Luigi admite Inter receber jogos fora do Beira-Rio

Presidente colorado cogita Alfredo Jaconi, mas diz que decisão será técnica

Luigi cogita levar Inter a outros estádios Crédito: Alexandre Lops / Inter / CP

A convicção de que o Inter permanecerá até o fim do Campeonato Brasileiro recebendo jogos em meio ao estádio Beira-Rio em obras já não é mais a mesma. Na noite desta quarta-feira, o presidente Giovanni Luigi admitiu a possibilidade de levar partidas para fora de Porto Alegre.

“Essa questão tem que ser pesada pelo departamento de futebol, os prós e os contras”, argumentou o dirigente, que prometeu avaliar a possibilidade mais adiante, em virtude do “debate público” que se criou em torno do assunto.

Condições como dimensões do campo e qualidade do gramado serão analisadas antes de se tomar uma decisão pelo local a substituir o Beira-Rio, que só será trocado em virtude do público, segundo o dirigente: “O Inter poderia eventualmente pensar em sair do Beira-Rio unicamente pensando no estádio lotado”.

Erechim descartado

Se trocar de casa, certo é que o Inter não irá se mudar para o estádio Colosso da Lagoa, em Erechim, devido à logística. O Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul, é um dos cotados, após a eliminação do Juventude da Série D – o Centenário, do Caxias, continua sendo usado em jogos da equipe grená na Série C. O presidente do Inter revelou que enviou uma agrônoma e um engenheiro do clube para avaliar as condições do estádio Montanha dos Vinhedos há dois meses. Ná época, a estrutura foi rejeitada.

Em obras desde abril, o estádio Beira-Rio está com o anel inferior interditado para torcedores. No último domingo, após a derrota para o Fluminense, o técnico Fernandão cogitou deixar o estádio do Inter para ter mais pressão da torcida a favor do time colorado.

Correio do Povo



Categorias:COPA 2014, Reforma do Estádio Beira-Rio

Tags:, ,

1 resposta

Trackbacks

  1. Inter acredita que poderá usar o Beira-Rio no Gauchão 2013 « Blog Porto Imagem
%d blogueiros gostam disto: