédios residenciais) é muito maior que no Viaduto Utzig. Mas isso também é aceitar a inutilidade da 3ª Perimetral para o Transporte Coletivo, com subaproveitamento do corredor.

    Curtir

  2. blablabla….blablabla…..to cansando dessa estoria. Me avisem quando inaugurarem!

    Curtir

  3. La famiglia Zaffari escolhe até estação de metrô : Bourbon Assis Brasil ao invés do Viaduto Utzig ( Cairu/DomPedro) .
    Abra$$$o !
    Amo cada ve$ mai$ e$$a $idade !

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: