HT Micron inicia em outubro a produção de semicondutores no RS

Previsão é que 800 profissionais sejam contratados até 2013

Instalada em São Leopoldo, a HT Micron confirmou nesta quarta-feira ao governo gaúcho que a partir de outubro começará a produção de pendrives e de placas de memória para microcomputadores no Estado. Em reunião com o governador Tarso Genro, no Palácio Piratini, o presidente da HT no Brasil, Ricardo Felizzola, destacou que o término da segunda fase das obras permitirá o início da produção.

Felizzola garantiu que a produção de semicondutores reforçará a posição de destaque do Rio Grande do Sul no segmento de informática. Embora a conclusão da fábrica no Vale do Sinos esteja prevista para maio de 2013, Felizzola afirmou que a instalação da unidade atrairá outras empresas. Atualmente, 40 pessoas trabalham na unidade, mas a previsão é de que 800 profissionais se incorporem à HT até 2013. Felizzola destacou que, em novembro, será inaugurada uma nova sala com mil metros quadrados que permitirá o processamento de produtos mais sofisticados.

Revista Amanhã



Categorias:Ciência e Tecnologia, Economia, Economia Estadual

Tags:, , ,

3 respostas

  1. Meu Deus, é isso que precisamos… O estado precisa reestruturar a educação e desenvolver a indústria da tecnologia.

    Curtir

  2. Boa noticia, espero que seja so’ o comeco para esta industria no estado.

    Curtir

  3. É isso que precisamos. Industrias de tecnologia e formação de mão de obra qualificada na região.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: