Imagens: obras do TrendCity Center – 05/09/2012

Imagens enviadas pelo leitor Felipe X, tiradas no dia 5 de setembro de 2012.

Obras do Trend City Center

Obras do Trend City Center

Obras do Trend City Center

Veja mais sobre o empreendimento:

maiojama-divulga-video-do-trendcity-exclusivo/

nova-foto-do-trendcity-center/

fotos-das-obras-do-trendcity-center/

__________________________

Pelo wikimapia, a área do TrendCity Center é uma praça, mas consta ser uma “edificação”. 

 

 

________________________

 

Informações do Gabinete do Vereador Beto Moesch, após um e-mail enviado por mim:

Amigo Gilberto, a área referida, foi desgravada e vendida, a verba foi repassada, para a duplicação da Avenida Pereira Paiva, os dados são originados pela SMAM, certo de teu entendimento, um abraço, Antonio Carlos, assessor do vereador Beto Moesch.



Categorias:Arquitetura | Urbanismo, Fotografia, Prédios

Tags:, ,

45 respostas

  1. Qual a diferença entre o ESTALEIRO e o TRENDY? Nenhuma.

    Ambos empreendimentos estão no mesmo zoneamento e devem seguir as mesmas regras, conforme o PLANO DIRETOR.

    Contra o estaleiro fizeram um carnaval e chatos do menino deus fizeram aquela palhaçada de plebicito e RBS vendendo mentiras e aqui adoram colocar a opnião dos ecochatos e os chiitas do PSOL. Mas e o Trendy? Nada! Porque será? Porque a MAIOJAMA é o braço mobiliário da RBS. E aí! Cadê esses pestes?! PSOL, Blogueiros, Ecochatos e o Menino Deus. Nada, né?

    Porto Alegrense se tratando de planejamento urbano é tudo maipulado. RBS não escreve, ninguém sabe e ninguém viu.

    Curtir

  2. Olha, quanto a questão da área ser pública, tenho viva recordação, quando das primeiras informações sobre o empreendimento, de ter lido que esta área foi trocada com o município por outra área pertencente à Maiojama. Se não estou enganado, li no Polibio Braga.

    Curtir

  3. Se forem ver um pedaço dela foi usado para o Trend e outro para o novo foro central. Desmembraram a área.

    Curtir

  4. Jornalismo investigativo, com apoio dos leitores… huuashusuahs

    Curtir

  5. As evidências que a área é (ou era) pública são claras, no entanto não apareceu nada oficial sobre isso. De duas uma, ou é um lóbi gigantesco ou foi realizado o processo corretamente conforme a lei.

    Curtir

  6. Desculpa aos maus entendedores, que me condenam como se eu apoiasse a ilegalidade, não vou nem entrar nos méritos de ser ou não legal, mas poderia citar o projeto do Pontal com previsão de um prédio de 26 andares que agora poderá ter somente 22, por qual motivo? Inveja que o investidor ganharia um pouco mais com esses andares a mais? É ilegal ter 26 andares? Não consigo entender o motivo dessa preocupação em agora levantar essa questão da praça quando os prédios já estão com 6 andares ou mais, e que com certeza darão um visual e estrutura muito melhor para a cidade que uma possivel praça no futuro com estrutura semelhante ao Marinha, ou seja, de noite não será possivel frequentar locais assim sem vida, pois você poderá perder a sua se não estiver bem guarnecido…

    Curtir

    • Não é essa a questão. Eu inclusive fui lá votar a favor do projeto do pontal quando fizeram o plebiscito. Por mim os prédios podiam ter 26 andares, tanto faz 26 ou 22. Mas vender terreno público sem licitação (se for o caso) é caso de polícia. Não podemos achar que desenvolvimento a qualquer custo é bom também.

      Curtir

      • Peço que escrevam somente na possibilidade de ter sido feito ou não de forma correta a utilização da praça. Qualquer comentário afirmando algum erro, o Blog corre risco de processo.

        Curtir

        • Estamos todos trabalhando em hipótese, vamos resumir os fatos para mostrar o porque das indagações:

          1) Nas plantas georreferenciadas da própria Prefeitura (edição atual) a área é mostrada como Praça (no mínimo há um erro nestas plantas).

          2) A única referência que se acha no site da Prefeitura é da lei que em 02/01/1996 foi criada por decreto (ou lei ?), a praça Artur Carneiro Pinto.

          3) Não há nenhuma indicação em site da Prefeitura da licitação ou venda deste imóvel.

          Pode-se supor que:

          1) Foi feito um processo legal de privatização deste imóvel com licitação pública, sendo a atual empresa construtora legal dono do imóvel.

          2) Houve algum ilícito levando que alguém ficasse com a posse deste terreno (que não precisava ser necessariamente a construtora, a área pode ter sida vendida posteriormente).

          O motivo da surpresa:

          1) Uma área tão valorizada como a referida, não teve na época da transferência de propriedade nenhuma divulgação do ocorrido. Não ocorrendo como por exemplo nas áreas da Vasco da Gama, onde os editais foram lançados várias vezes até conseguirem concorrentes.

          2) Por que a Prefeitura não removeu de seu cadastro de plantas georreferenciadas a denominação Praça Artur Carneiro Pinto?

          Curtir

  7. Acontece que TUDO no brasil e’ proibido quando se trata de desenvolvimento. Isso foi feito para criar problemas para depois venderem facilidades.

    Curtir

    • Phil

      Nisto concordo contigo, quanto maior o emaranhado de leis, mais ganham os que as que conhecem!

      Não é para funcionar corretamente mesmo! Este é o princípio do Estado burocratizado, quanto maior a burocracia melhor se dão os que sabem azeitá-la.

      Curtir

    • Peraí, não é questão de ser proibido, é questão de ter sido feitou (ou não) da maneira correta. Existe dispositivo para venda de área pública.

      Curtir

  8. Quanto lamento e mimimi por causa de uma praça que nunca existiu, num local atirado as traças que nem o Pontal. Deixem essa cidade crescer, e um pouco menos de preocupação com questões legais sem fundamento cai bem. Quem procura acha sempre alguma irregularidade para criticar algo, e em Poa isso está além do suportável, desculpa se eu estiver errado, mas dá nojo querer que o melhor empreendimento que essa cidade está recebendo nessas últimas décadas venha a ser questinonado por causa de um campo sem estrutura nenhuma chamado de praça…, já não basta o Marinha ai do lado??

    Curtir

  9. Quando vê, a construtora até ja fez algo pra compensar isso e o pessoal nem sabe…

    Se alguem souber de algo…. não vai ser a construtora que vai fazer a ponte ali em frente?

    Ou plantar arvores no marinha? Até por que compensar o matagal que sempre foi esses terrenos? Não faria sentido…

    Curtir

  10. Ohh meu deus! mais um espigão na cidade!

    To até vendo os do contra reclamando….

    Hehhehehe

    Curtir

  11. Ops. Já vi ocupação de área verde por sem tetos, agora pelo que eu saiba a Praça Artur Carneiro Pinto, tem até CEP e consta no mapa da prefeitura!

    Caberia alguma resposta oficial!

    Curtir

  12. Errei é Artur Carneiro Pinto

    Curtir

  13. Interessante não seria este prédio na Praça Artur Carneiro Filho?
    Será que a praça mudou de lugar?

    Curtir

  14. Só não entendi uma coisa, este terreno não era público? Quando foi vendido este terreno?

    Curtir

    • Sabe que pensei nisso estes dias? No google maps inclusive ele aparece como o nome de uma praça, por incrível que pareça.

      Mas enfim, ali no entorno tem diversos empreendimentos privados: um posto de gasolina, o prédio da Ipiranga, alguns estacionamentos…

      Curtir

    • A área acho que era do estado (não tenho a mínima certeza!), mas não vi em nenhum momento o processo de licitação desta área, talvez isto seja mais uma das caixinhas de surpresa que encerra nossos executivos.

      Tanto o posto como o prédio da Ipiranga estão voltados para a Borges, e acho que durante a construção do aterro estes terrenos foram vendidos (???).

      De qualquer forma é estranho!

      Curtir

    • O pessoal tem tempo para discutir sem conhecer….
      Junto a Ipiranga tinha um terreno da Prefeitura que foi permutado por outros imóveis..durou 5 anos o processo..camara de vereadores.Prefeito Tarso Genro..etc Tudo legalizado…inclusive nesta foto consta o fórum como praça..

      Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: